Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Epinefrina: o que é, para que serve e como aplicar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
janeiro 2023
  1. Para que serve
  2. Como aplicar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

A epinefrina é um remédio com efeito broncodilatador, vasopressor e estimulante cardíaco, indicado para o tratamento de urgência de reações alérgicas graves (anafilaxia ou choque anafilático). Age rapidamente aliviando os sintomas de inchaço na boca, língua ou garganta, dificuldade para respirar, pressão baixa e pulso fraco, por exemplo.

Este remédio, também conhecido como caneta ou injeção de adrenalina, normalmente é receitado pelo médico para pessoas que têm alto risco de reações anafiláticas, e por isso, a pessoa deve andar sempre com o medicamento na bolsa, para ser usado em situações de emergência. Após o uso deste remédio é muito importante ir imediatamente ao hospital.

A epinefrina pode ser encontrada nas farmácias ou drogarias, na forma de seringa preenchida com 1 dose de epinefrina de 0,1 mg, 0,15 mg ou 0,3 mg, para injetar no músculo, vendida somente com apresentação de receita médica.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

A epinefrina é indicada para o tratamento de emergência de reações alérgicas graves ou anafilaxia, provocadas por amendoins ou outros alimentos, medicamentos, picadas ou mordeduras de insectos, e outros alergênios. Saiba o que é a anafilaxia.

Como aplicar

O modo de uso da epinefrina deve ser feito de acordo com as indicações do médico que receitou o uso deste medicamento, no entanto, para usar geralmente deve-se seguir os seguintes passos:

  1. Retirar a caneta de epinefrina do interior do estojo;
  2. Segurar a caneta com uma mão, com o gatilho voltado para cima;
  3. Girar a trava média para a direita do compartimento de bloqueio intermediário;
  4. Remover a a tampa da caneta, que protege a agulha para aplicação;
  5. Destravar o gatilho no topo da caneta, girando o botão a 90 graus;
  6. Pressionar a ponta da caneta contra o músculo na parte externa da coxa e clicar no gatinho até ouvir um pequeno clique;
  7. Esperar 10 segundos antes de retirar a caneta da pele;
  8. Massagear o local da injeção por cerca de 10 segundos.

Após a aplicação, deve-se deitar com as pernas elevadas, acima da altura do coração, até o socorro chegar, ou ir imediatamente ao pronto socorro ou hospital mais próximo.

A dose normalmente indicada para adultos é de 0,3 mg de epinefrina, que é a dose de 1 caneta. Em alguns casos, uma única dose de epinefrina pode não ser suficiente para reverter os efeitos da reação alérgica, e por isso, pode ser necessário repetir a dose, utilizando outra caneta, aplicada após 10 a 15 minutos, da primeira dose, até o SAMU chegar ou a pessoa chegar até o hospital.

No hospital, é importante informar que foi utilizada a caneta de epinefrina de urgência, levando a caixa do medicamento.

Possíveis efeitos colaterais

Os principais efeitos colaterais da epinefrina incluem palpitações, aumento dos batimentos cardíacos, suor excessivo, náuseas, vômitos, dificuldade em respirar, tonturas, fraqueza, pele pálida, tremor, dor de cabeça, nervosismo, irritabilidade, ansiedade, pés e mãos frios.

No entanto, o benefício do uso deste medicamento é muito superior aos seus efeitos, já que existe risco de vida para a pessoa que está passando por uma reação alérgica grave.

Quem não deve usar

A epinefrina não deve ser usada por pessoas com hipertireoidismo, tumores da medula adrenal, endurecimento das artérias, alargamento ventricular direito, insuficiência renal, pressão intraocular alta ou glaucoma de ângulo estreito, alargamento da próstata, ou pacientes com hipersensibilidade à epinefrina, metabissulfito de sódio ou outros componentes da fórmula.

Além disso, a epinefrina deve ser usada com cautela em pessoas com arritmias cardíacas, doença coronária e do miocárdio, pressão alta, ou que tomam remédios como digoxina, diuréticos ou antiarrítmicos, pois pode causar ou piorar a angina ou arritmia ventricular.

A epinefrina deve ser aplicada somente no músculo lateral externo da perna, e não deve ser aplicado no glúteo, pois pode não exercer o efeito desejado, ou por via intravenosa, pois pode resultar em hemorragia cerebral, devido ao rápido aumento da pressão sanguínea.

Além disso, no caso de aplicação acidental na mão ou no pé, deve-se procurar o hospital mais próximo imediatamente, pois a epinefrina pode diminuir o fluxo sanguíneo dessas regiões.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em janeiro de 2023. Revisão clínica por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • AUVI-Q. Auvi-Q epinephrine injection, USP. Disponível em: <https://www.auvi-q.com/about-auvi-q>. Acesso em 15 dez 2022
  • VALEANT CANADA LP. Emerade (Sterile epinephrine solution for injection in pre filled pen). Disponível em: <https://www.primedicin.com.br/wp-content/uploads/2019/10/BULA-_EMERADE-epinephrine_PRIMEDICIN.pdf>. Acesso em 15 dez 2022
Mostrar bibliografia completa
  • DALAL, R.; GRUJIC, D. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Epinephrine. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK482160/>. Acesso em 15 dez 2022
  • DEFARMA İLAÇ SAN. E TIC. INC. Penepin 0,3 mg/mL auto injetor contendo solução de epinefrinainjetável. Disponível em: <http://www.anafilaxiabrasil.com.br/artigos-pdf/art_id_92.pdf>. Acesso em 15 dez 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.