Alopurinol: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Atualizado em março 2024

Alopurinol é um remédio indicado para o tratamento da gota, pedras nos rins, ácido úrico alto e tofos gotosos, que são nódulos formados pelo acúmulo de ácido úrico na pele, nas articulações e nos tendões, pois age diminuindo os níveis de ácido úrico no sangue e na urina.

Este remédio pode ser encontrado em farmácias e drogarias, na forma de comprimidos de 100 e 300 mg, com o nome comercial Zyloric, ou como genérico sob a designação "alopurinol".

Leia também: Dieta para ácido úrico alto: o que comer e o que evitar tuasaude.com/dieta-para-acido-urico

O alopurinol não deve ser usado por mulheres grávidas e que estejam amamentando, além de ser necessário cuidados no uso desse remédio por pessoas que possuem algumas doenças e hipersensibilidades. Por isso, o alopurinol só deve ser usado sob a recomendação do nefrologista ou reumatologista.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O alopurinol é indicado para o tratamento de:

  • Gota ou artrite gotosa;
  • Ácido úrico alto;
  • Pedras nos rins formadas por ácido úrico;
  • Tofos gotosos.

Além disso, o alopurinol também pode ser usado para controlar os níveis de ácido úrico, como pode acontecer na síndrome Lesch-Nyhan e na doença de Von Gierke, doenças que causam alterações em enzimas que levam a uma produção elevada de ácido úrico no organismo.

Esse remédio age diminuindo os níveis de ácido úrico do sangue e da urina, evitando que se acumule nas articulações ou nos rins, e deve ser usado com indicação do reumatologista ou nefrologista.

Alopurinol é anti-inflamatório?

O alopurinol não é anti-inflamatório e não tem efeito para combater inflamações.

Esse remédio é um antigotoso e anti hiperuricêmico que age inibindo a xantina oxidase, uma enzima que participa da produção de ácido úrico, ajudando, assim, a diminuir o ácido úrico no sangue e na urina.

Como tomar

O comprimido de alopurinol deve tomado por via oral, após uma refeição, com um copo de água, nos horários estabelecidos pelo médico.

Geralmente, a dose inicial para adultos e crianças com mais de 10 anos é mais baixa, para evitar o surgimento de efeitos colaterais, sendo geralmente recomendada a ingestão de 100 mg de alopurinol por dia.

O aumento da dose desse remédio somente é indicado pelo médico se a dose inicial não diminuir os níveis de ácido úrico no organismo. Nesses casos, o médico pode recomendar a ingestão de até 900 mg por dia.

Leia também: 11 remédios para ácido úrico (e como usar) tuasaude.com/remedio-para-acido-urico

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com o alopurinol são náuseas, vômitos, diarreia e rash cutâneo, que é uma reação que causa o surgimento de manchas vermelhas, coceira, inchaço e dor na pele.

Embora seja mais raro, esse remédio também pode causar diabetes, insuficiência renal, dor de cabeça, sono ou pressão alta.

O alopurinol pode causar reações alérgicas graves com sintomas como dificuldade para respirar, dor muscular, fraqueza excessiva, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, urticária, febre, dor de garganta, ardor nos olhos, dor na pele, vermelhidão ou bolhas roxas ou descamação na pele.

Além disso, o alopurinol pode ainda causar hepatite que pode ser percebida através de sintomas como pele ou olhos amarelados, dor abdominal, urina escura ou fezes claras.

No caso de sintomas de reação alérgica grave ou hepatite, deve-se ir imediatamente ao pronto-socorro mais próximo. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Alopurinol emagrece?

Os possíveis efeitos colaterais com o uso do alopurinol são náuseas e vômitos, que causam sensação de desconforto no estômago e mal estar, podendo diminuir o apetite e a ingestão de alimentos, promovendo, assim, o emagrecimento.

No entanto, o alopurinol não possui efeito direto na perda de peso e, por isso, não é indicado para quem deseja emagrecer. Para emagrecer, é recomendado praticar exercícios físicos regularmente e manter uma alimentação saudável e variada. Veja algumas dicas para emagrecer de forma saudável.

Quem não deve usar

O alopurinol não deve ser usado por crianças menores de 10 anos, por mulheres grávidas ou que estejam amamentando, assim como não deve ser usado por pessoas com sensibilidade ao medicamento, como na síndrome da hipersensibilidade, síndrome de Stevens Johnson ou necrólise tóxica epidermal.

Pessoas com insuficiência renal ou hepática, precisam ingerir menores doses do alopurinol, porque esse remédio pode sobrecarregar esses órgãos, piorando o quadro de saúde, devendo ser usado somente com indicação e orientação médica.

Além disso, pessoas que estejam usando outros medicamentos, como diuréticos, anticoagulantes, amoxicilina, entre outros, devem sempre informar o médico antes de iniciar o uso do alopurinol, porque estes remédios podem interagir, reduzindo ou aumentando seus efeitos.

Leia também: Como baixar o ácido úrico: remédios, opções naturais e alimentação tuasaude.com/como-baixar-o-acido-urico-no-sangue

Vídeos relacionados