Cloridrato de memantina: para que serve, como usar e efeitos colaterais

março 2022

O cloridrato de Memantina, é um medicamento de uso oral usado para melhorar a função da memória de pessoas com Alzheimer.

Este medicamento pode ser encontrado nas farmácias com nome de Ebixa.

Para que serve

O cloridrato de memantina é indicado para o tratamento de casos graves e moderados de Alzheimer.

Como usar

A dose mais comum é de 10 a 20 mg por dia. Geralmente o médico indica:

  • Iniciar com 5 mg - 1x ao dia, depois passa para 5 mg, 2 vezes por dia, a seguir 5 mg pela manhã e 10 mg à tarde, finalmente 10 mg 2 vezes por dia, que é a dose alvo. Para uma progressão segura deve-se respeitar o intervalo mínimo de 1 semana entre os aumentos de doses.

Esse medicamento não deve ser usado em crianças e adolescentes.

Possíveis Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns são: confusão mental, tontura, dor de cabeça, sonolência, fadiga, tosse, dificuldade de respirar, constipação, vômito, aumento da pressão, dor nas costas.

As reações menos comuns incluem falência cardíaca, cansaço, infecções fúngicas, confusão, alucinações, vômitos, alterações na forma de andar e coagulação sanguínea venosa como trombose e tromboembolia.

Quando não deve ser usado

Gravidez risco B, amamentação, dano renal grave. Também não é recomendado em caso de alergia ao cloridrato de memantina ou a qualquer outro componente da fórmula.

O uso desse medicamento não deve ser usado em caso de toma dos remédios: amantadina, quetamina e dextrometorfano.

Durante o uso desse remédio não é recomendado consumir bebidas alcoólicas.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em março de 2022.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.