Sertralina (Zoloft): para que serve, como usar e efeitos colaterais

Revisão médica: Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
maio 2022

A sertralina é um antidepressivo que aumenta os níveis de serotonina no cérebro, um neurotransmissor responsável pela regulação do humor e bem estar, sendo, por isso, indicado para tratar depressão, síndrome do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, fobia social ou estresse pós-traumático.

Além disso, esse medicamento também pode ser indicado para aliviar os sintomas do transtorno disfórico pré-menstrual, como irritabilidade, inchaço e alterações de humor.

A sertralina, conhecida também como cloridrato de sertralina, pode ser comprada, somente com receita médica, em farmácias e drogarias, com os nomes comerciais de Assert, Sercerin, Serenata, Tolrest ou Zoloft, por exemplo, e deve ser tomada de acordo com a orientação e acompanhamento de um médico.

Para que serve

A sertralina age no sistema nervoso central aumentando os níveis de serotonina no cérebro, que é um neurotransmissor conhecido como “hormônio da felicidade”, porque ajuda a equilibrar o humor, o sono, a ansiedade e a depressão. Conheça mais sobre a serotonina.

Devido às suas propriedades, a sertralina é indicada para o tratamento das seguintes situações:

  • Depressão;
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC);
  • Síndrome do pânico, com ou sem agorafobia;
  • Fobia social.

Além disso, a sertralina também pode ser indicada para aliviar sintomas da síndrome da tensão pré-menstrual e/ou do transtorno disfórico pré-menstrual.

Como usar

A sertralina deve ser indicada por um médico, sendo que a dose e o tempo de uso desse medicamento varia de acordo com a condição a ser tratada.

Em adultos, em caso de depressão ou transtorno obsessivo compulsivo, o tratamento geralmente é iniciado com a ingestão de 50 mg, 1 vez por dia. Já em crianças entre 6 e 12 anos, a sertralina é utilizada somente nos casos de transtorno obsessivo compulsivo, sendo que a recomendação inicial é de 25 mg por dia, por exemplo. No entanto, a dose pode ser gradualmente aumentada pelo psiquiatra para até 200 mg/dia, de acordo com a orientação médica.

Os comprimidos de sertralina devem ser tomados com 1 copo de água e podem ser tomados junto ou separados das refeições.

Em casos de esquecimento, deve-se tomar esse remédio assim que lembrar e, depois, continuar a tomar no horário habitual. Se estiver muito perto da hora da próxima tomada, deve-se pular a dose esquecida e tomar somente a próxima. Além disso, não é recomendado tomar 2 doses ao mesmo tempo para tentar compensar a dose esquecida. Em caso de dúvida, deve-se consultar o médico responsável pelo tratamento.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns efeitos colaterais que podem surgir durante o tratamento com sertralina são boca seca, tontura, diarreia, aumento da fome, perda do apetite, prisão de ventre, má digestão, náusea, falta de apetite, insônia, sonolência, dor de cabeça e alteração da função sexual, como dificuldade de ereção, perda ou atraso na ejaculação, em homens, e diminuição do desejo sexual e dificuldade ou atraso no orgasmo, nas mulheres.

Além disso, alguns efeitos colaterais graves que podem surgir com o uso da sertralina incluem convulsões, hematomas e sangramentos incomuns, alucinações, febre, calafrios, alteração nos batimentos do coração, perda da coordenação motora, urticária e dificuldade para respirar. Nestes casos, é fundamental procurar um atendimento médico de urgência.

O uso da sertralina nos últimos meses de gravidez pode aumentar o risco de hemorragias após o parto e problemas respiratórios no recém-nascido, como dificuldades para respirar e comer, vômitos e alterações na temperatura corporal. Além disso, a sertralina também pode passar para o leite materno, podendo causar irritabilidade, sonolência, cólicas e perda do apetite no bebê.

Sertralina emagrece ou engorda?

Alguns dos efeitos colaterais do uso da sertralina é a perda da fome ou o aumento do apetite. Por isso, esse medicamento pode causar a alteração do peso corporal em algumas pessoas, podendo emagrecer ou engordar durante o tratamento. Entenda como a sertralina pode causar alteração no peso corporal.

Quem não deve usar

A sertralina está contraindicada para crianças com menos de 6 anos de idade e para pessoas com alergia à sertralina ou a outros componentes de sua fórmula. Além disso, deve ser usado com cuidado por pessoas que estejam tomando remédios chamados de inibidores da enzima monoaminoxidase (IMAO), como moclobemida ou selegilina, por exemplo.

Pessoas com diabetes devem manter a glicemia sob controle durante o tratamento com este medicamento e quem sofre com glaucoma de ângulo fechado deve ser acompanhado pelo médico.

Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas e suco de toranja, ou grapefruit, não é indicado durante o uso da sertralina, porque podem alterar o efeito do medicamento.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022. Revisão médica por Dr. Gonzalo Ramirez - Clínico Geral e Psicólogo, em maio de 2022.

Bibliografia

  • NHS. Medicines a to z: sertraline. Disponível em: <https://www.nhs.uk/medicines/sertraline/>. Acesso em 22 abr 2022
  • NIH: NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE. Drugs, herbs and supplements: sertraline. Disponível em: <https://medlineplus.gov/druginfo/meds/a697048.html>. Acesso em 22 abr 2022
Mostrar bibliografia completa
  • EUROPEAN MEDICINES AGENCY. Perguntas e respostas relativas ao procedimento de consulta sobre o Zoloft . 2009. Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/referral/questions-answers-referral-zoloft-hard-capsules-film-coated-tablets-containing-25-mg-50-mg-100-mg/ml-sertraline_pt.pdf>. Acesso em 22 abr 2022
Revisão médica:
Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
Clínico geral pela UPAEP com cédula profissional nº 12420918 e licenciado em Psicologia Clínica pela UDLAP nº 10101998.

Tuasaude no Youtube

  • Depressão na Adolescência · como identificar

    09:43 | 39689 visualizações