Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Ácido tranexâmico: o que é, para que serve e como usar

Fevereiro 2021

O ácido tranexâmico é uma substância que inibe a ação de uma enzima conhecida como plasminogênio, que normalmente se liga aos coágulos para destruí-los e impedir que formem uma trombose, por exemplo. No entanto, em pessoas com doenças que tornam o sangue muito fino, o plasminogênio também pode impedir a formação de coágulos durante cortes, por exemplo, tornando difícil estancar a hemorragia.

Além disso, esta substância também parece impedir a produção normal de melanina e, por isso, pode ser usada para clarear algumas manchas da pele, especialmente no caso de melasma.

Devido à sua dupla ação, esta substância pode ser encontrada sob a forma de comprimidos, para impedir hemorragias, ou na forma de creme, para ajudar a clarear manchas. Pode ainda ser usado sob a forma de injetável no hospital, para corrigir emergências relacionadas com sangramentos excessivos.

Ácido tranexâmico: o que é, para que serve e como usar

Para que serve

Esta substância está indicada para:

  • Reduzir o risco de hemorragia durante cirurgias;
  • Clarear melasmas e manchas escuras na pele;
  • Tratar hemorragias associadas a fibrinólise excessiva.

O uso desta substância na forma de comprimidos para tratar ou evitar o surgimento de hemorragias só deve ser feito após indicação de um médico.

Como usar

A dose e horário de uso deste medicamento deve ser sempre orientado pelo médico, no entanto as indicações gerais são:

  • Tratar ou evitar hemorragias em crianças: tomar 10 a 25 mg/Kg, duas a três vezes por dia;
  • Tratar ou evitar hemorragias em adultos: 1 a 1,5 gramas, duas a quatro vezes por dia, por cerca de 3 dias. Ou 15 a 25 mg/dia se o tratamento durar mais de 3 dias;
  • Clarear manchas na pele: usar um creme com concentração entre 0,4% a 4% e passar no local a clarear. Aplicar protetor solar durante o dia.

A dose dos comprimidos pode ser adequada, pelo médico, de acordo com o histórico do doente, uso de outros medicamento e dos efeitos apresentados.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais frequentes incluem náuseas, vômitos, diarreia e diminuição acentuada da pressão arterial.

Quem não deve usar

O ácido tranexâmico não deve ser usado em pessoas com hemofilia a fazer tratamento com outro remédio, em pacientes com coagulação intravascular ou com presença de sangue na urina. Além disso, também deve ser evitado para a realização de cirurgias torácicas ou abdominais, pois existir maior risco de hematomas.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto:

Ajuda
Carregando
...