Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ceftriaxona: para que serve e como tomar

A Ceftriaxona é um antibiótico, semelhante à penicilina, que é usado para eliminar o excesso de bactérias que podem causar infecções como:

  • Meningite;
  • Infecções abdominais;
  • Infecções dos ossos ou articulações;
  • Pneumonia;
  • Infecções da pele e dos tecidos moles
  • Gonorreia, que é uma doença sexualmente transmissível.

Além disso, também pode ser utilizada para ajudar a prevenir infecções depois de uma cirurgia em doentes com chances de desenvolver infeções urinárias, gastrointestinal ou após uma cirurgia cardiovascular.

Ceftriaxona: para que serve e como tomar

Preço e onde comprar

Este medicamento, pode ser comercialmente vendido com os nomes Rocefin, Ceftriax, Triaxin ou Keftron em forma de ampola para injeção, que deve ser aplicada pelo enfermeiro ou médico, com o preço médio de 70 reais.

Como usar

A Ceftriaxona é aplicada através de uma injeção no músculo ou dada pela veia e a quantidade de remédio depende do tipo e da gravidade da infecção e do peso do paciente. Assim:

  • Adultos e crianças com mais de 12 anos ou que pesam mais de 50 kg: normalmente 1 a 2 g uma vez por dia no músculo;
  • Recém-nascidos até 15 dias: normalmente 20-50 mg por cada kg de peso corporal por dia, injectado numa veia;
  • Crianças com idade entre 15 dias e 12 anos com peso inferior a 50 kg: deve-se aplicar 20-80 mg por cada kg de peso por dia, através da veia.

​​A aplicação de Ceftriaxona deve ser sempre realizada por um enfermeiro ou médico.

Possíveis efeitos colaterais

A Ceftriaxona pode provocar náuseas, diarreia, vômitos, inflamação da boca e da língua, erupção cutânea com comichão e retenção de líquidos.

Quem não deve usar

Este medicamento está contraindicado para pacientes que têm alergia à ceftriaxona, penicilina ou hipersensibilidade a qualquer outro antibiótico do tipo das cefalosporinas. Além disso, mulheres grávidas só podem tomar se não houver outra opção de tratamento disponível.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...