Furoato de mometasona: para que serve e como usar

Atualizado em novembro 2023

Furoato de mometasona é um corticoide indicado para o tratamento da rinite alérgica, asma ou doenças de pele, como psoríase ou dermatites, pois possui ação descongestionante, anti-inflamatória e antialérgica, que ajuda a aliviar a sensação de nariz entupido ou escorrendo, coceira nasal, espirros, ou aliviar a coceira na pele ou descamação.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de spray nasal, cápsulas inalatórias, com os nomes comerciais Nasonex, Monax, Oximax ou Nites, ou na forma de pomada ou creme dermatológico, com os nomes Topison ou Resgat, mas também pode ser encontrado como genérico sob a designação "furoato de mometasona".

O furoato de mometasona é vendido mediante apresentação de receita médica, e deve ser usado somente com indicação do médico, nas doses e pelo tempo de tratamento orientados pelo médico de forma individualizada.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O furoato de mometasona é indicado para o tratamento de alergias, como:

  • Rinite alérgica, perene ou sazonal;
  • Asma;
  • Dermatite atópica;
  • Dermatite alérgica de contato;
  • Psoríase.

Além disso, esse remédio na forma de spray nasal também pode ser indicado para complementar o tratamento de outras condições de saúde, como sinusite, rinossinusite ou pólipos nasais, por exemplo, devido a sua ação descongestionante nasal.

O furoato de mometasona deve ser usado somente com indicação médica, que deve orientar as doses e o tempo de tratamento, de acordo com a condição a ser tratada.

Receba um tratamento mais completo!

Obtenha orientação especializada sobre o que tomar para se recuperar mais rápido.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Como usar

A forma de usar o furoato de mometasona varia de acordo com sua apresentação, e inclui:

1. Furoato de mometasona spray nasal 50 mcg

O furoato de mometasona na forma de spray nasal é uma suspensão aquosa que pode ser encontrada na dose de 50 mcg, em frascos contendo 60 ou 120 doses, e deve ser usado por via nasal, sendo importante assoar o nariz suavemente antes de fazer a aplicação nasal do remédio.

Cada borrifada do spray nasal contém 50 mcg de furoato de mometasona.

As doses normalmente recomendadas do furoato de mometasona spray nasal, são:

  • Rinite alérgica adultos ou adolescentes com mais de 12 anos: 2 borrifadas em cada narina, 1 vez por dia, o que corresponde a 200 mcg/dia. Essa dose pode ser reduzida pelo médico para 1 borrifada em cada narina, 1 vez por dia, quando os sintomas da rinite alérgica estiverem controlados;
  • Sinusite ou rinossinusite aguda em adultos ou adolescentes com mais de 12 anos: 2 borrifadas em cada narina, 2 vezes por dia, o que corresponde a 400 mcg/dia, conforme orientação médica;
  • Pólipos nasais em adultos: 2 borrifadas em cada narina, 2 vezes por dia, ou conforme orientação médica;
  • Rinite alérgica em crianças entre de 2 a 11 anos: 1 borrifada em cada narina, 1 vez por dia, ou conforme orientação do pediatra. A dose máxima não deve ultrapassar 100 mcg por dia, que corresponde a 1 borrifada em cada narina.

O frasco de furoato de mometasona deve ser agitado antes do seu uso para misturar os componentes da fórmula.

Ao usar o spray nasal pela primeira vez, deve-se borrifar o medicamento ao ar até que apreça uma névoa fina, o que normalmente acontece de pois de 10 borrifadas ao ar. Caso a pessoa não use o spray nasal por 2 semanas ou mais, antes de usar novamente, deve-se borrifar o spray 2 vezes ao ar.

Após usar o spray nasal de furoato de mometasona, deve-se lavar o aplicador e a tampa protetora em água morna e deixar secar ao ar livre, antes de colocar no frasco novamente.

O tempo de tratamento com o furoato de mometasona spray nasal deve ser orientado pelo otorrinolaringologista ou alergologista, de acordo com a condição a ser tratada e gravidade dos sintomas.

2. Creme ou pomada de furoato de mometasona 1 mg/g

O creme ou pomada de furoato de mometasona 1 mg/g é indicado para uso tópico devendo ser aplicado somente sobre a pele, sendo importante lavar as mãos antes e após a aplicação, exceto nos casos em que o tratamento é feito na pele da mão.

A dose normalmente recomendada para adultos é de aplicar uma pequena quantidade ou uma camada fina, sobre a área da pele afetada, 1 vez ao dia, sempre no mesmo horário, conforme orientação do dermatologista. 

Após a aplicação, deve-se massagear suavemente a área afetada até que a pomada ou o creme estejam completamente absorvidos.

Em crianças com mais de 2 anos, deve ser aplicada a menor quantidade possível, durante um curto período de tempo, de acordo com orientação do pediatra.

É importante não cobrir a área da pele tratada, a menos que tenha sido orientado pelo médico, pois cobrir a pele pode aumentar a absorção da pomada ou do creme e causar efeitos colaterais.

Caso os sintomas não melhorem em 2 semanas ou piorem, deve-se consultar o dermatologista novamente, para reavaliar o tratamento.

3. Furoato de mometasona cápsulas inalatórias 200 mcg e 400 mcg

O furoato de mometasona na forma de cápsulas para inalação pode ser encontrado nas doses de 200 mcg ou 400 mcg, e deve ser usado por inalação oral, utilizando o inalador fornecido na embalagem. As cápsulas não devem ser engolidas.

As doses normalmente recomendadas do furoato de mometasona cápsula inalatória, são:

  • Asma em adultos ou adolescentes com mais de 12 anos: 1 cápsula de 400 mcg, 1 vez por dia, ou 1 cápsula de 200 mcg, 2 vezes por dia, conforme orientação do pneumologista. O uso em crianças com mais de 12 anos deve sempre ser feito com a supervisão de um adulto;
  • Asma grave em adultos: a dose inicial é de 1 cápsula de 400 mcg, 2 vezes por dia, sendo normalmente usado em associação com corticoides orais. 

A cápsula de furoato de mometasona deve ser inserida no inalador, e usada colocando o inalador na boca com os lábios fechados ao redor do inalador, para inspirar o pó contido na cápsula. É importante inclinar a cabeça levemente para baixo e soltar o ar dos pulmões antes de inspirar o conteúdo do inalador.

Ao inspirar o inalador contendo a cápsula de furoato de mometasona, deve-se segurar o ar nos pulmões por aproximadamente 10 segundos antes de soltar o ar, para que o remédio exerça seu efeito.

É importante enxaguar a boca ou escovar os dentes imediatamente após a inalação da cápsula de furoato de mometasona. Além disso, deve-se limpar o inalador com uma escova ou pincel macio para retirar os resíduos da cápsula.

O tratamento com o furoato de mometasona para inalação deve ser orientado pelo pneumologista.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com furoato de mometasona spray nasal são sangramento nasal, dor de garganta, dor de cabeça ou irritação ou ardor da mucosa nasal.

Já o furoato de mometasona na forma de cápsulas inalatórias pode causar náuseas, vômitos, sinusite, rinite alérgica, faringite, candidíase oral, dor muscular ou nas articulações, inflamação no estômago, perda do apetite, azia, rouquidão ou sangramento nasal.

Além disso, na forma de pomada ou creme dermatológico, o furoato de mometasona pode causar efeitos colaterais no local de aplicação, como vermelhidão, dor, irritação, formigamento na pele, coceira, queimação, acne, furúnculo, inflamação dos folículos pilosos, ressecamento ou manchas claras na pele.

Quem não deve usar

O furoato de mometasona não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham alergia aos componentes da fórmula ou a outros corticoides.

Além disso, o spray nasal, creme ou pomada de furoato de mometasona não devem ser usados por crianças com menos de 2 anos de idade. Já a furoato de mometasona em cápsulas inalatórias, não deve ser usado por menores de 12 anos.

O furoato de mometasona por pessoas com feridas no nariz, cirurgia nasal recente, tuberculose pulmonar, herpes simples ou outras infecções virais, bacterianas, fúngicas ou parasitárias não tratadas.