Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentação da mãe durante a amamentação

A alimentação da mãe durante a amamentação deve ser equilibrada e variada, sendo importante ingerir frutas, cereais integrais, legumes e verduras, evitando o consumo de alimentos industrializados e com alto teor de gordura, que não possuem valor nutricional nem para a mãe e nem para o bebê.

Durante a amamentação, a mãe perde de 1 a 2 kg por mês, de forma lenta e gradual, devido a quantidade de energia que se utiliza para produzir o leite materno que é proveniente da gordura acumulada durante a gravidez. São necessárias 800 calorias para produzir 1 litro de leite, sendo 500 calorias provenientes da dieta e 300 calorias derivadas das reservas de gordura formadas durante a gestação.

Alimentação da mãe durante a amamentação

O que comer durante a amamentação

A mulher durante a amamentação necessita de maior quantidade de energia e proteínas, que deve ser obtida através de uma alimentação balanceada que inclua todos os grupos de alimentos. Além disso, é importante ter atenção à quantidade de produtos lácteos consumidos para que seja suficiente para suprir as necessidades de cálcio nessa fase. Algumas dicas para facilitar a alimentação da mãe são:

  • Comer pelo menos 5 porções de frutas e vegetais diariamente;
  • Consumir proteínas como frango, peru ou ovo bem cozido;
  • O peixe deve ser consumido 2 a 3 vezes por semana, devendo dar preferência aos peixes com baixa quantidade de mercúrio, como sardinha, atum, truta e salmão;
  • De preferência, os carboidratos ingeridos devem ser integrais para aumentar o consumo de fibras, podendo ser arroz, macarrão, cereais, torradas, pães e grãos;
  • Comer 2 a 3 porções de lácteos, como 1 copo de leite desnatado ou semi desnatado, 1 fatia de queijo branco e 1 iogurte natural, por exemplo.

Durante a fase da amamentação é fundamental que a mãe beba bastante líquidos para ajudar na produção do leite, cerca de 3-4 litros por dia. Esta quantidade engloba a água presente nas frutas, sopas e sucos, por isso ainda é necessário beber cerca de 2 litros de líquidos, como água ou chá sem açúcar, por dia. Ter uma garrafa de 2 litros por perto é uma boa opção para controlar a quantidade de água que ingere ao longo do dia.

Como evitar as cólicas do bebê durante a amamentação

Caso o bebê tenha cólicas, a mãe pode fazer alterações na sua alimentação, no entanto isso varia de bebê para outro, devendo a mulher ficar atenta no caso do bebê apresentar cólicas após a ingestão de um alimento, devendo este ser removido da dieta.

Alguns alimentos que estão relacionados com a cólica no bebê são o chocolate e os alimentos que provocam gases, como:

  • Feijão com casca;
  • Ervilhas;
  • Nabo;
  • Brócolis;
  • Couve-flor;
  • Repolho;
  • Batata doce.

Em alguns casos, o leite de vaca também pode provocar cólicas no bebê, podendo ser necessário que a mãe tome leite sem lactose ou, até mesmo sendo necessário retirar o leite de vaca da sua dieta, podendo ser substituído por leites vegetais, como o leite de coco, o de amêndoas ou de arroz. No entanto, caso essa não seja a causa da cólica do bebê, a mãe deve ingerir a recomendação diária de produtos lácteos.

Além disso, alguns chás como o de Ginseng, Kava Kava e o de Carqueja também podem provocar cólicas no bebê, sendo, portanto, contraindicados. Confira outros exemplos de chás que não pode tomar na amamentação.

Veja outras dicas para evitar as cólicas no bebê assistindo o vídeo a seguir:

O que fazer para evitar cólicas no bebê

377 mil visualizações

O que não comer na amamentação

Os alimentos que devem ser evitados na amamentação são alimentos como frituras, embutidos, queijos amarelos, refrigerantes, bolos e biscoitos, porque têm grandes quantidades de gorduras e açúcares.

Nas famílias com antecedentes de alergia, foi considerado benéfico para a mãe tirar da sua dieta alimentos potencialmente alergênicos, como o ovo e amendoim, por exemplo. No entanto, isso não é uma regra, pois varia de pessoa para pessoa, sendo importante consultar o pediatra ou o nutricionista.

Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas está proibido, já que o álcool pode ser eliminado por meio do leite materno, passando para o bebê. Veja com mais detalhes o que não comer durante a amamentação.

A mulher pode tomar café enquanto amamenta?

A cafeína é um estimulante do sistema nervoso e o bebê não conseguiria metabolizar essa substância, no entanto alguns estudos demonstram que o consumo de 300 mg de cafeína por dia não provoca qualquer alteração no bebê, ou seja, a mulher pode tomar 2 a 3 xícaras de café por dia.

Exemplo de cardápio de 3 dias

Na tabela a seguir encontra-se um exemplo de uma alimentação equilibrada e variada que pode ser realizada durante a amamentação:

ComidasDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã2 fatias de pão integral com queijo branco + 1 pêraOmelete de espinafre + 1 copo (250 ml) de suco de laranja2 fatias de pão integral com queijo branco + 1 copo (250 ml) de suco de melancia
Lanche da manhã240 ml de iogurte com 1/2 taça de frutas em pedaços1 copo (200 ml) de suco de mamão + 4 bolachinhas salgadas integral1 banana média
Almoço/ Jantar140 g de salmão grelhado + 1 xícara de arroz integral + 1 xícara de feijão verde ou feijão verde com cenoura cozida + 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 tangerina100 g de frango com pimentão e cebola + 1/2 xícara de arroz integral + 1/2 xícara de lentilha + salada + 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 maçã100 g de peito de peru + 2 batatas médias + salada + 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 fatia de melão
Lanche da tarde1 maçã média1/2 xícara de cereal + 240 ml de leite desnatado1 fatia de pão centeio + 1 fatia de queijo + 2 fatias de abacate

Outras opções para os lanches são consumir frutas frescas, pão de centeio com queijo e vegetais, iogurte (200 mL), creme de grão de bico com palitos de legumes, cereais com leite ou 1 copo de suco bolacha Maria.

É importante ficar atento a qualquer sinal apresentado pelo bebê que indique cólica, sendo recomendado fazer alterações na dieta. Além disso, apesar de ser importante, caso seja verificado qualquer sinal de alergia ou cólica no bebê devido ao consumo de leite pela mãe, é recomendado trocar para leite vegetal e consultar um nutricionista para ajudar melhor a quantidade e tipo de produtos lácteos consumidos.

Bibliografia >

  • ÁLVAREZ María Luisa et al. Nutrición en pediatría . 2ª. Caracas, Venezuela: Cania, 2009. 215-218.
  • SHILS Maurice. Nutrición en Salud y Enfermedad. 9º. México: Mc Graw Hill, 2006. 941-963.
  • Ministerio de Salud y desarrollo Social. Valores de referencia de energía y nutrientes. Caracas: Instituto Nacional de Nutrición, 2000. 54-67.
  • AMERICAN PREGNANCY ASSOCIATION. Consider Omega-3 Supplementation For The Health Of Your Baby. Disponível em: <https://americanpregnancy.org/first-year-of-life/omega-3-supplements-baby/>. Acesso em 24 Abr 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem