Buspirona: o que é, para que serve e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
agosto 2022

A buspirona é um ansiolítico indicado para o tratamento do transtorno de ansiedade generalizada, ou alívio dos sintomas da ansiedade, associada ou não a depressão, como nervosismo, tensão, medo ou preocupação constantes, ou dificuldade para dormir, por exemplo.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos contendo 5 mg ou 10 mg de cloridrato de buspirona, com o nome comercial Ansitec.

A buspirona deve ser sempre usada com indicação médica e é vendida somente com prescrição e retenção de receita pela farmácia.

Para que serve

A buspirona é indicada para tratamento de distúrbios de ansiedade, como:

  • Transtorno de ansiedade generalizada;
  • Ansiedade, acompanhada ou não de depressão.

Desta forma, a buspirona ajuda a aliviar os sintomas da ansiedade, como medo constante, tensão, irritabilidade, dificuldade para dormir ou falta de concentração, por exemplo. Saiba identificar todos os sintomas de ansiedade

Como usar

A buspirona deve ser tomada por via oral, com um copo de água, antes ou após uma refeição, conforme orientado pelo médico. 

A dose inicial normalmente recomendada para adultos é de 1 comprimido de 5 mg, 3 vezes por dia. Essa dose pode ser alterada pelo médico, a cada dois ou três dias, até uma dose máxima de 60 mg por dia.

A posologia da buspirona deve ser adaptada pelo médico de forma individual de acordo com cada caso, avaliando a gravidade dos sintomas e a resposta ao tratamento. No caso de pessoas que estejam em tratamento com itraconazol ou nefazodona, as doses devem ser reduzidas.

A duração do tratamento com a buspirona também varia de acordo com a avaliação médica e, geralmente, pode ser indicado no mínimo 3 a 4 semanas de tratamento. É importante não parar o tratamento por conta própria e sem a orientação do médico.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns da buspirona incluem formigamento, tonturas, dores de cabeça, nervosismo, sonolência, alterações do humor, palpitações, náuseas, vômitos, dor abdominal, prisão de ventre, insônia, depressão, raiva e cansaço.

A buspirona pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, ou urticária. Saib identificar os sintomas de reação alérgica.

Quem não deve usar

A buspirona não deve ser usada por crianças ou adolescentes com menos de 18 anos, ou por pessoas com histórico de crises convulsivas, epilepsia, intoxicação por álcool, insuficiência hepática ou renal graves, ou que estejam em uso de remédios ansiolíticos e antidepressivos.

Além disso, a buspirona deve ser usada com precaução em situações de glaucoma de ângulo agudo ou fechado, miastenia gravis, dependência a drogas e intolerância à galactose. 

Durante a gravidez ou amamentação, a buspirona só deve ser usada se indicado pelo médico.

A buspirona também não deve ser usada por pessoas que utilizam medicamentos inibidores da monoamina oxidase (IMAO), como isocarboxazida, fenelzina ou tranilcipromina, por exemplo, devendo-se esperar pelo menos 14 dias após o término do tratamento com os inibidores da monoaminoxidase para iniciar o tratamento a buspirona.

Assista ainda ao vídeo seguinte e veja algumas dicas que podem ajudar a controlar a ansiedade:

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • LIBBS FARMACÊUTICA LTDA. Ansitec comprimidos 5 mg e 10 mg. 2020. Disponível em: <https://www.libbs.com.br/wp-content/uploads/2015/11/Ansitec_Bula_paciente_V.08-20.pdf>. Acesso em 04 ago 2022
  • HOWLAND, R. H. Buspirone: Back to the Future. J Psychosoc Nurs Ment Health Serv. 53. 11; 21-24, 2015
Mostrar bibliografia completa
  • GARAKANI, A.; et al. Pharmacotherapy of Anxiety Disorders: Current and Emerging Treatment Options. Front Psychiatry. 11. 595584, 2020
  • WILSON, T. K.; TRIPP, J. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Buspirone. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK531477/>. Acesso em 04 ago 2022
  • RISSADO, J. P.; CAPRARA, A. L. F. Buspirone-associated Movement Disorder: A Literature Review. Prague Med Rep. 121. 1; 5-24, 2020
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Calmantes naturais: Melhores plantas para Ansiedade

    08:07 | 196852 visualizações
  • Alimentos para combater o estresse e a ansiedade

    02:05 | 485071 visualizações
  • O que comer para a INSÔNIA

    05:26 | 234863 visualizações