Promestrieno: para que serve e como usar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
fevereiro 2022
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Efeitos colaterais
  4. Quando não é indicado

O promestrieno é um medicamento principalmente indicado em caso de atrofia vulvovaginal, já que ao ser aplicado no local, ou seja, na vulva ou na vagina, é capaz de promover o ganho de tônus muscular devido ao aumento da circulação sanguínea local, ajudando a combater os sinais e sintomas características dessa situação.

Assim, esse medicamento pode ser recomendado para acelerar a cicatrização das lesões da vagina e do colo do útero após o parto normal ou após a realização de cirurgias genitais, devendo ser usado conforme a orientação do ginecologista.

O promestrieno pode ser encontrado em farmácias e drogarias, na forma de creme e é vendido após a apresentação da requisição médica.

Para que serve

O promestrieno possui ação local, sendo muitas vezes indicado no tratamento da atrofia vulvovaginal causada pela diminuição ou ausência de estrogênio.

Além disso, o ginecologista pode indicar esse medicamento com o objetivo de favorecer a cicatrização de lesões na vagina e/ ou no colo do útero após cirurgias ginecológicas ou após o parto normal, em casos de hiperplasia escamosa vulvar, vaginite atrófica.

Como usar

O promestrieno é normalmente encontrado nas farmácias sob a forma de creme, que deve ser utilizado conforme a orientação do ginecologista, que pode indicar o uso intravaginal ou externo, quando a aplicação deve ser apenas na vulva, por cerca de 20 dias. As orientações gerais do uso do promestrieno são:

  • Aplicação intravaginal: aplicar 1 g do creme (1 aplicador vaginal cheio), 1 vez por dia, durante pelo menos 20 dias.
  • Aplicação vulvar: cobrir a área afetada com o creme, fazendo ligeira massagem, 1 ou 2 vezes por dia, durante pelo menos 20 dias.

O promestrieno pode ser também encontrado na forma de cápsula gelatinosa, que deve ser inserida na vagina 1 vez ao dia, preferencialmente à noite, por cerca de 20 dias ou de acordo com a indicação médica.

Possíveis efeitos colaterais

O promestrieno possui apenas efeito local e, por isso, não costuma estar associado com efeitos adversos, no entanto algumas mulheres podem relatar coceira, sensação de ardor e vermelhidão local, sendo importante que o médico seja informado sobre os sintomas, pois dessa forma é possível avaliar a necessidade de alteração ou suspensão do tratamento.

Quando não é indicado

O uso do promestrieno não é indicado para pessoas que possuem maior sensibilidade a qualquer componente da fórmula, assim como para mulheres grávidas e em fase de amamentação.

Além disso, não é indicado para mulheres com histórico ou suspeita de câncer de mama ou de endométrio, que apresentam sangramento vaginal normal, portadoras de alterações trombolíticas e que possuam doença hepática aguda.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • TEVA FARMACÊUTICA LTDA. Colpotrofine (promestireno) - creme vaginal 10mg/g e cápsula vaginal 10 mg. 2015. Disponível em: <https://docs.google.com/gview?url=https://uploads.consultaremedios.com.br/drug_leaflet/Bula-Colpotrofine-Paciente-Consulta-Remedios.pdf?1593450061&embedded=true>. Acesso em 02 fev 2022
  • EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A. Promestrieno creme vaginal 10 mg/g. Disponível em: <https://img.drogasil.com.br/raiadrogasil_bula/PromestrienoEurofarma.pdf>. Acesso em 21 jan 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.