Flebon: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
abril 2022

O Flebon é um fitoterápico indicado para o tratamento da fragilidade dos vasos sanguíneos e do inchaço nas pernas, na prevenção das complicações causadas pela insuficiência venosa e na prevenção da síndrome do viajante, caracterizada pelo inchaço das pernas por ficar muito tempo sentado, devido a viagens longas, e desta forma, ajuda a prevenir trombose.

Este remédio tem na sua composição o extrato seco de cascas de Pinus pinaster, também conhecido como Pycnogenol ou Pinheiro Marítimo, uma planta medicinal rica em compostos fenólicos com ação antioxidante que ajudam a combater os danos causados pelos radicais livres nas células dos vasos sanguíneos.

O Flebon pode ser comprado nas farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos de 50 mg, e usado com indicação médica por adultos com mais de 18 anos.

Para que serve

O Flebon é indicado para o tratamento ou prevenção de doenças vasculares, como:

  • Fragilidade dos vasos sanguíneos;
  • Inchaço nas pernas;
  • Insuficiência venosa;
  • Síndrome do viajante.

Esse remédio age reduzindo os danos nos vasos sanguíneos, causados pelos radicais livres, além de aumentar a resistência vascular facilitando a microcirculação e reduzindo a permeabilidade vascular, prevenindo assim o inchaço. Saiba mais sobre o tratamento da má circulação.

Como tomar

O Flebon deve ser tomado por via oral, com um copo de água, junto ou após uma refeição.

As doses do Flebon para adultos com mais de 18 anos variam de acordo com a condição a ser tratada e inclui:

  • Problemas circulatórios venosos, fragilidade dos vasos e inchaços: a dose normalmente recomendada é de 1 comprimido de 50 mg, 3 vezes por dia, durante 30 a 60 dias;
  • Síndrome do viajante: a dose normalmente recomendada é de 4 comprimidos, que devem ser ingeridos cerca de 3 horas antes de embarcar, 4 comprimidos 6 horas depois da primeira dose e 2 comprimidos no dia seguinte.

As doses do Flebon podem ser alteradas pelo médico, de acordo com a resposta ao tratamento, não devendo-se ultrapassar a dose de 400 mg por dia, o que corresponde a 8 comprimidos de 50 mg do Flebon.

O tempo de tratamento com o Flebon deve ser orientado pelo médico, e não se deve interromper o tratamento sem orientação do médico.

Possíveis efeitos colaterais

O Flebon geralmente é bem tolerado, no entanto, embora seja raro, podem ocorrer efeitos colaterais, como desconforto ou dor no estômago. Para evitar este desconforto, o medicamento pode ser ingerido após as refeições.

Quem não deve tomar

O Flebon não deve ser usado por crianças com menos de 18 anos, por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas com alergia aos extratos de Pinus pinaster​ ou a algum dos componentes da fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em abril de 2022.

Bibliografia

  • LUZZI, R.; et al. Normalization of cardiovascular risk factors in peri-menopausal women with Pycnogenol®. Minerva Ginecologica. 69. 1; 29-34, 2017
  • FARMOQUÍMICA S.A. Flebon - comprimidos 50 mg. Disponível em: <https://www.fqmgrupo.com.br/fqmfarma/uploads/attachment/9568855345cb7125ac1ff9.pdf>. Acesso em 12 abr 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Como acabar com a RETENÇÃO DE LÍQUIDOS em 3 dias

    11:13 | 542433 visualizações
  • Tratamento caseiro para PÉS INCHADOS

    03:50 | 1854206 visualizações
  • Alimentação para combater o inchaço e a retenção de líquido

    03:43 | 707324 visualizações