Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Fluimucil: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

O Fluimucil é um remédio expectorante, que contém acetilcisteína na sua composição, que age fluidificando as secreções produzidas nos pulmões, facilitando a sua eliminação das vias respiratórias, sendo indicado para o tratamento da tosse produtiva, que se caracteriza por uma produção excessiva de catarro, especialmente nos casos de bronquite aguda ou crônica, pneumonia ou enfisema pulmonar, por exemplo.

Esse remédio também funciona como antídoto para o fígado de danos provocados pela ingestão de paracetamol em excesso, regenerando os estoques da glutationa, que é uma substância vital para a função normal do fígado.

O Fluimucil pode ser encontrado em farmácias ou drogarias na forma de comprimido, xarope ou granulado, e também com o nome genérico acetilcisteína, e deve ser usado com indicação médica. Além disso, o Fluimucil também pode ser encontrado na forma de ampola para uso por inalação ou aplicado diretamente na veia, sendo utilizados no hospital e administrados por um enfermeiro, de acordo com a indicação médica. 

Fluimucil: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Para que serve

O Fluimucil é indicado para auxiliar na eliminação do excesso de catarro e secreções nas vias respiratórias e aliviar a tosse produtiva causada por:

  • Bronquite aguda;
  • Bronquite crônica;
  • Bronquite causada pelo tabagismo;
  • Enfisema pulmonar;
  • Pneumonia;
  • Abscesso pulmonar;
  • Colapso ou fechamento dos brônquios;
  • Fibrose cística.

Esse remédio também pode ser usado para diminuir os danos no fígado causados pela ingestão acidental ou voluntária de grandes quantidades de paracetamol.

Além disso, o Fluimucil nasal é indicado para auxiliar no tratamento da rinite ou após cirurgias no nariz, conforme indicação do médico.

Como usar 

O Fluimucil comprimido, xarope ou granulado deve ser tomado por via oral, na dose, nos horários e pelo tempo de tratamento estabelecido pelo médico. No entanto, no caso de esquecer de tomar uma dose na hora certa, tomar assim que lembrar, mas deve-se pular a dose esquecida se estiver quase na hora de tomar a próxima dose. Não tomar duas doses ao mesmo tempo para compensar a dose esquecida.

Já o Fluimucil nasal, o uso deve ser feito diretamente na narina, conforme indicação médica. 

A forma de uso do Fluimucil depende da apresentação e da idade da pessoa e inclui:

1. Fluimucil xarope pediátrico (20 mg/mL)

O xarope pediátrico de Fluimucil contém 20 mg de acetilcisteína para cada 1 mL da solução, e é indicado para crianças com mais de 2 anos de idade. 

As doses recomendadas do xarope pediátrico são:

  • Crianças de 2 a 4 anos: a dose recomendada do xarope pediátrico é de 5mL, que equivale a 100 mg de acetilcisteína, que pode ser tomada de 2 a 3 vezes ao dia, conforme orientação do pediatra;
  • Crianças com 4 anos ou mais: a dose recomendada do xarope pediátrico é de 5mL, 3 a 4 vezes ao dia, conforme orientação do pediatra. 

Em casos de complicações pulmonares da fibrose cística, a dose pode ser aumentada para 10 mL do xarope pediátrico a cada 8 horas e seu uso deve ser orientado pelo pediatra.

O Fluimucil xarope pediátrico não deve ser usado por crianças menores de 2 anos, a não ser que seja recomendado pelo médico.

2. Fluimucil xarope adulto (40 mg/mL)

A dose recomendada do xarope adulto de Fluimucil é de 15 mL, que corresponde a 600 mg de acetilcisteína, 1 vez ao dia, de preferência à noite, durante cerca de 5 a 10 dias. Em casos de complicações pulmonares da fibrose cística, a dose pode ser aumentada para 5 a 10 mL a cada 8 horas, conforme recomendação médica.

3. Fluimucil comprimido efervescente

A dose recomendada do Fluimucil na forma de comprimido efervescente é de 1 comprimido efervescente de 200 mg dissolvido num copo de água a cada 8 horas, ou 1 comprimido efervescente de 600 mg, uma vez ao dia, de preferência à noite, durante cerca de 5 a 10 dias, conforme orientação médica.

