Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve a Losartana Potássica

A losartana potássica é um medicamento que provoca a dilatação dos vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue e reduzindo a sua pressão nas artérias e facilitando o trabalho do coração para bombear. Dessa forma, este medicamento é muito utilizado para diminuir a pressão alta e aliviar sintomas de insuficiência cardíaca.

Esta substância pode ser encontrada nas dosagens 25 mg, 50 mg e 100 mg, em farmácias convencionais, sob a forma de genérico ou com diferentes nomes comerciais como Losartan, Corus, Cozaar, Torlós, Valtrian, Zart e Zaarpress, por exemplo, por um preço que pode rondar entre os 15 e 80 reais, o que depende do laboratório, dosagem e número de comprimidos da embalagem.

Para que serve a Losartana Potássica

Para que serve

A losartana potássica é um remédio que está indicado para:

1. Tratamento da pressão alta

A losartana potássica é indicada para o tratamento da hipertensão e da insuficiência cardíaca, quando o tratamento com inibidores da ECA já não são considerados adequados.

2. Redução do risco de doença cardiovascular

Este remédio também pode ser usado para reduzir o risco de morte cardiovascular, acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio em pessoas que tenham pressão alta e hipertrofia ventricular esquerda.

3. Proteção renal em pessoas com diabetes tipo 2 e proteinúria

A losartana potássica é ainda indicada para atrasar a progressão de doença renal e para reduzir a proteinúria. Saiba o que é e quais as causas de proteinúria.

Como usar

A dose recomendada deve ser orientada por um clínico geral ou cardiologista, pois varia de acordo com o problema a tratar, os sintomas, outros remédios que estejam sendo utilizados e a resposta do organismo ao medicamento.

As orientações gerais indicam:

  • Pressão alta: normalmente é aconselhada a ingestão de 50 mg, uma vez por dia, podendo a dose ser aumentada até aos 100 mg;
  • Insuficiência cardíaca: a dose inicial normalmente é de 12,5 mg, uma vez por dia, porém pode ser aumentada até 50 mg;
  • Redução do risco de doença cardiovascular em pessoas com hipertensão e hipertrofia ventricular esquerda: A dose inicial é de 50 mg, uma vez ao dia, que pode ser aumentada para 100 mg ou associada a hidroclorotiazida, com base na resposta da pessoa à dose inicial;
  • Proteção renal em pessoas com diabetes tipo 2 e proteinúria: A dose inicial é de 50 mg ao dia, que pode ser aumentada para 100 mg, com base na resposta da pressão arterial à dosagem inicial.

Geralmente este remédio é ingerido de manhã, mas pode ser utilizado em qualquer hora do dia, pois mantém sua ação por 24 horas. O comprimido pode ser partido.

Para que serve a Losartana Potássica

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Losartana incluem tonturas, diminuição da pressão arterial, hipercalemia, cansaço excessivo e vertigens.

Quem não deve tomar

A losartana potássica é contraindicada em pessoas que tenham alergia à substância ativa ou a qualquer componente presente na fórmula.

Além disso, este remédio não deve ser utilizado por grávidas e mulheres a amamentar, assim como pessoas com problemas no fígado e rins ou que estejam a fazer tratamento com remédios que contêm alisquireno.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar