Isotretinoína: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
março 2022
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Cuidados
  4. Efeitos colaterais
  5. Contra-indicações

A isotretinoína é um remédio indicado para o tratamento da acne grave ou acne que não melhorou com outros tratamentos, pois age reduzindo a atividade e diminuindo o tamanho das glândulas produtoras de sebo, melhorando a saúde e a aparência da pele.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias na forma de cápsulas de 10 ou 20 mg, na sua forma genérica sob a designação “isotretinoína” ou com os nomes comerciais Roacutan, Acnova ou Ison, por exemplo.

A isotretinoína deve ser usada apenas com indicação do dermatologista, sendo vendida com prescrição, retenção de receita pela farmácia e apresentação do termo de conhecimento de risco e consentimento pós informação, por mulheres com menos de 55 anos, pois a isotretinoína pode causar malformações no feto, se usada durante a gestação ou caso aconteça uma gravidez durante o tratamento.

Para que serve

A isotretinoína é indicada para o tratamento da acne grave e casos de acne que não melhoraram com outros tratamentos, como antibióticos, pomadas e cremes para espinhas ou adoção de novos hábitos de higiene da pele. Conheça os principais tipos de acne.  

A isotretinoína é uma substância derivada da vitamina A, que está associada à diminuição da atividade das glândulas produtoras de sebo, assim como à redução do seu tamanho, contribuindo para a redução da inflamação e melhora da aparência da pele. 

A melhora da acne geralmente ocorre cerca de 16 a 24 semanas após o início do tratamento. 

Como usar

A isotretinoína em cápsulas deve ser tomada por via oral, com um copo de água, junto com uma refeição, uma ou duas vezes por dia, conforme a orientação do dermatologista.

A dose da isotretinoína deve ser determinada pelo médico, pois varia de acordo com a gravidade da acne. Geralmente, o tratamento é iniciado com a dose de 0,5 mg por Kg de peso corporal por dia, sendo que, para a maioria das pessoas, a dose pode variar entre 0,5 e 1,0 mg por Kg de peso corporal por dia.

Para a acne muito grave ou acne no tronco, o dermatologista pode recomendar doses maiores de isotretinoína, de até 2,0 mg por Kg de peso corporal por dia. 

No caso da pessoa esquecer de tomar a dose em um dia, deve-se pular essa dose e tomar somente a dose prescrita normalmente no dia seguinte. Em nenhum caso se deve dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

A duração do tratamento com a isotretinoína varia em função da dose diária e da melhora completa da acne, sendo que durante os 7 a 10 primeiros dias de utilização da isotretinoína, pode ocorrer piora da acne, mas que geralmente não necessita de mudança na dose do remédio, e que melhoram com a continuação do tratamento, que geralmente ocorre cerca de 16 a 24 semanas após o início do tratamento. 

Cuidados durante o tratamento

Durante o tratamento com a isotretinoína, é importante seguir alguns cuidados, como:

  • Aplicar um hidratante ou protetor labial com frequência;
  • Tomar banho com água morna e no menor tempo possível para evitar ressecamento da pele;
  • Aplicar protetor solar FPS 30 ou superior que não contenha óleo, indicado pelo dermatologista, mesmo em dias nublados, para evitar queimadura solar, pois a pele fica mais sensível ao sol durante o tratamento;
  • Evitar o uso de esfoliantes no rosto e no corpo para reduzir a irritação da pele;
  • Evitar tratamentos a laser ou dermoabrasão durante o tratamento e até 5 a 6 meses após terminar o uso da isotretinoína, pois esse remédio pode alterar a cicatrização da pele;
  • Evitar fazer depilação com cera durante e pelo menos 6 meses após o tratamento, para evitar a formação de cicatriz ou dermatite na pele;
  • Beber pelo menos 8 copos de água durante o dia;
  • Aplicar gotas de soro fisiológico nas narinas ou passar uma fina camada de vaselina nas bordas internas do nariz, caso a pessoa apresente ressecamento das narinas;
  • Evitar o uso de lentes de contato, no caso de ressecamento dos olhos;
  • Usar lágrimas artificiais, se necessário, conforme indicado pelo médico;
  • Evitar fazer atividades físicas pesadas pois podem piorar o efeito colateral de dor nas articulações ou nos músculos;
  • Utilizar dois tipos de métodos contraceptivos eficazes que devem ser iniciados 1 mês antes de começar o tratamento, e ser utilizados durante o tratamento e pelo menos 1 mês depois de terminar o uso da isotretinoína.

Além disso, deve-se fazer os exames de sangue como hemograma, colesterol, triglicerídeos e glicose, solicitados pelo dermatologista durante o tratamento, e evitar doar sangue durante e até 1 mês após o término do tratamento.

