Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Furosemida (Lasix)

A furosemida é um remédio indicado para o tratamento da hipertensão leve a moderada e para o tratamento do inchaço devido a distúrbios do coração, fígado, rins ou queimaduras, devido ao seu efeito diurético e anti-hipertensivo.

Este medicamento está disponível em farmácias em genérico ou com os nomes comerciais Lasix ou Neosemid, em comprimidos ou injeção, e pode ser comprado por um preço de cerca de 5 a 14 reais, dependendo se a pessoa optar pela marca ou genérico, sendo necessária a apresentação de receita médica.

Furosemida (Lasix)

Para que serve

A Furosemida é indicada no tratamento da hipertensão arterial leve a moderada, inchaço do corpo devido a problemas no coração, fígado ou rins ou devido a queimaduras.

Como usar

O modo de uso da furosemida deve ser orientada pelo médico, e geralmente varia entre 20 a 80 mg ao dia, no início do tratamento, conforme a necessidade. A dose de manutenção é de 20 a 40 mg ao dia.

Em crianças, normalmente, a posologia recomendada é de 2 mg/kg de peso corporal, até um máximo de 40 mg por dia.

A furosemida em injetável só deve ser utilizada em meio hospitalar, devendo ser administrada por um profissional de saúde.

Qual o mecanismo de ação

A furosemida é um diurético de alça que produz um efeito diurético potente com início de ação rápido e de curta duração. A ação diurética da furosemida resulta da inibição da reabsorção de cloreto de sódio na alça de Henle, levando ao aumento da excreção de sódio e, consequentemente, a um maior volume de excreção urinária.

Conheça outros mecanismos de ação dos diferentes tipos de diuréticos.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com a furosemida são distúrbios eletrolíticos, desidratação e hipovolemia, especialmente em pacientes idosos, aumento nos níveis de creatinina e triglicérides no sangue, hiponatremia, redução nos níveis de potássio e cloreto no sangue, aumento nos níveis de colesterol e ácido úrico no sangue, crises de gota e aumento no volume urinário. 

Quem não deve usar

A Furosemida é contraindicada em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Além disso, também não deve ser usada em lactantes, em pacientes com insuficiência nos rins com parada toral da eliminação de urina, pré-coma e coma devido à encefalopatia do fígado, em pacientes com redução dos níveis de potássio e sódio no sangue, com desidratação ou com diminuição do sangue circulante.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem