Para que serve e como usar Vicks VapoRub

Revisão clínica: Mafalda Abreu
Farmacêutica
outubro 2020

O Vicks Vaporub é um bálsamo que contém na sua fórmula mentol, cânfora e óleo de eucalipto que relaxam os músculos e acalmam os sintomas de resfriado, como congestão nasal e tosse, ajudando a recuperar mais rápido.

Por conter cânfora, este bálsamo não deve ser usado em crianças com menos de 2 anos ou por pessoas com problemas respiratórios, como asma, pois as vias respiratórias estão mais sensíveis e podem inflamar, dificultando a respiração.

Este remédio é produzido pelo laboratório Procter & Gamble e pode ser comprado nas farmácias convencionais sob a forma de frascos com 12, 30 ou 50 gramas.

Para que serve

O Vicks Vaporub está indicado para aliviar a tosse, a congestão nasal e o mal-estar que surge em caso de gripes e resfriados.

Como usar

É recomendado aplicar uma camada fina, 3 vezes ao dia:

  • No peito, para acalmar a tosse;
  • No pescoço, para aliviar a congestão nasal e facilitar a respiração;
  • Nas costas, para acalmar o mal-estar muscular

Além disso, o Vicks Vaporub também pode ser usado como inalante. Para isso, deve-se colocar 2 colheres de chá do produto numa vasilha com meio litro de água quente e inalar o vapor por cerca de 10 a 15 minutos, repetindo conforme necessário.

Este produto não deve ser usado em crianças com menos de 2 anos. Em crianças com idade compreendida entre 2 e 6 anos deve-se falar com o médico antes de usar o medicamento.

Principais efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns incluem vermelhidão e irritação da pele, irritação dos olhos e hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Quem não deve usar

O Vicks Vaporub está contraindicado em crianças com menos de 2 anos de idade e pessoas com alergia a qualquer componente da fórmula.

Além disso, deve ser usado com cuidado em pessoas com problemas respiratórios, grávidas e em crianças entre os 2 e os 6 anos.

Veja algumas formas naturais para aliviar a tosse.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em outubro de 2020. Revisão clínica por Mafalda Abreu - Farmacêutica, em setembro de 2018.
Revisão clínica:
Mafalda Abreu
Farmacêutica
Ex-colaboradora formada pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, em 2013 e membro nº19685 da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.