Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como funciona a Maracugina

A Maracugina é um medicamento natural, que tem na sua composição extratos das plantas medicinais Passiflora alata, Erythrina mulungu e Crataegus oxyacantha, no caso dos comprimidos e extrato seco de Passiflora incarnata L. no caso da solução, ambos com propriedades sedativas e calmantes, que ajuda a pessoa a dormir melhor.

Este remédio está disponível em comprimidos e solução oral, que podem ser comprados em farmácias, por um preço de cerca de 30 a 40 reais.

O que é e como funciona a Maracugina

Para que serve e como funciona

A Maracugina é um medicamento indicado no tratamento dos estados de nervosismo, estresse, distúrbios do sono, ansiedade com palpitações cardíacas e distúrbios gastrintestinais associados ao nervosismo, devido à presença de ativos com propriedades sedativas e calmantes, que atuam no sistema nervoso central.

A Maracugina faz efeito em quanto tempo?

Os sinais de melhora podem ocorrer num prazo variável de alguns dias, após o início do tratamento.

Como usar

A posologia depende da forma farmacêutica que se pretende utilizar:

1. Comprimidos

A dose recomendada é de 1 a 2 comprimidos, 3 vezes ao dia, após as refeições, durante o período de tempo determinado pelo médico, que não deve exceder 3 meses de tratamento.

2. Solução oral

A dose recomendada é de 5 mL, 4 vezes ao dia, não se devendo ultrapassar os 3 meses de tratamento.

Possíveis efeitos colaterais

Geralmente, o medicamento é bem tolerado e raramente ocorrem reações adversas. Algumas das reações adversas raras que se podem manifestar são náuseas, vômitos, dor de cabeça, diminuição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos.

A Maracugina dá sono?

É muito provável que a Maracugina provoque sonolência, por isso, a pessoa deve evitar dirigir veículos ou operar máquinas, já que a habilidade e a atenção podem ficar reduzidas.

Quem não deve usar

Este medicamento é contra-indicado para pessoas com hipersensibilidade aos componentes presentes na fórmula, menores de 12 anos, grávidas e lactantes.

Além disso, este medicamento também não deve ser usado durante o tratamento com medicamentos, como betametasona, hidrocortisona, dexclorfeniramina, varfarina, heparina e alguns antidepressivos, por isso, o médico deve ser informado acerca de qualquer medicamento que a pessoa esteja a tomar antes de iniciar a Maracugina.

Assista também o vídeo seguinte e conheça outros calmantes naturais que ajudam a diminuir a ansiedade:

Calmantes naturais: Melhores plantas para Ansiedade

13 mil visualizações

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem