Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Bula do Precedex (Dexmedetomidina)

O Precedex é um medicamento sedativo, também com propriedades analgésicas, geralmente, utilizado em ambiente de terapia intensiva (UTI) para pessoas com necessidade de respiração por aparelhos ou que necessitam de algum procedimento cirúrgico que necessite de sedação.

O princípio ativo deste medicamento é o cloridrato de Dexmedetomidina, que somente é utilizado por via injetável e por profissionais treinados em ambiente hospitalar, já que o seu efeito aumenta o risco de redução dos batimentos cardíacos e queda da pressão arterial, além de náuseas, vômitos e febre. 

Geralmente, o Precedex é vendido em frasco-ampolas de 100mcg/ml, e já é encontrado na sua forma genérica ou na forma de medicamentos similares, como o Extodin, e pode custar cerca de 500 reais por unidade, entretanto este valor varia de acordo com a marca e o local onde é comprado. 

Bula do Precedex (Dexmedetomidina)

Para que serve

A Dexmedetomidina é um medicamento sedativo e analgésico, indicado para tratamento intensivo em UTI, seja para respiração por aparelhos ou para realização de procedimentos como pequenas cirurgias para diagnóstico ou tratamento de doenças.

Ela tem a capacidade de causar sedação, deixando os pacientes menos ansiosos, e com menores taxas de dor. Uma característica desta medicação é sua possibilidade de causar uma sedação em que os pacientes são facilmente despertados, demonstrando-se cooperativos e orientados, o que facilita a avaliação e tratamento pelos médicos. 

Como tomar

A Dexmedetomidina apenas deve ser utilizada por profissionais habilitados aos cuidados de paciente em ambiente de terapia intensiva. O seu uso é somente de forma injetável por via venosa, aplicado com apoio de um equipamento de infusão controlada.

Antes da aplicação, o medicamento deve ser diluído em soro fisiológico, geralmente, na preparação de 2mL de Dexmedetomidina para 48mL de soro fisiológico. Após a diluição do concentrado, o produto deve ser utilizado imediatamente, e caso o produto não seja utilizado imediatamente após a diluição, recomenda-se o armazenamento refrigerado da solução entre 2 a 8ºC, por no máximo 24 horas, devido ao risco de contaminação por bactérias.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos principais efeitos da Dexmedetomidina incluem náuseas, vômitos, pressão baixa ou alta, diminuição ou aumento dos batimentos cardíacos, anemia, febre, sonolência ou boca seca.

Quem não deve usar

Este medicamento é contra-indicado em casos de alergia à Dexmedetomidina ou qualquer componente da sua fórmula. Deve ser usado com cautela em idosos e pessoas com alterações do funcionamento do fígado, e não foi testado para gestantes ou crianças.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...