Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Flucitosina

A Flucitosina é um remédio antifúngico utilizado para tratar a candidíase grave. Este medicamento atua sobre os fungos alterando o mecanismo de ação do microrganismo, enfraquecendo-o e tornando mais fácil a sua eliminação no organismo.

A Flucitosina é um remédio de uso oral.

Indicações da Flucitosina

A Flucitosina é indicada no tratamento da candidíase sistêmica, micose sistêmica, pneumopatia por Cryptococcus neoformans, leishmaniose cutânea e cromomicose.

Modo de uso da Flucitosina

O modo de uso da Flucitosina consiste na ingestão de 100 a 200 mg/kg por dia, dividido em 4 doses, de 6 em 6 horas, durante 30 a 90 dias.

Quando existe insuficiência renal as doses devem ser reduzidas ou o intervalo entre elas deve ser aumentado.

Efeitos colaterais da Flucitosina

Os efeitos colaterais da Flucitosina podem ser anemia, diarreia, falta de apetite, distensão abdominal, dor no abdômen, boca seca, náusea, vômito, confusão mental, alucinação, dor de cabeça, sedação e perda da audição.

Contraindicações da Flucitosina

A Flucitosina está contraindicada em mulheres grávidas ou em fase de lactação, crianças e indivíduos hipersensíveis a qualquer componente da fórmula.

Links úteis:

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem