Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hidroxicloroquina: o que é, para que serve e efeitos colaterais

A hidroxicloroquina é um remédio indicado para tratamento da artrite reumatoide, lúpus eritematoso, afeções dermatológicas e reumáticas e também para o tratamento da malária.

Esta substância ativa é vendida comercialmente com os nomes Plaquinol ou Reuquinol, e pode ser comprada em farmácias por um preço de cerca de 65 a 85 reais, mediante apresentação de receita médica.

Hidroxicloroquina: o que é, para que serve e efeitos colaterais

Como usar

A posologia da hidroxicloroquina depende do problema a tratar:

1. Lúpus eritematoso sistêmico e discoide

A dose inicial de hidroxicloroquina é de 400 a 800 mg por dia e a dose de manutenção é de 200 a 400 mg por dia. Saiba o que é o lúpus eritematoso.

2. Artrite reumatoide e juvenil

A dose inicial é de 400 a 600 mg por dia e a dose de manutenção é de 200 a 400 mg por dia. Saiba quais os sintomas da artrite reumatoide e como é feito o tratamento.

A posologia para a artrite crônica juvenil não deve ultrapassar 6,5 mg/kg de peso por dia, até uma dose diária máxima de 400 mg.

3. Doenças fotossensíveis

A dose recomendada é de 400 mg/dia no momento inicial e depois reduzido para 200 mg ao dia. O ideal é que o tratamento seja iniciado alguns dias antes da exposição solar.

4. Malária

  • Tratamento supressivo: Em adultos, a dose recomendada é de 400 mg em intervalos semanais e em crianças, é de 6,5 mg/kg de peso corporal, semanalmente. O tratamento deve ser iniciado 2 semanas antes da exposição ou, caso não seja possível, pode ser necessário a administração de uma dose inicial de 800 mg em adultos e 12,9 mg/kg em crianças, dividida em duas tomas, com 6 horas de intervalo. O tratamento deve continuar por 8 semanas após deixar a área endêmica.
  • Tratamento da crise aguda: Em adultos, a dose inicial é de 800 mg seguida de 400 mg após 6 a 8 horas e 400 mg diários em 2 dias consecutivos ou, em alternativa, pode-se tomar uma única dose de 800 mg. Em crianças, deve-se administrar uma primeira dose de 12,9 mg/kg e uma segunda dose de 6,5 mg/kg, seis horas após a primeira dose, uma terceira dose de 6,5 mg/kg, 18 horas após a segunda dose e um quarta dose de 6,5 mg/kg, 24 horas após a terceira dose.  

A hidroxicloroquina é recomendada para o tratamento da infecção pelo coronavírus?

Depois da realização de diversos estudos científicos, concluiu-se que a hidroxicloroquina não é recomendada para o tratamento da infecção pelo novo coronavírus. Foi demonstrado recentemente, em ensaios clínicos realizados em doentes com COVID-19, que este medicamento parece não apresentar benefícios, além de aumentar a frequência de efeitos colaterais graves e a mortalidade, o que levou à suspensão temporária dos ensaios clínicos que estavam a decorrer em alguns países, com o medicamento.

Porém, os resultados destes ensaios estão a ser analisados, de forma a perceber a metodologia e a integridade dos dados, e até que a segurança do medicamento seja reavaliada. Saiba mais sobre os resultados dos estudos feitos com a hidroxicloroquina e outros remédios contra o novo coronavírus.

De acordo com a Anvisa, a compra de hidroxicloroquina na farmácia continua a ser permitida, mas apenas para pessoas com receitas médicas para as doenças acima referidas e outras condições que eram indicação do medicamento antes da pandemia de COVID-19. A automedicação pode trazer consequências graves para a saúde, por isso, antes de se tomar qualquer medicamento deve-se falar com um médico.

Quem não deve usar

A hidroxicloroquina não deve ser usada por pessoas com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes presentes na fórmula, com retinopatias pré-existentes ou que tenham menos de 6 anos de idade.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso deste medicamento são anorexia, dor de cabeça, distúrbios de visão, dor abdominal, náuseas, diarreia, vômitos, erupção cutânea e coceira.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem