Anticoncepcional Microvlar

Revisão clínica: Mafalda Abreu
Farmacêutica
junho 2019

O Microvlar é um anticoncepcional oral combinado de baixa dose, com levonorgestrel e etinilestradiol na composição, indicado para prevenir uma gravidez indesejada. 

Este medicamento pode ser comprado em farmácias, em embalagens de 21 comprimidos, por um preço de cerca de 7 a 8 reais.

Como tomar

Deve-se tomar uma drágea por dia, sempre à mesma hora, com um pouco de líquido, devendo-se seguir a direção das flechas, seguindo a ordem dos dias da semana até que se tenham tomado as 21 drágeas. Depois, deve-se fazer uma pausa de 7 dias sem tomar comprimidos, devendo-se iniciar uma nova cartela no oitavo dia.

Se já está a tomar um anticoncepcional, saiba como deve trocar corretamente para a Microvlar, sem correr o risco de engravidar.

Quem não deve usar

O Microvlar é um remédio que não deve ser usado por pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, pessoas com história de trombose, embolia pulmonar, ataque cardíaco ou derrame cerebral ou que tenham alto risco para a formação de coágulos arteriais ou venosos.

Além disso, também não deve ser usado em pessoas com história de enxaqueca acompanhada por sintomas neurológicos focais, com diabetes mellitus com lesão de vasos sanguíneos, história de doença do fígado, uso de medicamentos antivirais com ombitasvir, paritaprevir ou dasabuvir e suas combinações, história de câncer que se pode desenvolver sob a influência de hormônios sexuais, presença de sangramento vaginal sem explicação e na ocorrência ou suspeita de gravidez.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o uso de Microvlar são náuseas, dor abdominal, aumento do peso corporal, dor de cabeça, depressão, alterações do humor e dor e hipersensibilidade das mamas.

Embora seja mais raro, em alguns casos, podem ocorrer vômitos, diarreia, retenção de líquidos, enxaqueca, diminuição do desejo sexual, aumento do tamanho das mamas, erupção cutânea e urticária.

O Microvlar engorda?

Um dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso deste anticoncepcional são o aumento de peso, por isso, é provável que algumas pessoas engordem durante o tratamento.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em junho de 2019. Revisão clínica por Mafalda Abreu - Farmacêutica, em junho de 2019.
Revisão clínica:
Mafalda Abreu
Farmacêutica
Ex-colaboradora formada pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, em 2013 e membro nº19685 da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.