Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Molnupiravir: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
dezembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como tomar
  3. Cuidados
  4. Efeitos colaterais
  5. Contra-indicações

O molnupiravir é um antiviral indicado para o tratamento da COVID-19 leve a moderada em adultos infectados que não estão hospitalizados, mas que possuem um risco elevado de desenvolver infecção grave.

Esse remédio age inibindo a replicação do coronavírus, combatendo a infecção, sendo que o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível após a realização do teste de COVID-19 e avaliação médica, até no máximo o 5º dia após o início dos sintomas.

O molnupiravir é aprovado pela ANVISA para uso do tratamento da COVID-19 e pode ser comprado em farmácias ou hospitais particulares, com o nome Lagevrio, vendido somente mediante apresentação de prescrição médica e retenção da receita pela farmácia.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O molnupiravir é indicado e aprovado pela ANVISA para o tratamento da COVID-19 em adultos com mais de 18 anos infectados pelo SARS-CoV-2 que não estão hospitalizados, mas que possuem alto risco de desenvolver infecção grave, incluindo risco de hospitalização ou óbito.

Esse remédio possui cápsulas opacas de cor laranja, contendo 200 mg de molnupiravir, em caixas com 40 comprimidos.

Como tomar

O molnupiravir deve ser tomado por via oral, com um copo de água, antes ou após uma refeição, sendo que a dose recomendada do molnupiravir para adultos com mais de 18 anos é de 800 mg, o que corresponde a 4 cápsulas de 200 mg, tomadas de 12 em 12 horas, durante 5 dias.

O tratamento com o molnupiravir deve ser iniciado o mais rápido possível após o resultado positivo do teste de COVID-19, e entre o 1º e 5º dia do início dos sintomas da COVID-19, que é a fase em que a carga viral está mais alta.

As cápsulas de molnupiravir não devem ser partidas, abertas ou mastigadas.

O que fazer se esquecer de tomar?

No caso de se esquecer de tomar uma dose na hora certa, tomar assim que lembrar se o esquecimento for no período de até 10 horas do horário habitual. 

Após 10 horas de esquecimento, deve-se pular a dose esquecida e aguardar o próximo horário de tomar. Não dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

Cuidados durante o tratamento

Durante o tratamento com o molnupiravir, alguns cuidados são importantes como: 

  • Tomar as cápsulas nos horários corretos, conforme orientado pelo médico;
  • Não interromper o tratamento por conta própria, sem orientação médica;
  • Utilizar métodos contraceptivos seguros e preservativo durante o tratamento com molnupiravir e até 4 dias após o tratamento, no caso de mulheres, pois o molnupiravir pode causar danos no feto;
  • Usar preservativo durante o tratamento e por pelo menos 3 meses após a última dose do molnupiravir, no caso de homens, pois não são conhecidos os efeitos desse remédio no esperma;
  • Comunicar ao médico imediatamente se engravidar durante o tratamento com o molnupiravir;
  • Interromper a amamentação durante o tratamento com molnupiravir e até 4 dias após a última dose, uma vez que não se sabe os efeitos que podem ter no bebê.

Além disso, é importante que a pessoa permaneça em isolamento para evitar a transmissão da COVID-19 para outras pessoas, usar máscara e álcool gel. Veja outros cuidados para evitar a transmissão da COVID-19.  

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com o molnupiravir são náuseas, diarreia ou tonturas.

Além disso, o molnupiravir também pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como batimentos cardíacos rápidos, dificuldade para respirar, rouquidão, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, bolhas na pele ou urticária. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Quem não deve usar

O molnupiravir não deve ser usado nas seguintes situações:

  • Crianças ou adolescentes menores de 18 anos, pois pode afetar os ossos e as cartilagens em desenvolvimento;
  • Gravidez suspeita ou confirmada, devendo ser feito um teste de gravidez antes do início do tratamento;
  • Amamentação;
  • Início de tratamento de pessoas já hospitalizadas com COVID-19;
  • Prevenção da COVID-19;
  • Utilização por mais de 5 dias de tratamento.

Além disso, o molnupiravir não deve ser usado por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em dezembro de 2022.

Bibliografia

  • WEN, W.; et al. Efficacy and safety of three new oral antiviral treatment (molnupiravir, fluvoxamine and Paxlovid) for COVID-19: a meta-analysis. Ann Med. 54. 1; 516-523, 2022
  • JAYK BERNAL, A.; et al. Molnupiravir for Oral Treatment of Covid-19 in Nonhospitalized Patients. N Engl J Med. 386. 6; 509-520, 2022
Mostrar bibliografia completa
  • MERCK SHARP & DOHME (UK) LIMITED. Lagevrio 200 mg hard capsules molnupiravir. 2021. Disponível em: <https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1030415/PIL_Lagevrio.pdf>. Acesso em 28 dez 2022
  • MERCK SHARP & DOHME LLC. FACT SHEET FOR HEALTHCARE PROVIDERS: EMERGENCY USE AUTHORIZATION FOR LAGEVRIO™ (molnupiravir) CAPSULES. Disponível em: <https://www.merck.com/eua/molnupiravir-hcp-fact-sheet.pdf>. Acesso em 28 dez 2022
  • SINGH, A. K.; et al. Molnupiravir in COVID-19: A systematic review of literature. Diabetes Metab Syndr. 15. 6; 102329, 2021
  • ANVISA. Anvisa aprova venda do medicamento Lagevrio (molnupiravir) em farmácias. 22/dez/2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/anvisa-aprova-venda-do-medicamento-lagevrio-molnupiravir-em-farmacias>. Acesso em 28 dez 2022
  • EUROPEAN MEDICINE AGENCY. Lagevrio (molnupiravir) . Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/referral/lagevrio-also-known-molnupiravir-mk-4482-covid-19-article-53-procedure-conditions-use-conditions_en.pdf>. Acesso em 28 dez 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • VACINA DO CORONAVÍRUS É SEGURA? com Dr. Esper Kallas

    15:38 | 109339 visualizações
  • O que é a SÍNDROME PÓS-COVID-19?

    04:34 | 32693 visualizações
  • Como lavar as mãos do jeito certo | com Drauzio Varella

    05:00 | 50781 visualizações
  • CORONAVÍRUS: o que é, sintomas e como se proteger

    03:46 | 86072 visualizações