Trazodona: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
fevereiro 2022

A trazodona é um remédio antidepressivo indicado para o tratamento da depressão com ou sem episódios de ansiedade ou dor crônica, como a que surge na neuropatia diabética, por exemplo, pois age regulando substâncias no cérebro que são responsáveis pela comunicação entre os neurônios e regulação do humor.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos de 50 mg, 100 mg ou 150 mg, com os nomes comerciais Donaren, Inseris ou Loredon, por exemplo, ou como genérico "cloridrato de trazodona”, vendido somente com prescrição médica e retenção de receita pela farmácia.

A dose e o tempo de tratamento com a trazodona dependem da condição a ser tratada e da orientação médica, sendo importante não interromper o uso do remédio por conta própria, pois pode causar efeitos indesejados como tontura, ansiedade, ataques de pânico, dor de cabeça, sensações de choque elétrico ou confusão mental.

Para que serve

 A trazodona é indicada para o tratamento de:

  • Depressão com ou sem episódios de ansiedade;
  • Transtorno depressivo maior;
  • Dor causada por neuropatia diabética;
  • Dores crônicas.

A trazodona age aumentando os níveis de serotonina e noradrenalina no cérebro, que são um substâncias responsáveis pela comunicação entre os neurônios, o que pode ajudar a melhorar o humor e o sono, além de diminuir a ansiedade e a insônia, relacionados à depressão.

A trazodona deve ser sempre indicada pelo médico avaliando as condições de saúde de forma individualizada.

Como tomar 

O comprimido de trazodona deve ser tomado por via oral, e engolido inteiro, sem partir ou mastigar, de preferência após uma refeição.

As doses normalmente recomendadas variam de acordo com a idade e incluem:

  • Adultos: a dose normalmente recomendada é de 50 a 150 mg por dia, dividida em 2 duas doses, tomadas a cada 12 horas, ou em dose única diária tomada antes de dormir, conforme orientação médica. Essa dose pode ser aumentada pelo médico, de acordo com a resposta ao tratamento;
  • Idosos: a dose inicial normalmente recomendada é 75 mg por dia, sendo que o médico pode aumentar essa dose gradualmente em intervalos de 3 ou 4 dias.

A trazodona pode demorar até 4 semanas de tratamento para ter o efeito antidepressivo desejado e a alteração das doses ou a interrupção do tratamento devem ser feitas de acordo com a avaliação e orientação do médico. 

Possíveis efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com a trazodona são tontura, dor de cabeça, cansaço, náusea, boca seca, sonolência e gosto desagradável na boca.

Além disso, em homens a trazodona pode causar priapismo, que é uma ereção dolorosa e persistente, devendo-se nesse caso interromper o tratamento e procurar ajuda médica imediatamente, pois quando a ereção não passa, podem surgir lesões no pênis, devido ao excesso de sangue. Saiba como é feito o tratamento do priapismo

Embora seja raro, a trazodona também pode causar a síndrome serotoninérgica que pode ser percebida através de sintomas como tremores, rigidez dos músculos, movimentos incontroláveis, perda da coordenação motora, agitação, alucinações, febre, suor excessivo, palpitação cardíaca ou até perda da consciência. Nesse caso, deve-se procurar ajuda médica ou o pronto atendimento mais próximo imediatamente.

Quem não deve tomar

A trazodona não deve ser usada por crianças, mulheres grávidas, lactantes, por pessoas com problemas cardíacos ou em fase de recuperação de um infarto do miocárdio, ou nos casos de doenças renais, no fígado, ou alcoolismo.

Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas com alergia à trazodona ou qualquer outro componente dos comprimidos.

A trazodona também não deve ser usada por pessoas que utilizam medicamentos inibidores da monoamina oxidase (IMAO), como selegilina, moclobemida, isocarboxazida, fenelzina, nialamida, iproniazida ou tranilcipromina, por exemplo. Nestes casos, deve-se esperar pelo menos 14 dias após o término do tratamento com os inibidores da monoaminoxidase para iniciar o tratamento com a trazodona.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • APSEN FARMACÊUTICA S.A. Donaren comprimidos revestidos de 50 mg e 100 mg (trazodona). 2015. Disponível em: <https://io2.convertiez.com.br/m/drogal/uploads/bulas/7896637022767/bula-donaren-paciente.pdf>. Acesso em 21 fev 2022
  • DRUGS.COM. Trazodone. 2021. Disponível em: <https://www.drugs.com/trazodone.html>. Acesso em 21 fev 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentos para combater a DEPRESSÃO

    07:22 | 74384 visualizações
  • Alimentos para combater o estresse e a ansiedade

    02:05 | 484458 visualizações