Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cosentyx: injeção para tratar psoríase

O Cosentyx é um medicamento injetável que tem na sua composição secuquinumabe, que é utilizado em alguns casos de psoríase em placas, moderada ou grave, para evitar o surgimento de alterações na pele e sintomas como coceira ou descamação.

Este medicamento possui na sua composição um anticorpo humano, o IgG1, que é capaz de inibir a função da proteína IL-17A, responsável pela formação das placas nos casos de psoríase.

Cosentyx: injeção para tratar psoríase

Para que serve

O Cosentyx está indicado para o tratamento da psoríase em placas, moderada a grave, em adultos que são candidatos a terapia sistêmica ou a fototerapia.

Como usar

O modo de uso do Cosentyx varia de acordo com o paciente e o tipo de psoríase e, por isso, deve ser sempre orientado por um médico com experiência e tratamento da psoríase.

1. Psoríase em placas

A dose recomendada é de 300 mg, o que equivale a duas injeções subcutâneas de 150 mg, com administração inicial nas semanas 0, 1, 2, 3 e 4, seguida por administração de manutenção mensal.

2. Artrite psoriásica

A dose recomendada em pessoas com artrite psoriática é de 150 mg, via injeção subcutânea, com administração inicial nas semanas 0, 1, 2, 3 e 4, seguida por administração de manutenção mensal.

Para pessoas com resposta inadequada a anti-TNF-alfa ou com psoríase em placas moderada a grave concomitante, a dose recomendada é de 300 mg, administrada na forma de duas injeções subcutâneas de 150 mg, com administração inicial nas semanas 0, 1, 2, 3 e 4, seguida por administração de manutenção mensal.

3. Espondilite anquilosante

Em pessoas com espondilite anquilosante, a dose recomendada é de 150 mg, administrada por injeção subcutânea, com administração inicial nas semanas 0, 1, 2, 3 e 4, seguida por administração de manutenção mensal.

Nos pacientes em que não existir melhora dos sintomas até as 16 semanas, é recomendado parar o tratamento.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento são infecções do trato respiratório superior com dor de garganta ou nariz entupido, aparecimento de aftas, diarreia, urticária e nariz escorrendo.

Caso a pessoa tenha dificuldade para respirar ou engolir, ocorra inchaço no rosto, lábios, língua ou garganta ou coceira grave na pele, com erupções vermelhas ou inchaços, deve-se ir ao médico imediatamente e interromper o tratamento.

Quem não deve usar

O Cosentyx está contraindicado para pacientes com infecção grave ativa, como tuberculose, por exemplo, assim como em paciente com hipersensibilidade ao secuquinumabe ou qualquer outro componente presente na formula.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar