Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Nistatina: Remédio para Candidíase

A Nistatina é um remédio antifúngico que pode ser usado para tratar a candidíase oral ou vaginal, que pode ser encontrado em forma de gotas ou pomada ginecológica, mas só deve ser usado quando indicado pelo médico. 

Este medicamento pode ser encontrado nas farmácias na forma genérica sendo conhecido apenas como Nistatina, mas também pode ser encontrado com outros nomes comerciais como Albistin, Nistax, Fungistatina, Candistatin, Canditrat, Inofungin, Nistatec e Micostatin, por exemplo. 

Nistatina: Remédio para Candidíase

Preço

Nistatina custa em média 20 a 30 reais.

Para que serve 

  • Suspensão oral: Para o tratamento da candidíase oral (sapinho), esofagiana e intestinal;
  • Creme vaginal: Para o tratamento da candidíase vaginal.

Como usar 

Para a aplicação das gotas deve-se lavar a boca de maneira adequada, incluindo a limpeza de próteses dentárias. O conteúdo deve ser mantido dentro da boca pelo maior tempo possível antes de engolir, e nos bebês deve-se aplicar metade da dose em cada lado da boca. 

Nistatina em gotas: 

  • Adultos: 5 a 10 mI, 3 ou 4 vezes por dia.
  • Prematuros e crianças de baixo peso: 1mI, 4 vezes por dia.
  • Lactentes: 1 a 2 mI, 4 vezes por dia. 
  • Crianças de peso normal:1 a 6 mI, 4 vezes por dia.

Depois de desaparecerem os sintomas deve-se manter a aplicação por mais 2 dias para evitar a recorrência. 

Nistatina creme vaginal: Introduzir a pomada na vagina com um aplicador, que equivalente a 4 g, durante 14 dias consecutivos.

Caso os sintomas não desapareçam em 14 dias deve-se retornar ao médico. 

Efeitos colaterais

Os principais efeitos colaterais de nistatina incluem násea, vômito, diarreia e dor abdominal. No caso de aplicação vaginal pode causar coceira e queimação.

Contraindicações

Nistatina em gotas não deve ser usada durante a gravidez. Também não deve usar em caso de alergia à nistatina ou aos demais componentes da fórmula. Deverá interromper o tratamento e procurar um médico imediatamente caso apresente irritação ou alergia a este medicamento. Mulheres que estão amamentando devem preferir usar o medicamento distante do horário das mamadas porque ainda não se sabe se o medicamento passa pelo leite materno. 

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar