Vacina da catapora (varicela): quando tomar e efeitos colaterais

A vacina contra a catapora, também conhecida por varicela, tem como função proteger a pessoa contra o vírus da varicela, prevenindo o desenvolvimento ou evitando o agravamento da doença. Esta vacina contém o vírus da varicela-zoster atenuado, ou seja, contém o vírus vivo enfraquecido, mas que não é capaz de causar a doença, apenas estimula o organismo a produzir anticorpos contra o vírus, deixando a pessoa imune à doença.

A catapora é uma infecção contagiosa causada pelo vírus varicela-zoster, que embora seja uma doença leve em crianças saudáveis, pode ser grave em adultos e levar a complicações principalmente em pessoas com um sistema imunológico enfraquecido. Veja como a catapora é transmitida e os principais sintomas.

Vacina da catapora (varicela): quando tomar e efeitos colaterais

Como e quando se deve tomar

A vacina contra catapora está disponível nos postos de saúde, e deve ser administrada por injeção subcutânea conforme o calendário de vacinação que inclui:

  • 1ª dose: deve ser administrada em bebês com 12 meses de vida, uma dose da vacina contra varicela e uma dose da tríplice viral (caxumba, sarampo e rubéola), em administrações separadas. Ou então pode-se administrar apenas uma dose da vacina tetraviral (varíola, caxumba, sarampo e rubéola) que já contém os 4 vírus vivos enfraquecidos juntos, da varicela, caxumba, sarampo e rubéola;
  • 2ª dose: deve ser administrada uma dose da tetraviral em bebês entre os 15 meses e 24 meses de idade com um intervalo mínimo de três meses após a 1ª dose.

Em regiões com surto de catapora ou de contato com crianças ou pessoas que estejam com catapora, a vacina da varicela pode ser utilizada a partir dos 9 meses de idade. No entanto, mesmo que o bebê tenha tomado uma dose da vacina da varicela antes dos 12 meses de vida, é necessário seguir o esquema do calendário de vacinação, tomando a 1ª e a 2ª dose da vacina da varicela normalmente.

Para adolescentes que não tenham recebido as doses da vacina da catapora, devem ser administradas as duas doses com um intervalo mínimo de 4 semanas entre cada dose da vacina tríplice viral ou de 3 meses entre cada dose da vacina da catapora para crianças com menos de 13 anos ou de 1 a 2 meses nos maiores de 13 anos. A vacina tetraviral não deve ser administrada em crianças maiores de 12 anos.

Crianças que já tiveram catapora necessitam ser vacinadas?

As crianças que foram infectadas pelo vírus da varicela e que desenvolveram catapora, já se encontram imunes contra a doença, por isso não precisam de receber a vacina.

Quem não deve receber a vacina

A vacina contra a catapora não deve ser usada por pessoas com alergia a qualquer componente da vacina, pessoas com um sistema imunológico enfraquecido, que tenham recebido uma transfusão de sangue, injeção de imunoglobulina nos últimos 3 meses ou uma vacina com vírus ou bactérias vivos enfraquecidos nas últimas 4 semanas e grávidas. Além disso, mulheres que desejam engravidar, mas que tenham recebido a vacina, devem evitar a gravidez durante um mês após a vacinação.

Essa vacina também não deve ser usada em pessoas que utilizam diariamente o ácido acetilsalicílico, sendo recomendado não tomar o ácido acetilsalicílico durante 6 semanas após a vacinação.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer após a administração da vacina contra a catapora são febre, dor ou vermelhidão no local da injeção, infecções do trato respiratório superior, irritabilidade ou aparecimento de borbulhas semelhantes à varicela entre 5 e 26 dias após a vacinação.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE - SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE. Programa Nacional de Imunizações. 2003. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/livro_30_anos_pni.pdf>. Acesso em 01 Jul 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Calendário de Vacinação da SBP 2020. 2020. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22268g-DocCient-Calendario_Vacinacao_2020.pdf>. Acesso em 02 Jul 2021
  • UNICEF. Calendário Nacional de Vacinação brasileiro. 2021. Disponível em: <https://www.unicef.org/brazil/calendario-nacional-de-vacinacao-brasileiro>. Acesso em 02 Jul 2021
Mais sobre este assunto: