Almeida Prado 46: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Atualizado em janeiro 2023

O complexo 46 da Almeida Prado é um remédio homeopático com efeito laxante, produzido a partir de plantas medicinais como o sene e erva de bicho, além do picossulfato de sódio, que age estimulando os movimentos do intestino e amolecendo as fezes, facilitando sua eliminação e aliviando a prisão de ventre.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias em frascos contendo 60 comprimidos.

Embora seja vendido sem receita médica, o complexo 46 da Almeida Prado, deve ser usado com indicação médica.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve 

O Almeida prado 46 é indicado para auxiliar no tratamento da prisão de ventre ou dificuldade em evacuar, sendo que seu efeito inicia cerca de 6 a 12 horas após tomar a dose recomendada pelo médico.

Como tomar

O Almeida prado 46 deve ser tomado por via oral, com um copo de água, 1 vez ao dia, de preferência à noite, antes de deitar.

A dose recomendada para adultos é de 1 a 2 comprimidos por dia. Essa dose pode ser aumentada para até 4 comprimidos por dia, conforme orientação médica.

O tempo de tratamento com Almeida prado 46 deve ser orientado pelo médico de acordo com a gravidade dos sintomas.

O Almeida prado 46 pode ter uso prolongado?

O Almeida prado 46, assim como outros medicamentos laxantes, não deve ser usado por tempo prolongado ou com frequência, uma vez que pode fazer com que o intestino se torne "preguiçoso" e dependente dos efeitos laxativos do remédio, funcionando apenas quando este é consumido, o que pode piorar a prisão de ventre.

Além disso, o sene contido na composição almeida prado 46, é considerado seguro quando usado por no máximo 1 semana. 

É importante consultar o gastroenterologista no caso de prisão de ventre crônica, pois pode ser causada desde alimentação podre em fibras, baixa ingestão de água, até por condições de saúde, como obstrução intestinal, danos nos nervos que controlam os movimentos do intestino ou câncer de intestino. Veja outras causas da prisão de ventre.

Possíveis efeitos colaterais 

Alguns efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com Almeida prado 46 são desconforto abdominal, cólicas intestinais ou diarreia, principalmente quando utilizado em doses maiores do que as recomendadas.

Quem não deve tomar

O Almeida prado 46 não deve ser usado por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham doenças intestinais, que apresentam desidratação grave ou que tenham alergia ao picossulfato de sódio ou qualquer outro componente da fórmula.

Além disso, esse remédio não deve ser tomado por pessoas que fizeram cirurgia recente no intestino, como no caso da cirurgia de apendicite, ou que sofram fortes dores de abdômen com náuseas e vômitos.