Doxiciclina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

A doxiciclina é um antibiótico da classe das tetraciclinas que age interferindo no metabolismo de bactérias, impedindo a sua proliferação. Este antibiótico pode ser usado para tratar doenças como febre tifóide, pneumonia, infecção urinária, sífilis, gonorréia ou clamídia, por exemplo. Além disso, pode também ser usado para prevenção da malária, da leptospirose ou da cólera. 

Este medicamento está disponível em farmácias ou drogarias, com o nome comercial Vibramicina, Clordox, Doxilegrand ou Protectina, ou na forma de genérico como cloridrato de doxiciclina, e deve ser usado somente com indicação médica, sendo vendido somente com retenção de prescrição médica. 

Doxiciclina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Para que serve

A doxiciclina é indicada para tratamento de infecções bacterianas como: 

  • Infecções urinárias;
  • Infecções retais;
  • Pneumonia;
  • Gonorréia;
  • Clamídia;
  • Sífilis;
  • Rickettsiose;
  • Febre do piolho;
  • Febre do carrapato;
  • Febre tifóide;
  • Linfogranuloma venéreo;
  • Infecções no útero, como endocervicite;
  • Conjuntivite bacteriana;
  • Inflamação nos testículos;
  • Granuloma inguinal;
  • Doença de Lyme;
  • Psitacose;
  • Brucelose.

A doxiciclina também pode ser usada para tratar acne grave ou manchas, inchaços e lesões semelhantes a acne causadas pela rosácea, além de também poder ser indicado pelo médico na prevenção da leptospirose, cólera e malária, que apesar de não ser uma doença causada por bactéria, o agente infeccioso é sensível a esse medicamento. 

Como tomar

A forma de uso da doxiciclina é por via oral e o comprimido deve ser tomado com um copo de água e de estômago vazio, pelo menos 1 hora antes ou 2 horas após uma refeição.

Caso a pessoa se esqueça de tomar a dose na hora certa, deve tomar assim que lembrar e depois reajustar os horários seguintes de acordo com esta última dose, continuando o tratamento de acordo com os novos horários programados. Em nenhum caso se deve dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

A dose medicamento varia de acordo como a idade e inclui:

  • Adultos: 2 comprimidos de 100 mg em dose única ou 1 comprimido de 100mg a cada 12 horas, no primeiro dia de tratamento. A partir do segundo dia, a dose é de 1 comprimido de 100 mg em dose única por dia. Em alguns casos, o médico pode recomendar uma dose de 200 mg durante todo o tratamento;
  • Crianças maiores de 8 anos com menos de 45 Kg: a dose é de 2,5 a 5 mg por Kg de peso corporal por dia de tratamento, administrados como dose única diária, ou dividido em 2 doses; 
  • Crianças maiores de 8 anos com mais de 45 Kg: a dose recomendada é a mesma para adultos.

A duração do tratamento depende do tipo de infecção que a pessoa tem e deve sempre ser indicado e acompanhado pelo médico.

Efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns da doxiciclina incluem dor de estômago, diarréia, náusea, má digestão, sensibilidade à luz, falta de apetite, visão embaçada ou borrada, descoloração dos dentes, zumbido no ouvido ou dor de cabeça. 

Quem não deve usar

A doxiciclina não deve ser usada por mulheres grávidas ou em amamentação, crianças com menos de 8 anos de idade e por pessoas com alergia à tetraciclinas.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • DRUGS.COM. Doxycycline Information from Drugs.com. Disponível em: <https://www.drugs.com/doxycycline.html>. Acesso em 04 Mar 2021
  • AUPEE, O; et al. Doxycycline. Med Trop (Mars). 69. 6; 556-568, 2009
  • BONNETBLANC, J. M. Doxycycline. Ann Dermatol Venereol. 129. 6-7; 874-882, 2002
Mais sobre este assunto: