Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Óvulo vaginal: o que é, para que serve e como usar

Março 2020

Os óvulos vaginais são preparações sólidas, semelhantes a supositórios, que têm medicamentos na sua composição e que são destinados à administração por via vaginal, já que são preparados de forma a se fundirem na vagina a 37ºC ou no fluido vaginal.

Existem vários tipos de medicamento que são veiculados em óvulos vaginais, com o objetivo de atuar localmente, como é o caso de antibióticos, antifúngicos, probióticos ou hormônios, por exemplo.

Óvulo vaginal: o que é, para que serve e como usar

Para que serve

Os óvulos vaginais servem para veicular medicamentos no canal vaginal, como antibióticos, anti-inflamatórios, hormônios ou probióticos, por exemplo.

Estes produtos são muito usados em casos de infecções vaginais, como candidíase vaginal ou vaginite, em casos de secura vaginal, reposição da flora vaginal e reposição hormonal, por exemplo.

Medicamentos em óvulos

Alguns exemplos de medicamentos que estão disponíveis em óvulos vaginais são:

Nome do medicamentoIndicações
Albocresil (policresuleno)Infecções, inflamações e lesões dos tecidos vaginais
Fentizol (fenticonazol)Candidíase vaginal
Gynotran (metronidazol + miconazol)Vaginose bacteriana, candidíase vaginal e vaginite por Trichomonas
Gyno-Icaden (isoconazol)Candidíase vaginal
FitormilSecura vaginal
Isadin α BarcilusProbiótico para a reposição da flora vaginal

Além destes exemplos, existem ainda as cápsulas vaginais, como é o caso do Utrogestan, com progesterona na composição que, assim como os óvulos, podem ser inseridas no canal vaginal, de forma a exercer o seu efeito localmente. Saiba mais sobre este medicamento.

Como usar corretamente

Antes de realizar a aplicação, é muito importante lavar muito bem as mãos. Os óvulos vaginais podem ser introduzidos na vagina com o dedo ou com a ajuda de um aplicador, que pode vir contido na embalagem de alguns medicamentos.

Quando aplicar?

Geralmente, é recomendado aplicar o óvulo, comprimido ou cápsula vaginal à noite, imediatamente antes de deitar, para que o medicamento permaneça no local a exercer a sua ação e evitar que saia da vagina antes do tempo.

Como inserir o óvulo?

A posição ideal para inserção do óvulo é deitada de costas, com as pernas flexionadas e separadas.

O óvulo deve ser introduzido profundamente na vagina, podendo ser feito com o auxílio de um aplicador. É importante não ter o óvulo em contato com as mãos por muito tempo, porque poderá derreter e tornar mais difícil a aplicação.

E se o óvulo sair?

Se o óvulo for inserido corretamente e de acordo com as indicações, não vai sair. Porém, no dia seguinte a pessoa pode notar que são eliminados alguns vestígios, o que é perfeitamente normal.

Bibliografia >

  • CALVO. B. et. al.. Formas farmacéuticas de administración rectal y vaginal. 2015. Disponível em: <https://ocw.ehu.eus/pluginfile.php/10127/mod_resource/content/1/10122015_materiales_de_estudio/Tema_18.-_Formas_farmaceuticas_de_administracion_rectal_y_vaginal.pdf>.
  • ACHÉ. Fentizol. 2016. Disponível em: <https://www.farmagora.com.br/BACKOFFICE/Uploads/Bula/Fentizol%20Ovulo.pdf>. Acesso em 05 Mar 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem