Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como usar testosterona em gel (androgel) e para que serve

O AndroGel, ou testosterona em gel, é um gel indicado na terapia de reposição de testosterona em homens com hipogonadismo, depois de confirmada a deficiência de testosterona. Para usar este gel deve-se aplicar uma pequena quantidade na pele íntegra e seca dos braços, ombros ou região abdominal para que a pele possa absorver o produto.

Este gel só pode ser obtido nas farmácias mediante apresentação de receita médica e, por isso, o seu uso deve ser recomendado pelo médico.

Como usar testosterona em gel (androgel) e para que serve

Para que serve

O Androgel é indicado para aumentar a concentração de testosterona em homens, quando indicado pelo médico, que sofram de hipogonadismo masculino. O hipogonadismo masculino manifesta-se através de sintomas como impotência, perda do desejo sexual, fadiga e depressão.

O hipogonadismo masculino pode ocorrer quando há remoção dos testículos, torção dos testículos, quimioterapia na região genital, na síndrome de Klinefelter, deficiência do hormônio luteinizante, tumores hormonais, trauma ou radioterapia e quando a taxa de testosterona no sangue é baixa mas as gonadotrofinas está normal ou baixa.

Como usar

Após a abertura do sachê de Androgel, todo o seu conteúdo deverá ser retirado e aplicado imediatamente na pele não ferida e seca do braço, ombro ou barriga, deixando o produto secar por 3 a 5 minutos antes de se vestir e deixar atuar durante todo o dia.

Preferencialmente, o produto deve ser aplicado depois do banho, à noite, antes de dormir, para que não seja removido pelo suor do dia. O gel tende a secar em poucos minutos mas é importante lavar as mãos com água e sabão logo depois da sua aplicação.

Não se deve aplicar Androgel nos testículos e é aconselhado esperar pelo menos 6 horas após a sua aplicação para tomar banho ou entrar na piscina ou no mar.

Possíveis efeitos adversos

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Androgel são reação no local da aplicação, eritema, acne, pele seca, aumento dos glóbulos vermelhos no sangue e redução dos níveis do colesterol HDL, dor de cabeça, doenças da próstata, crescimento e dor das mamas, tonturas, sensação de formigamento, amnésia, hipersensibilidade sensorial, transtornos do humor, hipertensão, diarreia, queda de cabelo, acne e urticária.

Quem não deve usar

Este medicamento não deve ser utilizado em mulheres nem em pessoas que tenham hipersensibilidade aos componentes presentes na fórmula e pessoas com câncer de próstata ou da glândula mamária do homem.

Além disso, também não deve ser usado por grávidas e lactantes.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem