Dipirona: para que serve, como usar e efeitos colaterais

A dipirona, também conhecida como dipirona monoidratada ou dipirona sódica, é um remédio analgésico e antitérmico, que age reduzindo a produção de substâncias no corpo responsáveis por causar dor ou febre e, por isso, é indicado para baixar a febre e aliviar a dor, normalmente provocadas por gripes e resfriados, por exemplo.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias na forma de gotas, comprimido, xarope ou supositórios, com o nome comercial Novalgina, na forma de genérico como dipirona monoidratada ou dipirona sódica, ou com os nomes similares Anador, Maxalgina, Lisador dip, Magnopyrol ou Dipimed, por exemplo e deve sempre ser usada com indicação e orientação médica.

A dipirona também pode ser encontrada na forma de injeção, aplicada diretamente na veia ou no músculo, feita no hospital, posto de saúde ou farmácia, por um enfermeiro ou por um profissional de saúde, de acordo com a indicação médica.

Dipirona: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Para que serve

A dipirona é indicada para o tratamento da dor e da febre em adultos, adolescentes, crianças ou bebês com mais de 3 meses de vida. Veja como identificar e medir a febre em crianças e adultos.

Esse remédio começa a atuar no corpo em aproximadamente 30 a 60 minutos após a sua administração, e seu efeito dura cerca de 4 horas. 

Como usar

A forma de uso da dipirona depende da apresentação e inclui:

1. Dipirona comprimido simples de 500 mg e 1 g

A dipirona comprimido pode ser usada por adultos ou adolescentes com mais de 15 anos, e deve ser tomada por via oral, com um copo de água.

A forma de uso varia com a dose do comprimido e inclui:

  • Dipirona 500 mg: 1 a 2 comprimidos, até 4 vezes ao dia, ou seja, a cada 6 horas;
  • Dipirona 1 g: meio a 1 comprimido, até 4 vezes ao dia, ou seja, a cada 6 horas.

O tempo de tratamento deve ser orientado pelo médico, não devendo ultrapassar a dose máxima recomendada.

2. Dipirona comprimido efervescente de 1 g

O comprimido efervescente de dipirona deve ser dissolvido em meio copo de água e beber imediatamente após o preparo, e pode ser usado por adultos e adolescentes com mais de 15 anos.

A dose recomendada é de 1 comprimido efervescente de 1 g, até 4 vezes ao dia, ou seja ,a cada 6 horas, ou conforme orientação médica.

3. Dipirona gotas de 500 mg/mL

A dipirona gotas de 500 mg/mL deve ser usada por via oral, sendo indicada para crianças ou bebês com mais de 3 meses de vida. Crianças menores de 3 meses de idade ou pesando menos de 5 kg não devem ser tratadas com dipirona.

Esse remédio pode ser administrado 4 vezes ao dia, ou seja, de 6 em 6 horas, ou conforme orientação médica, não devendo ultrapassar a dose máxima por dia.

A dose recomendada da dipirona gotas de 500 mg/mL depende do peso da criança, devendo ser seguidas as orientações do esquema seguinte:

Peso do bebê ou criança (faixa de idade)

Número de gotas

Dose máxima total por dia

5 a 8 kg (3 a 11 meses)

2 a 5 gotas, 4 vezes ao dia

20 gotas (4 doses de 5 gotas)

9 a 15 kg (1 a 3 anos)

3 a 10 gotas, 4 vezes ao dia

40 gotas (4 doses de 10 gotas)

16 a 23 kg (4 a 6 anos)

5 a 15 gotas, 4 vezes ao dia

60 gotas (4 doses de 15 gotas)

24 a 30 kg (7 a 9 anos)

8 a 20 gotas, 4 vezes ao dia

80 gotas (4 doses de 20 gotas)

31 a 45 kg (10 a 12 anos)

10 a 30 gotas, 4 vezes ao dia

120 gotas (4 doses de 30 gotas)

46 a 53 kg (13 a 14 anos)

15 a 35 gotas, 4 vezes ao dia

140 gotas (4 doses de 35 gotas)

Para adolescentes com mais de 15 anos e adultos, são recomendadas doses de 20 a 40 gotas, administradas 4 vezes por dia.

4. Dipirona xarope de 50 mg/mL

A dipirona xarope ou solução oral de 50 mg/mL deve ser administrada por via oral utilizando a seringa dosadora fornecida na embalagem para medir o volume do remédio que deve ser administrado de acordo com o peso da criança ou do bebê com mais de 3 meses de vida. Esse remédio não deve ser usado por bebês com menos de 3 meses de vida ou que pesem menos de 5 kg.

A dose da dipirona xarope ou solução oral de 50 mg/mL pode ser administrada 4 vezes ao dia, ou seja, de 6 em 6 horas, ou conforme orientação médica, não devendo ultrapassar a dose máxima total por dia. 

As doses recomendadas da dipirona xarope ou solução oral de 50mg/mL são: 

Peso do bebê ou criança (faixa de idade)

Volume a medir na seringa dosadora

Dose máxima total por dia

5 a 8 kg (3 a 11 meses)

1,25 a 2,5 mL, 4 vezes ao dia

10 mL (4 doses de 2,5 mL)

9 a 15 kg (1 a 3 anos)

2,5 a 5 mL, 4 vezes ao dia

20 mL (4 doses de 5 mL)

16 a 23 kg (4 a 6 anos)

3,75 a 7,5 mL, 4 vezes ao dia

30 mL (4 doses de 7,5 mL)

24 a 30 kg (7 a 9 anos)

5 a 10 mL, 4 vezes ao dia

40 mL (4 doses de 10 mL)

31 a 45 kg (10 a 12 anos)

7,5 a 15 mL, 4 vezes ao dia

60 mL (4 doses de 15 mL)

46 a 53 kg (13 a 14 anos)

8,75 a 17,5 mL, 4 vezes ao dia

70 mL (4 doses de 17,5 mL)

Para adolescentes com mais de 15 anos e adultos, são recomendadas doses entre os 10 ou 20 mL, 4 vezes por dia.

5. Dipirona supositório de 300 mg

O supositório de dipirona deve ser aplicado por via retal ou anal, em crianças com mais de 4 anos ou que pesem mais de 16 kg, sendo que a dose recomendada é aplicar 1 supositório, até um máximo de 4 vezes por dia, ou seja, pode-se aplicar 1 supositório de 6 em 6 horas. 

Antes de aplicar o supositório na criança, deve-se lavar as mãos com água e sabão e, se possível desinfetar com álcool. Em seguida abrir o envelope com o supositório e retirar o supositório da embalagem. Com o dedo polegar e o indicador deve-se afastar as nádegas e introduzir o supositório no orifício anal. A seguir deve-se comprimir suavemente uma nádega contra a outra, durante alguns segundos, para evitar que o supositório volte.

O tempo de tratamento com a dipirona supositório deve ser feito com orientação do pediatra. 

6. Dipirona injetável

A dipirona injetável pode ser administrada diretamente na veia ou no músculo, por um enfermeiro ou outro profissional de saúde com conhecimento em aplicação de injetáveis e sempre sob supervisão médica. 

Para aplicar diretamente na veia, é recomendado que a pessoa esteja deitada e a aplicação deve ser muito lenta, a uma velocidade de infusão que não ultrapasse 1 mL, que corresponde a 500 mg de dipirona, por minuto, para evitar queda brusca da pressão arterial.

A dose recomendada em adultos e adolescentes acima de 15 anos é de 2 a 5 mL em dose única, até uma dose máxima de 10 mL por dia. Para crianças com menos de 1 ano de idade, a dipirona injetável deve ser usada somente para aplicação no músculo.

Em crianças e bebês, a dose recomendada depende do peso, como representado na seguinte tabela:

Peso

Dose (em mL)

Bebês de 5 a 8 kg 

0,1 a 0,2 mL (aplicada somente no músculo)

Crianças de 9 a 15 kg

0,2 a 0,5 mL (aplicada no músculo ou na veia)

Crianças de 16 a 23 kg 

0,3 a 0,8 mL (aplicada no músculo ou na veia)

Crianças de 24 a 30 kg 

0,4 a 1,0 mL (aplicada no músculo ou na veia)

Crianças de 31 a 45 kg 

0,5 a 1,5 mL (aplicada no músculo ou na veia)

Crianças de 46 a 53 kg 

0,8 a 1,8 mL (aplicada no músculo ou na veia)

A dipirona injetável não deve ser utilizada por bebês com menos de 3 meses de idade.

Possíveis efeitos colaterais 

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com a dipirona são dor no estômago ou intestino, má digestão ou diarreia, coloração avermelhada da urina, pressão baixa, arritmias cardíacas, ardência ou urticária na pele. 

A dipirona pode causar reações alérgicas graves ou choque anafilático que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, inchaço na boca, língua ou rosto, vermelhidão ou formação de bolhas na pele. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica.

Além disso, um dos efeitos colaterais graves que podem ocorrer com o uso da dipirona, e que também deve ser tratado imediatamente pelo médico, é a agranulocitose, que é uma diminuição da quantidade de glóbulos brancos do sangue que participam da defesa do organismo contra infecções. Essa condição pode ser percebida através de sintomas como formação de feridas na boca, febre, calafrio, prostração em que o adulto ou criança podem ficar com o corpo mole ou movimentos lentos, sendo recomendado levar a criança ou ir ao hospital imediatamente, pois a agranulocitose pode colocar a vida em risco.

Quem não deve usar

A dipirona não deve ser usada por pessoas com a função da medula óssea prejudicada ou com doenças relacionadas com a produção das células sanguíneas, ou que tenham desenvolvido reações alérgicas após o uso de remédios para dor ou febre, como ácido acetilsalicílico, paracetamol, diclofenaco, ibuprofeno, indometacina e naproxeno, por exemplo.

Além disso, a dipirona não deve ser usada por pessoas que tenham alergia ou intolerância à dipirona ou a qualquer um dos componentes da fórmula, ou remédios como propinona, propifenazona, fenilbutazona ou oxifembutazona, por exemplo.

A dipirona em gotas, xarope ou injetável não deve ser usada por crianças com menos de 3 meses. Já a dipirona na forma de supositórios não deve ser usada por crianças com menos de 4 anos de idade, e a dipirona comprimidos não deve ser usada por adolescentes com menos de 15 anos.

Esse remédio também não deve ser usado por pessoas com porfiria hepática aguda intermitente ou deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase. 

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • JASIECKA, A.; et al. Pharmacological characteristics of metamizole. Pol J Vet Sci. 17. 1; 207-14, 2014
  • ZIESENITZ, V. C.; et al. Safety of dipyrone (metamizole) in children-What's the risk of agranulocytosis?. Paediatr Anaesth. 28. 2; 186-187, 2018
  • DE LEEUW, T. G.; et al. The use of dipyrone (metamizol) as an analgesic in children: What is the evidence? A review. Paediatr Anaesth. 27. 12; 1193-1201, 2017
  • LAMPL, C.; LIKAR, R. Metamizole (dipyrone): mode of action, drug-drug interactions, and risk of agranulocytosis. Schmerz. 28. 6; 584-90, 2014
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA.. NOVALGINA® (dipirona monoidratada) Versão Paciente - Solução oral 50 mg/mL. 2017. Disponível em: <https://www.novalgina.com.br/bulas/solucao-oral-50mg.pdf>. Acesso em 20 Ago 2021
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. NOVALGINA® (dipirona monoidratada) Versão Paciente - Solução oral - gotas 500 mg/mL. 2017. Disponível em: <https://www.novalgina.com.br/bulas/solucao-oral-gotas-500mg.pdf>. Acesso em 20 Ago 2021
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. NOVALGINA® (dipirona monoidratada) Versão Paciente - Supositório 300 mg. 2017. Disponível em: <https://www.novalgina.com.br/bulas/novalgina-bula-supositorio.pdf>. Acesso em 20 Ago 2021
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. NOVALGINA® (dipirona monoidratada) Versão Paciente - Comprimido simples de 500 mg e 1 g. 2017. Disponível em: <https://www.novalgina.com.br/bulas/comprimido-simples500mg-1g.pdf>. Acesso em 20 Ago 2021
Mais sobre este assunto: