Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Femproporex (Desobesi-M): para que serve, como tomar e efeitos colaterais

O femproporex é a substância ativa do remédio Desobesi-M, indicado para o tratamento da obesidade, que age diretamente no centro que regula o apetite no cérebro, diminuindo a fome, além de causar uma alteração do paladar e do cheiro, o que leva à diminuição da ingestão de alimentos, facilitando o emagrecimento.

Esse remédio foi retirado do mercado em 2011 pela ANVISA, devido a falta de estudos científicos que comprovem sua eficácia na redução de peso e pelo risco de desenvolvimento de sérios efeitos colaterais, como problemas cardíacos ou psiquiátricos.

Por esse motivo, o Desobesi-M já não é mais produzido pelo laboratório Aché, não existindo previsão de ser novamente disponibilizado para venda.

Femproporex (Desobesi-M): para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Para que serve

O femproporex é indicado para o tratamento da obesidade em adultos devido sua ação no cérebro que causa redução do apetite e diminuição dos sentidos de sabor e odor, o que leva a pessoa a diminuir a ingestão de alimentos, levando à perda de peso.

Como tomar

A dose recomendada do femproporex é de 1 cápsula de 25 mg por dia, tomada por via oral, de manhã, por volta das 10 horas. No entanto, o horário e a dose podem ser adaptadas pelo médico de acordo com cada caso.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com femproporex são vertigem, tremor, irritabilidade, agitação, fraqueza excessiva, tensão, insônia, confusão mental, ansiedade, dor de cabeça, boca seca ou gosto metálico na boca.

Além disso, podem também ocorrer calafrios, palidez ou rubor das faces, palpitação, arritmia cardíaca, dor no peito, hipertensão ou hipotensão, colapso circulatório, náusea, vômito, diarréia, cãibras abdominais e alteração do desejo sexual. O uso prolongado pode causar dependência ou tolerância.

Quem não deve tomar

O femproporex não deve ser usado por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas com alergia a qualquer um dos componentes da fórmula, ou que tenham problemas psiquiátricos, epilepsia, alcoolismo crônico, problemas cardiovasculares como pressão alta, ou hipotireoidismo, glaucoma, alterações extrapiramidais, ou com história de abuso de drogas.

Além disso, o uso do femproporex em pacientes com hipertensão leve, doença renal, personalidade instável ou diabetes só deve ser feito sob orientação médica.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PAUMGARTTEN, F. J.; PEREIRA, S. S.; DE OLIVEIRA, A. C. Safety and efficacy of fenproporex for obesity treatment: a systematic review. Rev Saude Publica. 50. 25; 1-12, 2016
  • MARIOTTI, K. C.; et al. Amphetamine-type medicines: a review of pharmacokinetics, pharmacodynamics, and toxicological aspects. Curr Clin Pharmacol. 2013 Nov;8(4):. 8. 4; 350-7, 2013
  • HALPERN, A.; MANCINI, M. C. Diabesity: are weight loss medications effective?. Treat Endocrinol. 4. 2; 65-74, 2005
  • MUSSHOFF, F. Illegal or legitimate use? Precursor compounds to amphetamine and methamphetamine. Drug Metab Rev. 32. 1; 15-44, 2000
  • ACHÉ LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS S.A. Desobesi-M (cloridrato de femproporex). Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/desobesim.pdf>. Acesso em 01 Jul 2021
Mais sobre este assunto:

Carregando
...