Iodeto de potássio: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
março 2022

O iodeto de potássio é um remédio indicado para problemas respiratórios, como asma, bronquite ou enfisema pulmonar, pois tem ação expectorante que ajuda a deixar o catarro mais líquido, facilitando sua eliminação. 

Esse remédio também pode ser indicado nos casos de deficiências nutricionais de iodo, ou para proteger a tireóide nos casos de exames que utilizam iodo radioativo. Além disso, o iodeto de potássio pode ser indicado para o tratamento de emergência em casos de exposição radioativa ao iodo, não sendo um remédio que protege contra radioatividade no geral.

O iodeto de potássio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias no Brasil, na forma de xarope para tratar problemas respiratórios ou cápsulas de suplemento nutricional. Já em outros países, como a Europa, esse remédio também pode ser encontrado na forma de comprimidos. O iodeto de potássio deve ser usado somente com indicação médica pois pode causar efeitos colaterais como dor no peito, batimentos cardíacos irregulares ou intoxicação.

Para que serve

O iodeto de potássio na forma de xarope é indicado para o tratamento de:

  • Asma brônquica;
  • Bronquite;
  • Enfisema pulmonar;
  • Traqueo-bronquites;
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica;
  • Bronquiectasia.

O iodeto de potássio também pode ser indicado para o tratamento do hipertireoidismo como preparo para a cirurgia para remoção da glândula tireóide, ou para proteger a tireóide dos efeitos da radiação pelo iodo radioativo. 

Esse remédio também pode ser indicado como suplementação alimentar para gestantes, no caso de deficiência nutricional de iodo, para prevenção do bócio, associado a outras substâncias como metilfolato de cálcico e ômega-3, com o nome comercial Iodara Complex, e usado somente com indicação do obstetra.

O iodeto de potássio deve ser usado somente com indicação médica, nas doses e pelo tempo de tratamento orientado pelo médico.

O iodeto de potássio protege contra radioatividade?

O iodeto de potássio pode ser indicado para o tratamento de emergência em casos de exposição à radiação por iodo radioativo. No entanto, o iodeto de potássio não é um remédio que protege contra radioatividade no geral, mas apenas contra o iodo radioativo. 

Desta forma, esse remédio é indicado apenas para proteger a tireóide de danos causados pelo iodo radioativo, não protegendo contra outros elementos radioativos, além de poder causar efeitos colaterais e até intoxicação se utilizado com esse fim.

Como tomar

O xarope de iodeto de potássio de 100 mg/mL deve ser tomado por via oral, com água, nos horários estabelecidos pelo médico.

A dose normalmente recomendada para adultos para problemas pulmonares é de 10 mL do xarope, tomados até um máximo de 4 vezes por dia, de acordo com as indicações do médico. A dose máxima não deve ultrapassar 12 mg por dia.

No caso de crianças com mais de 2 anos, com problemas respiratórios, o xarope de iodeto de potássio deve ser usado somente com orientação do pediatra e com doses que variam de acordo com a idade da criança.

Além disso, no caso de proteger a glândula tireóide dos efeitos da radiação pelo iodo radioativo, as doses devem ser indicadas pelo médico, sendo que é recomendado que o iodeto de potássio seja administrado antes da exposição à nuvem radioativa, ou até 24 horas depois da exposição, sendo que passado este tempo o efeito do medicamento será cada vez menor pois o corpo já terá absorvido parte da radiação.

Para deficiências nutricionais de iodo, as doses devem ser orientadas pelo médico de forma individualizada. 

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com o iodeto de potássio são náuseas, vômitos, dor no estômago, gosto metálico na boca, diarréia, falta de apetite ou dor de cabeça.

O iodeto de potássio pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, dor no peito, dor nas articulações, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, ou urticária. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Deve-se procurar atendimento médico imediato também caso surjam sintomas como febre, cansaço, inchaço no pescoço ou na garganta (bócio), batimentos cardíacos irregulares, dormência, formigamento, dor, fraqueza ou inchaço nas mãos ou nos pés, sensação de fraqueza ou inchaço nas pernas, sangue nas fezes, tosse com sangue ou vômito com aspecto de borra de café.

Além disso, o uso prolongado ou consumir altas doses do iodeto de potássio podem causar intoxicação, chamada de iodismo, que podem ser percebidos através de sintomas como ardor na boca ou na garganta, gosto metálico na boca, dor de dentes ou nas gengivas, excesso de produção de saliva, dor de cabeça intensa, sintomas de resfriado, como nariz entupido e espirros, irritação nos olhos ou formação de bolhas na pele. No caso de surgirem estes sintomas, é importante buscar ajuda médica imediatamente ou o pronto socorro mais próximo.

Quem não deve usar

O iodeto de potássio não deve ser usado durante a gravidez e a amamentação, a menos que recomendado pelo médico para o tratamento de deficiências nutricionais.

Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao iodo ou qualquer outro componente da fórmula.

Esse remédio também não deve ser usado por pessoas com tuberculose, doença de Addison, bronquite aguda, doenças nos rins, desidratação, níveis elevados de potássio no sangue ou miotonia congênita.

Além disso, o iodeto de potássio não deve ser usado por pessoas com distúrbios da tireóide como bócio multinodular, doença de Graves ou adenoma da tireoide. Além disso, esse remédio não deve ser usado nos casos de hipertireoidismo sintomático, a menos que o médico tenha receitado o iodeto de potássio para tratar o hipertireoidismo.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • LABORATÓRIO NEO QUÍMICA COM. E IND. LTDA. Xarope NEO (iodeto de potássio) 100 mg/5mL. Disponível em: <https://neoquimica.com.br/arq/bulas/Xarope%20Neo.pdf>. Acesso em 08 mar 2022
  • FDA. Frequently Asked Questions on Potassium Iodide (KI). 2016. Disponível em: <https://www.fda.gov/drugs/bioterrorism-and-drug-preparedness/frequently-asked-questions-potassium-iodide-ki>. Acesso em 08 mar 2022
Mostrar bibliografia completa
  • DRUGS.COM. Potassium iodide. 2021. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/potassium-iodide.html>. Acesso em 08 mar 2022
  • REINERS, C.; SCHNEIDER, R. Potassium iodide (KI) to block the thyroid from exposure to I-131: current questions and answers to be discussed. Radiat Environ Biophys. 52. 2; 189-93, 2013
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.