Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve o Cytotec

O cytotec é um remédio antiácido e antiulceroso que contém misoprostol, uma substância que impede a produção de ácido gástrico, protegendo a parede do estômago, especialmente em casos de gastrite ou úlceras.

Este remédio foi aprovado pela FDA na década de 80 para o tratamento de problemas no estômago, no entanto, por também provocar contração uterina, começou a ser usado apenas em hospitais qualificados, para causar o aborto durante o primeiro trimestre de gestação.

Para que serve o Cytotec

Preço e onde comprar

O cytotec não pode ser comprado nas farmácias convencionais, estando apenas disponível em hospitais e clínicas para induzir o parto ou provocar o aborto em casos específicos de mulheres que foram vítimas de violência sexual, que estão tendo uma gravidez de elevado risco ou cujo feto se está desenvolvendo sem cérebro, por exemplo.

Para que serve

Inicialmente este medicamento tinha o objetivo de tratar e prevenir úlceras gástricas, gastrite, cicatrização de úlceras no duodeno e gastroenterites erosivas e doença péptica ulcerosa.

No entanto, no Brasil o Cytotec só é encontrado em hospitais para ser utilizado como facilitador do parto, em caso de feto sem vida ou para indução do parto, quando este é necessário. Veja algumas indicações da indução do parto clicando aqui.

Como tomar

Para indução do parto deve-se inserir um comprimido de 25 ou 50mg dentro da vagina, que consiste em 1/4 ou 1/8 do comprimido da embalagem. Doses maiores podem causar atonia uterina, sendo uma das causas da hemorragia pós-parto, e por isso não são indicadas. Pode ser necessário tomar o medicamento a cada 6 ou 8 horas, conforme as indicações médicas.

Atenção:

O Misoprostol é um composto que aumenta as contrações uterinas, e por isso não deve ser usado durante a gravidez, fora do ambiente hospitalar. Nunca se deve tomar esse medicamento sem recomendação médica, principalmente em casos de suspeita de gravidez porque pode ser perigoso para a mulher e para o bebê.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais frequentes do uso deste medicamento incluem diarreia, dor abdominal, cólicas, dor de cabeça, azia, sangramento vaginal, distúrbios menstruais, enjôo, inchaços, coprisão de ventre, fadiga, febre, sensação de falta de ar, retenção urinária, ansiedade, sede, amnésia, tonturas, falta de coordenação, vista embaçada, anemia, dificuldade de coagulação e desidratação.

Quem não deve tomar

Este medicamento só deve ser usado com indicação do obstetra, em meio hospitalar e não deve ser usado por pessoas alérgicas às prostaglandinas.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...