Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cortisona: o que é, para que serve e nomes de remédios

A cortisona, também conhecida por corticosteroide, é um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais, que exerce ação anti-inflamatória, sendo, por isso, muito utilizada no tratamento de problemas crônicos como asma, alergias, artrite reumatoide, lúpus, casos de transplante de rim ou problemas dermatológicos, por exemplo.

Existem vários tipos de corticoides, que são utilizados de acordo com cada problema e que incluem:

Cortisona: o que é, para que serve e nomes de remédios

1. Corticoides tópicos

Os corticoides tópicos podem ser encontrados em creme, pomada, gel ou loção, e são geralmente utilizados para tratar reações alérgicas ou doenças na pele, como dermatite seborreica, dermatite atópica, urticária ou eczema.

Nomes de remédios: alguns exemplos de corticoides utilizados na pele, são a hidrocortisona, betametasona, mometasona ou dexametasona.

2. Corticoides orais em comprimido

Os comprimidos ou soluções orais são geralmente utilizadas no tratamento de várias doenças endócrinas, osteomusculares, reumáticas, do colágeno, dermatológicas, alérgicas, oftálmicas, respiratórias, hematológicas, neoplásicas e outras.

Nomes de remédios: alguns exemplos de remédios disponíveis em comprimido são a prednisona ou o deflazacorte.

3. Corticoides injetáveis

Os corticoides injetáveis estão indicados para o tratamento de casos de alterações osteomusculares, condições alérgicas e dermatológicas, doenças do colágeno, tratamento paliativo de tumores malignos, entre outros.

Nomes de remédios: alguns exemplos de remédios injetáveis são a dexametasona e a betametasona.

4. Corticoides inalatórios

Os corticoides usados por inalação são dispositivos usados no tratamento de asma, doença pulmonar obstrutiva crônica e outras alergias respiratórias.

Nomes de remédios: alguns exemplos de corticoides inalatórios são a fluticasona e a budesonida.

5. Corticoides em spray nasal

Os corticoides em spray servem para tratar a rinite e congestão nasal intensa.

Nomes de remédios: Alguns exemplos de remédios para tratar a rinite e congestão nasal são a fluticasona, mometasona.

6. Corticoides em colírio

Os corticoides em colírio devem ser aplicados no olho, no tratamento de problemas oftálmicos, como conjuntivite ou uveíte, por exemplo, reduzindo a inflamação, irritação e vermelhidão.

Nomes de remédios: Alguns exemplos de corticoide em colírio são a prednisolona ou a dexametasona.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais dos corticoides são mais comuns em casos de uso prolongado e incluem:

  • Cansaço e insônia;
  • Aumento dos níveis de açúcar no sangue;
  • Alterações no sistema imunológico, podendo diminuir a habilidade do organismo para combater infecções;
  • Agitação e nervosismo;
  • Aumento do apetite;
  • Má digestão;
  • Úlcera no estômago;
  • Inflamação do pâncreas e esófago;
  • Reações alérgicas locais;
  • Catarata, aumento da pressão intraocular e olhos salientes.

Conheça outros efeitos colaterais causados pelos corticoides.

Quem não deve usar

O uso de corticoesteroides está contraindicado para pessoas com hipersensibilidade à substância e outros componentes que estejam presentes nas fórmulas e em pessoas com infecções fúngicas sistêmicas ou infecções não controladas.

Além disso, os corticoides devem ser usados com cautela em pessoas com hipertensão, insuficiência cardíaca, insuficiência renal, osteoporose, epilepsia, úlcera gastroduodenal, diabetes, glaucoma, obesidade ou psicose, devendo ser utilizados apenas sob orientação do médico, nestes casos.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem