Vacina para infecção urinária (Uro-Vaxom): como usar e efeitos colaterais

maio 2022

A Uro-vaxom é uma vacina indicada para a prevenção ou tratamento de infecções urinárias, pois possui na sua composição componentes extraídos da bactéria Escherichia coli, que geralmente é o micro-organismo responsável por causar as infecções urinárias. Desta forma, essa vacina estimula o sistema imunológico a produzir defesas contra essa bactéria.

Essa vacina pode ser encontrada em farmácias ou drogarias, na forma de cápsulas de 6 mg, e pode ser usada por adultos ou crianças com mais de 4 anos.

A vacina Uro-vaxom deve ser usada somente com indicação médica, e é vendida somente com apresentação de receita médica.

Para que serve

A vacina Uro-Vaxom é indicada para prevenir infecções urinárias recorrentes, podendo também ser utilizada no tratamento de infecções agudas das vias urinárias, juntamente com os outros remédios prescritos pelo médico, como antibióticos, por exemplo. Veja como é o tratamento para a infecção urinária

Esta vacina pode ser usada por adultos ou crianças com idade superior a 4 anos.

Como usar

A cápsula de Uro-vaxom deve ser tomada por via oral, com um copo de água, pela manhã, em jejum. A cápsula não deve ser aberta, partida ou mastigada.

As doses normalmente recomendadas do Uro-Vaxom variam de acordo com o objetivo do tratamento e incluem:

  • Prevenção de infecções das vias urinárias: a dose normalmente recomendada é de 1 cápsula de Uro-Vaxom por dia, durante 3 meses consecutivos, conforme orientação médica;
  • Tratamento de infecções urinárias agudas: a dose normalmente recomendada é de 1 cápsula de Uro-Vaxom por dia, utilizada juntamente com os outros remédios prescritos pelo médico, até ao desaparecimento dos sintomas ou conforme orientação do médico. O Uro-Vaxom deve ser tomado por, pelo menos, 10 dias seguidos.

No caso de esquecimento de tomar uma dose, deve-se tomar a cápsula assim que lembrar, de estômago vazio. No entanto, se estiver próximo do horário da próxima dose, deve-se pular a dose esquecida. Não é recomendado tomar duas cápsulas no mesmo dia para compensar a dose esquecida.

O tempo de tratamento com a vacina Uro-vaxom deve ser feito conforme orientação do médico, não devendo-se interromper o tratamento por conta própria.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Uro-Vaxom são má digestão, náuseas, dor abdominal ou diarreia.

Além disso, a vacina Uro-vaxom pode causar reações alérgicas, sendo recomendado interromper o tratamento e consultar o médico, caso surjam sintomas como febre, coceira, inchaço ou formação de manchas na pele.

Quem não deve usar

O Uro-Vaxom não deve ser usado por crianças com menos de 4 anos de idade ou por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Além disso, esta vacina não deve ser utilizada durante a gravidez ou na amamentação, exceto sob orientação médica.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em maio de 2022. Revisão clínica por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022.

Bibliografia

  • APSEN FARMACÊUTICA S/A. Uro-Vaxom. Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/17238.pdf>. Acesso em 30 mai 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Como identificar os sintomas e curar a INFECÇÃO URINÁRIA rapidamente

    07:47 | 458038 visualizações
  • INFECÇÃO URINÁRIA NA GRAVIDEZ: O que comer para Curar e Evitar

    04:39 | 310797 visualizações
  • Infecção Urinária e Cistite | O que comer para Curar e Evitar

    04:49 | 3919197 visualizações