Tobramicina (Tobrex): para que serve e como usar

A tobramicina é um remédio antibiótico indicado para o tratamento de infecções no olhos causadas por bactérias, como a conjuntivite, a ceratite ou a ceratoconjuntivite, pois age impedindo o crescimento das bactérias. 

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de colírio ou pomada oftalmológica, com o nome de referência Tobrex, mas também pode ser encontrado com os nomes similares Tobracular, Tobranom ou Tobracin, por exemplo. 

A tobramicina pode ser usada por adultos ou crianças com mais de 2 meses de idade e deve ser utilizada somente com indicação do oftalmologista, nas doses e pelo tempo de tratamento orientados pelo médico.

Tobramicina (Tobrex): para que serve e como usar

Para que serve

A tobramicina é um antibiótico indicado para o tratamento de infecções provocadas por bactérias nos olhos. Assim as principais indicações da tobramicina são:

  • Conjuntivite;
  • Blefarite;
  • Blefaroconjuntivite;
  • Ceratite;
  • Ceratoconjuntivite;
  • Dacriocistite.

O uso da tobramicina deve ser orientado pelo médico com doses individualizadas de acordo com o tipo de infecção bacteriana no olho e a gravidade da condição a ser tratada.

É importante ressaltar que a tobramicina somente age contra bactérias, e não trata infecções nos olhos causadas por vírus ou fungos.

Como usar

A tobramicina deve ser aplicada no olho e não deve ser ingerida ou injetada, e também não se deve estar usando lentes de contato. 

Antes de usar a tobramicina é importante lavar as mãos com sabão neutro e água, antes de aplicar as gotas ou a pomada no olho afetado.

A forma de uso da tobramicina depende da apresentação e inclui:

1. Tobramicina colírio

A tobramicina na forma de colírio oftálmico deve ser usada somente no olho afetado. É importante evitar o contato do frasco do colírio com os olhos para não contaminar a solução. 

As doses normalmente recomendadas do colírio de tobramicina são:

  • Infecções oculares leves a moderadas: a dose normalmente recomendada é de 1 a 2 gotas do colírio de tobramicina, no olho afetado, a cada 4 horas;
  • Infecções oculares graves: a dose normalmente recomendada é de 2 gotas do colírio de tobramicina, no olho afetado, de hora em hora, até ser notada melhora. Após verificar a melhoria dos sintomas, as gotas devem ser aplicadas a cada 4 horas, conforme orientação do oftalmologista.

A dose da tobramicina colírio deve ser reduzida aos poucos, de acordo com a resposta ao tratamento, sob supervisão do oftalmologista.

Para aplicar o colírio de tobramicina, deve-se inclinar a cabeça ligeiramente para trás e puxar a pálpebra inferior para baixo, para formar uma pequena bolsa. Em seguida, deve-se segurar o frasco do colírio acima do olho com a ponta voltada para baixo, olhar para cima e apertar o frasco para que a gota caia no olho afetado.

Após aplicar o colírio de tobramicina, deve-se fechar o olho por 1 a 2 minutos, sem piscar e pressionar o dedo suavemente sobre o canto interno do olho, para evitar que o colírio escorra para o canal lacrimal.

No caso da dose recomendada pelo médico ser de mais de 1 gota, deve-se aguardar cerca de 5 minutos entre a aplicação das gotas. 

O colírio de tobramicina deve ser armazenado em temperaturas entre 15º a 30ºC, e após aberto tem a validade de 28 dias, devendo ser descartado após esse período.

2. Tobramicina pomada

A pomada oftalmológica de tobramicina deve ser usada somente no olho afetado. É importante evitar o contato do tubo da pomada com os olhos para não contamina-la. 

As doses normalmente recomendadas da pomada de tobramicina são:

  • Infecções oculares leves a moderadas: a dose normalmente recomendada é de 1 centímetro da pomada de tobramicina, no olho afetado, 2 a 3 vezes por dia;
  • Infecções oculares graves: a dose normalmente recomendada é de 1 centímetro da pomada de tobramicina, no olho afetado, a cada 3 ou 4 horas, até ser notada melhora. Após verificar a melhoria dos sintomas, o oftalmologista pode reduzir o número de aplicações da pomada.

A dose da tobramicina pomada deve ser reduzida aos poucos, de acordo com a resposta ao tratamento, sob supervisão do oftalmologista.

Para aplicar a pomada de tobramicina, deve-se inclinar a cabeça ligeiramente para trás e puxar a pálpebra inferior para baixo, para formar uma pequena bolsa. Em seguida, deve-se segurar o tubo da pomada acima do olho com a ponta voltada para baixo apontando para a pequena bolsa formada, olhar para cima e apertar o tubo para que a pomada seja aplicada no olho afetado.

Após aplicar a pomada de tobramicina, deve-se piscar o olho suavemente e fechar o olho por 1 a 2 minutos. Quando se abre o olho em seguida, a visão pode ficar turva ou embaçada por um curto período de tempo, o que é considerado normal por causa da pomada.

A pomada de tobramicina deve ser armazenada em geladeira, em temperaturas entre 2º a 8ºC, sendo aconselhado não guardar na porta da geladeira, pois ao abrir e fechar a porta constantemente, pode causar variações de temperatura na pomada. Após aberta, a pomada de tobramicina tem a validade de 28 dias, devendo ser descartada após esse período.

Possíveis efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer nos olhos durante o tratamento com a tobramicina são coceira, vermelhidão, ardor, sensação de picada, irritação, inchaço nas pálpebras, visão embaçada ou maior sensibilidade à luz e claridade.

A tobramicina também pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como coceira no corpo, dificuldade para respirar, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.  

Quem não deve usar

A tobramicina não deve ser utilizada por recém-nascidos com menos de 2 meses de idade, por mulheres grávidas ou em amamentação.

Esse remédio também não deve ser usado por pessoas que tenham alergia à tobramicina ou outros antibióticos como gentamicina, amicacina, neomicina, estreptomicina ou vancomicina, por exemplo. 

Além disso, a tobramicina não deve ser aplicada se a pessoa usar lente de contato, devendo-se evitar o uso das lentes durante o tratamento.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • BIOSINTÉTICA FARMACÊUTICA LTDA. Tobramicina solução oftalmológica 0,3%. Disponível em: <https://drogariaeconomais.com.br/BACKOFFICE/Uploads/Bula/7896181909613.PDF>. Acesso em 11 Jan 2022
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Tobrex 3mg/g pomada oftálmica de tobramicina. 2020. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-TOBREX-Pomada-Oftalmica-Esteril-Medico.pdf>. Acesso em 11 Jan 2022
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Tobrex 3mg/mL solução oftálmica de tobramicina. 2020. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-TOBREX-Solucao-Oftalmica-Esteril-Medico.pdf>. Acesso em 11 Jan 2022
  • DRUGS.COM. Tobramycin ophthalmic. 2021. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/tobramycin-ophthalmic.html>. Acesso em 11 Jan 2022
Mais sobre este assunto: