Utrogestan: para que serve e como tomar

outubro 2022

O utrogestan é um medicamento que contém o hormônio progesterona, que pode ser indicado no tratamento de alterações relacionadas com a deficiência desse hormônio. O médico pode indicar esse medicamento como terapia de reposição hormonal durante ou depois a menopausa, assim como para tratar a tensão pré-menstrual ou em caso de esterilidade.

O medicamento pode ser adquirido em farmácias, com apresentação da receita médica, e pode ser encontrado em forma de cápsulas de 100 mg ou 200 mg.

O utrogestan pode causar alguns efeitos secundários, como sonolência ou alterações do ciclo menstrual, como menstruação mais curta ou falta de menstruação, de forma que é importante que o médico seja consultado para que seja feita uma avaliação e seja considerada a possibilidade de suspensão do medicamento ou alteração da dose.

Para que serve

As cápsulas de utrogestan podem ser utilizadas via oral ou vaginal, sendo principalmente indicadas em caso de:

  • Alterações da ovulação relacionadas com a deficiência de progesterona;
  • Insuficiência lútea;
  • Reposição hormonal na menopausa;
  • Insuficiência ovariana;
  • Tratamento de fertilidade;
  • Ameaça de aborto precoce.

Antes de iniciar o tratamento, o médico pode solicitar a realização de um exame de progesterona para avaliar os níveis desse hormônio e, assim, ser indicada a dose mais adequada.

Como usar e posologia

O utrogestan pode ser usado por via vaginal ou oral de acordo com a indicação do médico, sendo as principais doses:

  • Insuficiência de progesterona: 200 a 300 mg por dia;
  • Insuficiência lútea, transtorno pré-menstrual, doença mamária benigna, menstruação irregular e pré-menopausa: 200 mg em dose única antes de dormir ou 100 mg duas horas após refeição mais 200 mg à noite, ao deitar, num regime de tratamento de 10 dias por ciclo, do 16º ao 25º dia;
  • Terapia de reposição hormonal para a menopausa em combinação com estrogênios: 100 mg à noite antes de dormir, de 25 a 30 dias por mês ou divididos em duas doses de 100 mg, 12 a 14 dias por mês ou em dose única de 200 mg à noite, antes de dormir, de 12 a 14 dias por mês;
  • Suplemento da fase lútea durante ciclos de fertilização in vitro ou injeção intracitoplasmática de espermatozoide: 600 a 800 mg por dia, divididos em três ou quatro doses, iniciados no dia da captação ou no dia da transferência, até a 12ª semana de gravidez;
  • Suplemento de fase lútea em caso de subfertilidade ou infertilidade devido à anovulação: 200 a 300 mg por dia, divididos em duas doses, a partir do 16º dia do ciclo, durante 10 dias. Se a menstruação não ocorrer novamente, o tratamento é reiniciado e deve ser mantido até à 12ª de gravidez;
  • Ameaça de aborto precoce: 200 a 400 mg por dia, dividido em 2 doses, até a semana 12 de gestação.

No caso do utrogestan ser indicado por via vaginal, é indicado que seja feita a higienização das mãos e aplicar na vagina, de preferência à noite, sendo recomendado que a mulher permaneça deitada por no mínimo 1 hora.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Utrogestan são fadiga, edema, dor de cabeça, alterações no peso, alterações no apetite, sangramento vaginal intenso, inchaço abdominal, período menstrual irregular e sonolência.

Quem não deve usar

O Utrogestan é contra-indicado em pessoas com câncer do fígado, da mama ou dos órgãos genitais, com sangramento genital não diagnosticado, história de AVC, doenças do fígado, aborto incompleto, doenças tromboembólicas, tromboflebite, porfiria ou que tenham hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • KABLY, Alberto. Progesterona y amenaza de aborto. Ginecol Obstet Mex. 87. 7; 496-498, 2019
  • AGENCIA ESPAÑOLA DE MEDICAMENTOS Y PRODUCTOS SANITARIOS. Utrogestan 200 mg cápsulas blandas. Disponível em: <https://cima.aemps.es/cima/dochtml/p/64899/Prospecto_64899.html>. Acesso em 27 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • BUITRÓN, García et al. Evidencias en indicaciones de la progesterona. Ginecol Obstet Mex. 85. 8; 489-497, 2017
  • BESINS HEALTHCARE MÉXICO. IPPA - Utrogestan (Nueva Indicación y VAdm). Disponível em: <https://www.besins-healthcare.com.mx/wp-content/uploads/2018/01/UTROGESTAN-IPPA.pdf>. Acesso em 27 set 2022
  • MIMS . UTROGESTAN 200. Disponível em: <https://www.nps.org.au/assets/medicines/42192fb5-e9b2-4523-adda-a665010eec89-reduced.pdf>. Acesso em 27 set 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.