Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Ciprofloxacino: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
janeiro 2023
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contraindicações

O ciprofloxacino, ou cloridrato de ciprofloxacino, é um antibiótico de amplo espectro, que pertence à classe das fluorquinolonas, indicado para o tratamento de vários tipos de infecções respiratórias, do trato urinário, digestivas e inclusive o tratamento da gonorreia, por exemplo. 

Este medicamento está disponível em farmácias ou drogarias, com o nome genérico cloridrato de ciprofloxacino, ou com os nomes comerciais Cipro, Quinoflox, Proflox, Urcip, Cylocort ou Cilodex, por exemplo, na forma de comprimidos, solução injetável, colírio oftálmico ou suspensão otológica.

Como qualquer outro antibiótico, o ciprofloxacino só deve ser utilizado sob orientação de um médico e só pode ser comprado mediante a apresentação de uma receita médica.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O ciprofloxacino é indicado para o tratamento de diversas infecções que incluem:

  • Infecções oftalmológicas: blefarite, conjuntivite ou abscesso da córnea;
  • Infecções respiratórias: pneumonia, bronquite ou sinusite;
  • Infecções genitais: gonorreia, cervicite, epididimite ou doença inflamatória pélvica;
  • Infecções urinárias: cistite, uretrite gonocócica ou pielonefrite aguda;
  • Infecções abdominais: diarréia infecciosa ou infecções intra-abdominais;
  • Infecções da pele, dos tecidos moles, ossos ou articulações.

Além disso, também pode ser utilizado nos casos de otite média ou na prevenção e tratamento da inalação por antraz. É importante ressaltar que o ciprofloxacino não tem ação sobre vírus, e por isso, não é indicado para o tratamento de infecções virais.

Como usar

A forma de usar o ciprofloxacino varia de acordo com sua apresentação e inclui:

1. Ciprofloxacino 500 mg comprimidos

O ciprofloxacino pode ser encontrado em comprimidos de 250 mg ou 500 mg e deve ser tomado por via oral, com um copo de água, antes ou após uma refeição, nos horários estabelecidos pelo médico.

No adulto, as doses recomendadas variam de acordo com a doença a ser tratada, e incluem: 

  • Infecções respiratórias: as doses variam de acordo com o tipo de infecção e normalmente recomendadas são de 250 a 750 mg, a cada 12 horas;
  • Sinusite aguda: a dose normalmente recomendada é de 500 mg, a cada 12 horas, geralmente por 10 dias de tratamento, ou conforme orientação médica;
  • Infecções urinárias: a dose normalmente recomendada é de 250 mg, a cada 12 horas;
  • Cistite aguda não complicada: a dose normalmente recomendada é de 250 mg, a cada 12 horas;
  • Gonorreia: a dose normalmente recomendada é de 250 mg em dose única;
  • Diarreia infecciosa: a dose normalmente recomendada é de 500 mg, a cada 12 horas.

As doses do ciprofloxacino podem ser alteradas pelo médico, especialmente em casos de insuficiência renal ou hepática, pois devido ao seu metabolismo, esse remédio pode piorar doenças relacionadas com os rins e fígado.

Além disso, a duração do tratamento com o ciprofloxacino varia de acordo com a infecção que se pretende tratar, podendo variar de 1 dia, no caso da gonorreia, a até 7 a 14 dias para outras infecções. Em casos mais graves, como a osteomielite, por exemplo, o tratamento pode durar mais de 1 mês.

2. Ciprofloxacino colírio oftalmológico

O ciprofloxacino colírio oftálmico , deve ser usado aplicando as gotas diretamente no olho afetado. É importante evitar o contato do frasco do colírio com os olhos para não contaminar a solução. 

O colírio de ciprofloxacino também pode ser encontrado associado à dexametasona, sendo importante agitar o frasco antes da sua utilização, para misturar os componentes da fórmula.

As doses normalmente recomendadas para adultos são:

Composição do colírio

Posologia

Cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL (Ciloxan ou Maxiflox)

  • Úlcera na córnea: no primeiro dia de tratamento, aplicar 2 gotas somente no olho afetado, a cada 15 minutos, durante as primeiras 6 horas. No restante do dia, aplicar 2 gotas a cada 30 minutos. No segundo dia, 2 gotas a cada 1 hora. No terceiro ao 14ª dia de tratamento, 2 gotas a cada 4 horas;
  • Conjuntivite bacteriana: nos primeiros 2 dias de tratamento, aplicar 1 a 2 gotas a cada 2 horas. Do 3º ao 5º dia de tratamento, aplicar 1 a 2 gotas a cada 4 horas, conforme orientado pelo oftalmologista.

Cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL + dexametasona 1 mg/mL (Maxiflox D)

As doses normalmente recomendadas são de 1 ou 2 gotas aplicadas no olho afetado, 6 vezes por dia, com intervalo de cerca de 4 horas entre as aplicações, por 7 dias de tratamento, ou conforme orientado pelo médico.

Em alguns casos, durante as primeiras 24 a 48 horas de tratamento, o médico pode aumentar a dose para 1 ou 2 gotas, a cada 2 horas.

Agitar o frasco antes do uso.

As doses do ciprofloxacino, assim como o tempo de tratamento, podem ser alterados pelo oftalmologista, de acordo com o tipo de infecção e resposta ao tratamento. 

Para aplicar o colírio de ciprofloxacino, deve-se inclinar a cabeça ligeiramente para trás e puxar a pálpebra inferior para baixo, para formar uma pequena bolsa. Em seguida, deve-se segurar o frasco do colírio acima do olho com a ponta voltada para baixo, olhar para cima e apertar o frasco para que a gota caia no olho afetado.

Após aplicar o colírio de ciprofloxacino, deve-se fechar o olho por 1 a 2 minutos, sem piscar e pressionar o dedo suavemente sobre o canto interno do olho, para evitar que o colírio escorra para o canal lacrimal.

No caso da dose recomendada pelo médico ser de mais de 1 gota, deve-se aguardar cerca de 5 minutos entre a aplicação das gotas. 

Após aberto o colírio tem a validade de 28 dias, devendo ser descartado após esse período.

3. Ciprofloxacino pomada oftalmológica

O ciprofloxacino na forma de pomada oftalmológica, deve ser aplicado no olho afetado, sendo que normalmente é encontrado como ciprofloxacino + dexametasona, como o MAxiflox, Maxiflox D ou Cylocort.

A dose normalmente recomendada da pomada oftalmológica de ciprofloxacino ou ciprofloxacino + dexametasona para adultos é de 1 aplicação (cerca de 1 cm da pomada) de 3 a 4 vezes por dia, conforme orientação do oftalmologista.

A dose da pomada contendo dexametasona deve ser reduzida aos poucos, de acordo com a resposta ao tratamento, sob supervisão do oftalmologista.

Para aplicar a pomada, deve-se inclinar a cabeça ligeiramente para trás e puxar a pálpebra inferior para baixo, para formar uma pequena bolsa. Em seguida, deve-se segurar o tubo da pomada acima do olho com a ponta voltada para baixo apontando para a pequena bolsa formada, olhar para cima e apertar o tubo para que a pomada seja aplicada no olho afetado.

Após aplicar a pomada de ciprofloxacino, deve-se piscar o olho suavemente e fechar o olho por 1 a 2 minutos. Quando se abre o olho em seguida, a visão pode ficar turva ou embaçada por um curto período de tempo, o que é considerado normal.

Após aberta, a pomada de ciprofloxacino tem a validade de 60 dias, e a de ciprofloxacino + dexametasona tem validade de 28 dias, devendo ser descartadas após esse período.

4. Ciprofloxacino otológico

O ciprofloxacino otológico, deve ser aplicado no ouvido afetado, podendo ser encontrado sozinho ou em associação com a hidrocortisona, como Ciloxan ou Otociriax.

As doses normalmente recomendadas para adultos e crianças com mais de 1 ano são:

Composição da solução otológica

Posologia

Cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL (Ciloxan)

Aplicar 3 a 4 gotas no ouvido afetado, de 2 a 3 vezes por dia, por cerca de 5 a 10 dias de tratamento, conforme orientação médica.

Cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL + hidrocortisona 10mg/mL (Otociriax)

Aplicar 3 gotas no ouvido afetado, 2 vezes por dia, por 7 dias de tratamento, conforme orientação médica. Agitar o frasco antes do uso.

Para aplicar a suspensão otológica, deve-se lavar as mãos com água e sabonete neutro, e deitar de lado, com o ouvido afetado para cima, puxar a orelha um pouquinho para trás e instilar gota a gota. Permanecer nessa posição por cerca de 5 a 10 minutos.

Em seguida, deve-se colocar um pedacinho de algodão no ouvido, para manter o medicamento dentro do ouvido, sem escorrer para fora. Esse algodão deve ser trocado a cada aplicação da suspensão otológica.

É importante aquecer o frasco entre as mãos para que o medicamento não seja aplicado frio, e provoque sintomas, como vertigem. 

