Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Lorazepam

Lorazepam é um medicamento tranqüilizante conhecido comercialmente como Lorax.

Esse medicamento de uso oral age sobre o sistema nervoso centralalterando o funcionamento de neurotransmissores, desta forma diminui a ansiedade e os transtornos do sono.

Indicações do Lorazepam

Ansiedade; insônia; estados de tensão; nervosismos; convulsões.

Efeitos colaterais do Lorazepam

Tontura; sedação; ataxia; alterações na memória; alterações na fala; dor de cabeça; fadiga; visão turva; boca seca; diarreia; náusea;  vômito; alterações do apetite; insónia; ansiedade; depressão; agressividade ; taquicardia ; dor torácica; depressão respiratória; hiperventilação; nariz entupido; elevações das enzimas hepáticas; redução da libido.

Contraindicações do Lorazepam

Gravidez risco D; mulheres em fase de lactação; crianças menores de 12 anos; indivíduos com hipotensão; indivíduos com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula.

Modo de uso do Lorazepam

Uso oral

Adultos

  • Ansiedade: Iniciar o tratamento com 2 a 3 mg de Lorazepam diariamente. Manter o tratamento com 1 mg. Dose máxima: 10 mg.
  • Insônia: Administrar 1 a 2 mg de Lorazepam em dose única, de preferência antes de deitar.
Mais sobre este assunto:


Carregando
...