Microvlar: para que serve e como tomar

agosto 2022
  1. Para que serve
  2. Como tomar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

O Microvlar é um anticoncepcional oral combinado de baixa dose, indicado para prevenir a gravidez, pois possui dois hormônios femininos na sua composição, o levonorgestrel e etinilestradiol, que agem impedindo a ovulação e causando alterações no muco cervical, tornando mais difícil o espermatozóide alcançar o útero, prevenindo a gravidez.

Esse anticoncepcional também ajuda a controlar irregularidades do ciclo menstrual e a intensidade do fluxo menstrual, além de diminuir o desconforto das cólicas menstruais. Veja as principais causas de menstruação irregular

O Microvlar pode ser comprado em farmácias ou drogarias, em embalagens de contendo 21 ou 63 comprimidos, e deve ser usado com indicação do ginecologista.

Para que serve

O Microvlar é indicado como anticoncepcional oral de uso diário, para prevenir a gravidez pois impede a ovulação, altera o muco cervical impedindo o espermatozóide de alcançar o útero.

Além de prevenir a gravidez, o Microvlar também ajuda a regular o ciclo menstrual, controlar a intensidade e o fluxo menstrual, reduzindo o risco de anemia causada pelo sangramento menstrual intenso e diminuindo o desconforto das cólicas menstruais. 

No entanto, embora o Microvlar ajuda a prevenir a gravidez, é importante sempre utilizar camisinha em todas as relações sexuais, pois o Microvlar não previne infecções sexualmente transmissíveis (IST´s). Confira as principais IST´s

Como tomar

O comprimido do Microvlar deve ser tomado 1 vez por dia, sempre na mesma hora, seguindo a direção das setas, até o fim da cartela que possui 21 comprimidos. 

Depois da ingestão dos 21 comprimidos, deve-se fazer uma pausa de 7 dias, sendo que a menstruação deve ocorrer dentro de 2 a 3 dias após a ingestão do último comprimido. A nova cartela deve ser iniciada no 8º dia após a pausa, independentemente da duração da menstruação.

Para iniciar o tratamento com o Microvlar, quando nenhum outro anticoncepcional hormonal foi utilizado anteriormente, deve-se tomar o comprimido do Microvlar no primeiro dia da menstruação e, após terminar a cartela, deve-se fazer a de 7 dias antes de iniciar a próxima cartela.

No caso da mulher estar utilizando outro anticoncepcional oral com hormônios combinados, o início do tratamento com Microvlar deve ser feito no dia seguinte da interrupção do anticoncepcional anterior, ou no máximo, no dia seguinte ao último dia de pausa ou de tomada de comprimidos inativos sem hormônio do contraceptivo usado anteriormente.  

Para mudar do anel vaginal ou adesivo transdérmico para o Microvlar, deve-se iniciar o uso do Microvlar no dia da retirada do anel vaginal ou do adesivo, ou no máximo, no dia previsto para a próxima aplicação. Veja como trocar de anticoncepcional corretamente sem correr o risco de engravidar

O que fazer se esquecer de tomar

Quando o esquecimento é inferior a 12 horas do horário habitual, deve-se tomar o comprimido esquecido assim que for lembrado, e ingerir o próximo comprimido no horário habitual. Nestes casos, a proteção contraceptiva de Microvlar é mantida.

Quando o esquecimento é superior a 12 horas do horário habitual, o efeito contraceptivo de Microvlar pode estar reduzido, principalmente no final ou no início da cartela. 

Desta forma, quando o esquecimento é superior a 12 horas, é recomendado:

  • Esquecer na 1ª semana: tomar a pílula assim que se lembrar, e tomar as pílulas restantes no horário habitual. Usar camisinha nos próximos 7 dias;
  • Esquecer na 2ª semana: tomar a pílula assim que lembrar, e tomar as pílulas restantes no horário habitual;
  • Esquecer na 3ª semana: tomar a pílula esquecida imediatamente assim que lembrar, mesmo que isso signifique tomar dois comprimidos ao mesmo tempo, e tomar os comprimidos restantes no horário habitual. No entanto, deve-se iniciar a nova cartela assim que terminar a atual sem que haja pausa entre uma cartela e outra. Outra opção é deixar de tomar os comprimidos da cartela atual, fazer uma pausa de 7 dias, contando com o dia do esquecimento e iniciar uma nova cartela.

Quando mais de 1 comprimido da mesma cartela é esquecido, deve-se consultar o ginecologista e, caso ocorram vômitos ou diarreia intensa 3 a 4 horas após a ingestão do comprimido, é recomendado utilizar outro método contraceptivo durante os próximos 7 dias, como usar preservativo, e fazer um teste de gravidez antes de começar uma nova cartela. Veja como fazer o teste de gravidez corretamente

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o uso de Microvlar são náuseas, dor abdominal, dor de cabeça, depressão, alterações do humor e dor ou aumento da sensibilidade das mamas.

Embora seja mais raro, em alguns casos, podem ocorrer vômitos, diarreia, retenção de líquidos, enxaqueca, diminuição do desejo sexual, aumento do tamanho das mamas, erupção cutânea e urticária.

O Microvlar engorda?

Um dos efeitos colaterais mais comuns do tratamento com o Microvlar é o aumento do peso corporal ou inchaço do corpo devido a retenção de líquidos, o que leva também ao aumento do peso. No entanto, esse efeito varia de mulher para mulher, existindo até casos em que acontece uma diminuição do peso corporal.

Quem não deve usar

O Microvlar não deve ser usado em mulheres nas seguintes situações:

  • Alergia a qualquer componente da fórmula;
  • Gravidez ou suspeita de gravidez;
  • Amamentação;
  • Histórico atual ou anterior de trombose venosa profunda ou tromboembolismo;
  • Histórico atual ou anterior de infarto, angina ou dor no peito;
  • Histórico atual ou anterior de enxaqueca;
  • Derrame cerebral ou estreitamento dos vasos que sustentam o coração;
  • Doença das válvulas do coração ou dos vasos sanguíneos;
  • Diabetes associada a doença vascular;
  • Pressão alta;
  • Câncer de mama ou outro câncer estrogênio-dependente conhecido ou suspeito;
  • Sangramento vaginal sem explicação;
  • Tumor glandular benigno;
  • Câncer do fígado ou distúrbios do fígado;
  • Uso de remédios como ombitasvir, paritaprevir ou dasabuvir.

Além disso, o Microvlar não deve ser usado por crianças, idosas, homens, ou mulheres que tenham alergia a qualquer componente do comprimido. Conheça outros métodos contraceptivos para evitar a gravidez

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • BAYER S.A. Microvlar. 2021. Disponível em: <https://docs.google.com/gview?url=https://uploads.consultaremedios.com.br/drug_leaflet/Bula-Microvlar-Paciente-Consulta-Remedios.pdf?1655759356&embedded=true>. Acesso em 26 ago 2022
  • DRUGS.COM. Ethinyl estradiol and levonorgestrel. 2022. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/ethinyl-estradiol-and-levonorgestrel.html>. Acesso em 26 ago 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • CAMISINHA FEMININA: como colocar e o que não fazer

    07:35 | 152724 visualizações
  • O que fazer se esquecer de tomar a Pílula

    03:42 | 300575 visualizações