É importante seguir todas as recomendações médicas para aliviar os efeitos colaterais que podem surgir durante o tratamento com a isotretinoína.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com a isotretinoína são pele, olhos e nariz ressecados, dificuldade para enxergar à noite, conjuntivite, inflamação da pálpebra, diarréia, náusea, vômito, dor de cabeça, dor nas costas, dor muscular ou nas articulações, nariz entupido, espirros frequentes ou dor de garganta.

A isotretinoína também pode causar alguns efeitos colaterais menos comuns como depressão, tontura, infecções bacterianas locais ou sistêmicas, queda temporária de cabelos e pelos, ou intolerância a lentes de contato.

Além disso, embora sejam raras, a isotretinoína pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, dor no peito, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, urticária, febre, queimação nos olhos, descamação ou formação de bolhas vermelhas ou roxas na pele. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Quem não deve usar

A isotretinoína não deve ser utilizada por crianças com menos de 12 anos, mulheres em amamentação, ou por pessoas que tenham insuficiência hepática, colesterol ou triglicerídeos altos, excesso de vitamina A, ou por pessoas que estejam em tratamento com tetraciclinas.

Além disso, esse remédio não deve ser utilizado por pessoas que tenham alergia à isotretinoína, soja ou parabenos, que são os conservantes utilizados nas cápsulas desse remédio.

A isotretinoína não deve ser tomada durante a gravidez pois pode causar defeitos graves no no rosto, nas orelhas, no coração e no sistema nervoso do feto, mesmo com apenas uma dose do remédio. Além disso, o uso da isotretinoína pode causar aborto espontâneo, parto prematuro ou morte do bebê. Nunca se deve usar a isotretinoína se a mulher estiver grávida ou se planeja uma gravidez. 

Por isso, o dermatologista deve pedir um teste de gravidez antes de iniciar o tratamento com a isotretinoína e, recomendar o uso de dois métodos contraceptivos durante o tratamento, além de informar sobre os riscos do seu uso na gravidez, sendo necessário que a mulher assine um termo de que recebeu as orientações médicas. Esses testes de gravidez também devem ser feitos durante o tratamento e 5 semanas após terminar o uso da isotretinoína.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • LANDIS, M. N. Optimizing Isotretinoin Treatment of Acne: Update on Current Recommendations for Monitoring, Dosing, Safety, Adverse Effects, Compliance, and Outcomes. Am J Clin Dermatol. 21. 3; 411-419, 2020
  • BAGATIN, E.; COSTA, C. S. The use of isotretinoin for acne - an update on optimal dosing, surveillance, and adverse effects. Expert Rev Clin Pharmacol. 13. 8; 885-897, 2020
Mostrar bibliografia completa
  • BAUER, L. B. Isotretinoin: controversies, facts, and recommendations. Expert Rev Clin Pharmacol. 9. 11; 1435-1442, 2016
  • NHS - NATIONAL HEALTH INSTITUTE. Isotretinoin capsules (Roaccutane). 2019. Disponível em: <https://www.nhs.uk/medicines/isotretinoin-capsules/>. Acesso em 04 mar 2022
  • RUIZ-LOZANO, R. E.; et al. Isotretinoin and the eye: A review for the dermatologist. Dermatol Ther. 33. 6; e14029, 2020
  • VALEANT FARMACÊUTICA DO BRASIL LTDA. Isotretinoína capsulas gelatinosas. 2013. Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/18723.pdf>. Acesso em 04 mar 2022
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Termo de conhecimento de risco e consentimento pós-informação para paciente do sexo feminino menores de 55 anos de idade. Disponível em: <https://www.saude.sc.gov.br/index.php/documentos/informacoes-gerais/assistencia-farmaceutica/componente-especializado-da-assistencia-farmaceutica-ceaf/protocolos-clinicos-ter-resumos-e-formularios/acne-grave-protocolo-de-uso-da-isotretinoina/14281-anexo-da-portaria-344-98-retinoides/file>. Acesso em 04 mar 2022
  • HUANG, Y. C.; CHENG, Y. C. Isotretinoin treatment for acne and risk of depression: A systematic review and meta-analysis. J Am Acad Dermatol. 76. 6; 1068-1076.e9, 2017
  • AYKAN, Duygun Altıntaş; ERGUN, Yusuf. Isotretinoin: Still the cause of anxiety for teratogenicity. Dermatol Ther. 33. 1; e13192, 2020
  • BAUER, L. B.; et al. Isotretinoin: controversies, facts, and recommendations. Expert Rev Clin Pharmacol. 9. 11; 1435-1442, 2016
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Segredos para uma pele bonita e saudável | Tatiana Zanin

    07:21 | 58019 visualizações
  • Como ter uma PELE PERFEITA | com @Bruna Vieira

    14:28 | 66689 visualizações
  • ACNE: O que comer para acabar com as espinhas

    02:41 | 666448 visualizações
  • 5 ALIMENTOS para ter uma PELE FIRME e HIDRATADA

    03:23 | 485296 visualizações