4. Fluimucil sachê 

O sachê do Fluimucil contém 200 mg ou 600 mg de acetilcisteína na forma de granulado e seu uso deve ser feito por via oral, dissolvendo todo o conteúdo do sachê em 1 copo de água, misturando bem até que fique completamente dissolvido. 

A dose recomendada de Fluimucil para adultos é de 1 sachê de granulado de Fluimucil 200 mg, 2 a 3 vezes ao dia, ou 1 sachê de granulado de Fluimucil D 600 mg, uma vez ao dia, de preferência à noite. Em casos de complicações pulmonares da fibrose cística, a dose pode ser aumentada para 200 a 400 mg a cada 8 horas, conforme recomendação médica.

5. Fluimucil nasal (11,5 mg/mL)

O Fluimucil nasal contém 11,5 mg de acetilcisteína para cada 1 mL da solução e, antes de utilizar, é recomendado assoar o nariz suavemente. Em seguida, deve-se posicionar o bico do frasco próximo à narina, na posição vertical, e apertar a válvula para que a dose seja administrada dentro da narina. Não se deve introduzir a válvula dentro da narina para evitar a contaminação do remédio. 

A dose do Fluimucil nasal varia com a idade e inclui:

  • Adultos: a dose recomendada é de 2 a 3 jatos em cada narina de 3 a 4 vezes ao dia;
  • Crianças com mais de 2 anos de idade: a dose recomendada é de 1 a 2 jatos em cada narina de 3 a 4 vezes ao dia.

Após aplicar a dose do Fluimucil nasal, deve-se limpar a válvula do frasco com um papel limpo e seco, não sendo necessário passar água no frasco. 

6. Fluimucil ampola (100 mg/mL)

O Fluimucil ampola contém 100 mg de acetilcisteína em 1 mL da solução e é utilizado somente em hospitais para inalação ou é administrado diretamente na veia por um enfermeiro, conforme orientação médica.

As doses do Fluimucil ampola variam de acordo com a idade e incluem:

  • Adultos: a dose recomendada é de 1 ampola, administrada junto com soro diretamente na veia, 1 ou 2 vezes por dia, conforme orientação médica; 
  • Crianças com mais de 2 anos de idade: a dose recomendada é de meia ampola , administrada junto com soro diretamente na veia, 1 ou 2 vezes por dia, conforme orientação médica. 

Para uso por inalação, a dose recomendada para adultos e crianças com mais de 2 anos é de 1 ampola para cada sessão de inalação, diluída em igual quantidade de soro fisiológico 0,9%, de 1 a 2 sessões por dia, durante 5 a 10 dias, conforme orientação médica.

Possíveis efeitos colaterais 

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Fluimucil são náusea, vômito, diarreia ou irritação gastrintestinal.

O Fluimucil pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, dor no peito, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.  

Quem não deve usar

O Fluimucil não deve ser usado por crianças com menos de 2 anos de idade, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que têm úlcera gastroduodenal.

Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas que têm alergia à acetilcisteína ou qualquer outro componente da fórmula.

O Fluimucil não deve ser usado para tosse seca, pois esse remédio age deixando o catarro mais líquido facilitando sua eliminação. No caso de tosse seca, o corpo não produz catarro, portanto, esse remédio não é indicado para tosse seca.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • EMS S/A. Acetilcisteína Granulado 200 mg e 600 mg. Disponível em: <https://docs.google.com/gview?url=https://uploads.consultaremedios.com.br/drug_leaflet/Bula-Acetilcisteina-EMS-Paciente-Consulta-Remedios.pdf?1596660668&embedded=true>. Acesso em 23 Jun 2021
  • DRUGS.COM. Acetylcysteine. 2020. Disponível em: <https://www.drugs.com/monograph/acetylcysteine.html>. Acesso em 28 Jun 2021
  • DRUGS.COM. Acetylcysteine Injection. 2020. Disponível em: <https://www.drugs.com/cdi/acetylcysteine-injection.html>. Acesso em 28 Jun 2021
Mais sobre este assunto:

Carregando
...