Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Antibiótico Clindamicina

Clindamicina é a substância ativa de um medicamento anti-bactariano conhecido comercialmente como Clinagel ou Dalacin C.

Esse medicamento pode ser utilizado de forma oral, injetável, tópica ou vaginal no tratamento de infecções causadas por bactérias, como pneumonia e micoses de pele.

Indicações da Clindamicina

Infecção nas articulações; infecção na pele e dos tecidos moles (micoses); infecção intra-abdominal; infecção nos ossos; infecção pélvica em mulheres; pneumonia; septicemia.

Efeitos Colaterais da Clindamicina

Diarreia; queimação na pele; coceira na pele; pele seca; vermelhidão na pele; descamação na pele; eritema; pele oleosa; cervicite; vaginite; irritação vulvar; prurido vulvovaginal; candidíase vaginal.

Veja como combater a diarreia causada por este antibiótico.

Contraindicações da Clindamicina

Gravidez Risco C; mulheres em fases de lactação; hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula; pacientes com feridas ou queimaduras (no caso do uso tópico).

Modo de Uso da Clindamicina

Adultos

Uso Oral

  • Administrar 150 a 300 mg  de Clindamicina a cada 6 horas

Uso Tópico

  • Aplicar uma camada fina de Clindamicina sobre a área afetada, 2 vezes por dia.

Uso Vaginal

  • Aplicar Clindamicina na vagina com a ajuda do aplicador, uma vez por dia de preferência durante a noite.

Uso Injetável

  • Injetar 300 a 600 mg de Clindamicina a cada 6 ou 8 horas, ou 900 mg a cada 8 horas.
  • Crianças acima de 1 mês: Injetar 25 a 40 mg de Clindamicina por kg de peso corporal por dia, divididos em 3 ou 4 doses.
Mais sobre este assunto:


Carregando
...