Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Mazindol (Absten S): o que é, para que serve e como tomar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
novembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como tomar
  3. Possíveis efeitos colaterais
  4. Quem não deve tomar

O Absten S é um remédio para emagrecer que contém mazindol na sua composição, uma substância que age diretamente no centro que regula o apetite no cérebro, diminuindo a fome, o que leva à diminuição da ingestão de alimentos, facilitando o emagrecimento, sendo por isso indicado para o tratamento a curto prazo da obesidade. 

Esse remédio foi retirado do mercado em 2011 pela ANVISA, devido a falta de estudos científicos que comprovem sua eficácia na redução de peso e pelo risco de desenvolvimento de sérios efeitos colaterais, como problemas cardíacos ou psiquiátricos.

Por esse motivo, o Absten S já não é mais produzido pelo laboratório Medley, não existindo previsão de ser novamente disponibilizado para venda.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O mazindol é indicado para facilitar o tratamento da obesidade, em pessoas que estão fazendo uma dieta equilibrada e a praticando um exercício físico regular.

O mazindol presente na composição do Absten S, age diretamente no centro da fome no hipotálamo no cérebro, além de inibir a recaptação de substâncias químicas nos neurônios, como dopamina e norepinefrina, que são responsáveis pela transmissão do impulso nervoso, resultando na diminuição do apetite.

Como tomar

O mazindol deve ser tomado por via oral, com um copo de água, nos horários estabelecidos pelo médico.

A dose normalmente recomendada para adultos é de 1 comprimido de 1 mg, 3 vezes por dia, uma hora antes das refeições, sendo que a última dose do dia deve ser tomada 4 a 6 horas antes de dormir, conforme orientação médica.

Outra opção que pode ser recomendada pelo médico é tomar 2 comprimidos de 1 mg, 1 vez por dia, uma hora antes do almoço.

O tempo de tratamento com o mazindol deve ser orientado pelo médico, não devendo ultrapassar 12 semanas, e para interromper seu uso, a dose deve ser diminuída gradualmente, com orientação médica.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do mazindol são boca seca, gosto desagradável na boca, aumento dos batimentos cardíacos, nervosismo, inquietação, insônia, diarreia, náuseas, vômitos, sonolência, dor de cabeça, aumento da produção de suor, palpitações cardíacas, cãibras ou dor de estômago.

Além disso, embora seja mais raro, podem surgir diminuição da libido, dor ou dificuldade para urinar, cansaço excessivo, depressão, confusão mental, urticária ou reações alérgicas. 

Quem não deve tomar

O mazindol não deve ser usado por crianças com menos de 12 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham glaucoma, estados de agitação, histórico de uso abusivo de drogas ou álcool, arritmias, isquemia cerebral, pressão alta, uremia, diabetes mellitus, ou psicoses, especialmente esquizofrenia.

Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas que estejam em tratamento com remédios  inibidores da monoamina oxidase (IMAO), como isocarboxazida, fenelzina, moclobemida, iproniazida ou tranilcipromina, por exemplo, ou que tenham feito tratamento com estes medicamentos nos últimos 14 dias.

O Absten S também não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao mazindol ou qualquer outro componente da fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • ARONSON, J. K. Meyler's Side Effects of Drugs. Sixteenth Edition. Elsevier Science, 2016. 755-755.
  • MEDLEY S.A. IND. FARMACÊUTICA. Absten S (mazindol). 2005. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/abstens.pdf>. Acesso em 28 nov 2022
Mostrar bibliografia completa
  • LUCCHETTA, R. C.; et al. Systematic review and meta-analysis of the efficacy and safety of amfepramone and mazindol as a monotherapy for the treatment of obese or overweight patients. Clinics (Sao Paulo). 72. 5; 317-324, 2017
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • 6 frutas para emagrecer mais rápido

    11:30 | 1453396 visualizações
  • Nutricionista ensina o melhor SUCO DETOX para emagrecer e desinchar

    10:54 | 813189 visualizações
  • 3 passos para emagrecer e perder barriga

    04:58 | 1344179 visualizações
  • Sopa DETOX para Emagrecer

    02:26 | 1044223 visualizações
  • Emagrecer com Saúde

    03:12 | 443597 visualizações