5. Ciprofloxacino injetável

O ciprofloxacino injetável de 200 mg/100 mL ou 400 mg/200 mL deve ser usado para infecções mais graves, como infecções intra-abdominais agudas, infecções urinárias moderadas ou para o tratamento da inalação do antraz, por exemplo.

A solução injetável de ciprofloxacino deve ser aplicada diretamente na veia pelo enfermeiro no hospital, sob supervisão médica, sendo que a dose recomendada deve ser orientada pelo médico de acordo com o tipo de infecção. 

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com ciprofloxacino são náuseas, vômitos, diarreia ou dor abdominal.

Além disso, também podem ocorrer ruptura do tendão de Aquiles, diminuição do apetite, agitação, dor de cabeça, tontura, convulsão, alucinações, alteração no paladar, pancreatite, formação de bolhas na pele, coceira, urticária, dor no corpo, mal-estar, febre ou alterações na função dos rins.

Em crianças, o ciprofloxacino pode causar dor nas articulações, e por isso, só deve ser usado com recomendação do pediatra para evitar complicações.

Quem não deve usar

O ciprofloxacino não deve ser usado por grávidas ou mulheres em amamentação, que devem esperar 48 horas após o término do tratamento para amamentar novamente.

Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas que têm alergia ao ciprofloxacino ou outras fluoroquinolonas, como levofloxacino ou norfloxacino, por exemplo, ou a qualquer outro componente da fórmula.

O ciprofloxacino também não deve ser usado por pessoas com histórico de problemas nos tendões causados pelo uso de fluoroquinolonas, ou que tenham miastenia gravis, pois pode piorar os sintomas.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • CRISTÁLIA PROD. QUÍM. FARM. LTDA. Maxiflox D suspensão oftálmica (cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL + dexametasona 1 mg/mL). Disponível em: <https://www.cristalia.com.br/latinofarma/public/upload/apresentacao/27/MaxifloxD_Bula_Paciente_SUS_OFT.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • CRISTÁLIA PROD. QUÍM. FARM. LTDA. Maxiflox pomada oftálmica (cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/g). Disponível em: <https://www.cristalia.com.br/latinofarma/public/upload/apresentacao/9/Maxiflox_Bula_Profissional_POM_OFT.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
Mostrar bibliografia completa
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Ciloxan otológico (cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/mL). 2019. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-CILOXAN-Solucao-Otologica-Esteril-Medico.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • FARMOQUÍMICA S/A. Otociriax Suspensão Otológica (cloridrato de ciprofloxacino 2mg/mL + hidrocortisona 10 mg/mL). 2020. Disponível em: <https://www.fqmgrupo.com.br/fqmfarma/uploads/attachment/9097839365efc97906babb.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Ciloxan (cloridrato de ciprofloxacino) colírio oftalmológico 3,5 mg/mL. 2022. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-CILOXAN-Solucao-Oftalmica-Esteril-Paciente.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • CRISTÁLIA PROD. QUÍM. FARM. LTDA. Maxiflox (cloridrato de ciprofloxacino) colírio oftalmológico 3,5 mg/mL. Disponível em: <https://www.cristalia.com.br/latinofarma/public/upload/apresentacao/23/Maxiflox_Bula_Profissional_SOL_OFT.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • ACHÉ LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS S.A. Cloridrato de ciprofloxacino comprimidos de 500 mg. 2019. Disponível em: <https://www.ache.com.br/arquivos/bula-paciente-clor-ciprofloxacino-500mg.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • CRISTÁLIA PROD. QUÍM. FARM. LTDA. Maxitrol D pomada oftálmica (cloridrato de ciprofloxacino 3,5 mg/g + dexametasona 1 mg/g). Disponível em: <https://www.cristalia.com.br/latinofarma/public/upload/apresentacao/10/MaxifloxD_Bula_Profissional_POM_OFT.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • FARMOQUÍMICA S/A. Otociriax suspensão otológica (cloridrato de ciprofloxacino 2 mg/mL + dexametasona 10 mg/g). 2020. Disponível em: <https://www.fqmgrupo.com.br/fqmfarma/uploads/attachment/9097839365efc97906babb.pdf>. Acesso em 30 jan 2023
  • ZHANG, G. F.; et al. Ciprofloxacin derivatives and their antibacterial activities. Eur J Med Chem. 146. 599-612, 2018
  • THAI, T.; SALISBURY, B. H.; ZITO, P. M. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Ciprofloxacin. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK535454/>. Acesso em 29 out 2021
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.