6 remédios para intolerância à lactose (e como tomar)

maio 2022

Os remédios para intolerância à lactose, como o Lacday ou o Perlatte, possuem uma enzima na sua composição, a lactase, importante para promover a quebra da lactose, que é um tipo de açúcar presente no leite e nos produtos lácteos. Desta forma, esses remédios quando tomados antes das refeições com produtos lácteos ou dissolvida nestes alimentos, facilita a digestão da lactose, o que permite que pessoas intolerantes à lactose possam ingerir produtos lácteos.

Esses remédios são indicados pelo médico ou nutricionista para pessoas que possuem intolerância à lactose ou restrição do consumo de produtos lácteos, devido a deficiência ou ausência da enzima lactase, o que leva ao surgimento de sintomas como desconforto gástrico, náuseas, inchaço, dor abdominal e diarreia, após o consumo de alimentos que contenham lactose. Saiba identificar todos os sintomas de intolerância à lactose

Os remédios para intolerância à lactose podem ser encontrados em farmácias ou drogarias na forma de cápsulas, comprimidos ou gotas, e embora sejam vendidos sem necessidade de receita médica, é importante consultar o gastroenterologista ou o nutricionista para confirmar o diagnóstico de intolerância à lactose e indicado o melhor remédio de forma individualizada. 

Alguns exemplos de remédios para a intolerância à lactose são:

1. Lacday

O Lacday é um remédio na forma de comprimidos mastigáveis que contém na sua composição 10000 unidades FCC de lactase, ou gotas, contendo lactase na concentração de 5000 unidades FCC/mL da solução.

Como usar: a dose recomendada para adultos é de 1 comprimido mastigável de Lacday, que pode ser mastigado ou tomado com água, 15 minutos antes de se fazer uma refeição com produtos lácteos. Já a dose do Lacday gotas para adultos é de 22 gotas, o que corresponde a 1 mL da solução em gotas de Lacday.

2. Perlatte

O Perlatte é um remédio na forma de comprimido que contém lactase na sua composição, na concentração de 9000 unidades FCC. 

Como tomar: a dose normalmente recomendada para adultos é de 1 comprimido de Perlatte cerca de 15 minutos antes da ingestão de produtos lácteos.

3. Lactosil

O Lactosil também contém a enzima lactase na sua composição, podendo ser encontrado na forma de tabletes ou sachê, em diferentes doses, como Lactosil 10000 FCC ALU, para uso adulto, e Lactosil 4000 FCC ALU para uso pediátrico.

Esse remédio também pode ser encontrado na forma de cápsulas com o nome Lactosil Flora, contendo 10000 FCC de lactase, que facilita a digestão da lactose, e o Lactobacillus acidophilus NCFM, que é um probiótico que auxilia na saúde do sistema digestivo, sendo recomendado somente para adultos.

Como usar: o tablete de Lactosil pode ser tomado com um copo de água, ou diluído em água. As doses normalmente recomendadas para adultos são de 1 tablete de 10000 FCC ou 1 a 2 tabletes de 4000 FCC, cerca de 15 minutos antes da ingestão de produtos lácteos. 

Já o sachê de Lactosil deve ser diluído em água ou leite, ou também pode ser pulverizado em produtos lácteos sólidos, como queijo, por exemplo. As doses normalmente recomendadas é de 1 sachê de Lactosil 10000 FCC para adultos, ou de 1 sachê de 4000 FCC para crianças, e deve ser consumido no momento da ingestão dos produtos lácteos.

Para o Lactosil Flora, a dose recomendada para adultos é de 1 cápsula por dia.

4. Sensilatte

O Sensilatte na forma de comprimidos contém 9000 FCC de lactase na sua composição, sendo indicado para uso em adultos, e é contraindicado para pessoas que tenham alergia ao fungo Aspergillus oryzae.

Como usar: o Sensilatte deve ser usado dissolvendo o comprimido na boca, sem a necessidade de ingerir com água, sendo recomendado 1 comprimido no momento em que for ser consumido produtos com lactose ou conforme orientação do médico ou nutricionista.

5. Laclev

O Laclev contém 9000 FCC ALU de lactase na sua composição, sendo encontrado na forma de comprimidos mastigáveis, indicado para uso em adultos.

Esse remédio também pode ser usado por crianças, mas somente se indicado pelo pediatra.

Como usar: a dose normalmente recomendada do Laclev é de 1 comprimido, que pode ser engolido com um pouco de água ou mastigado no início de cada refeição que contiver produtos lácteos.

6. Precol

O Precol é um remédio diferente dos anteriores, porque é formulado com as enzimas beta-galactosidase e alfa-galactosidase, que realizam a quebra da lactose e açúcares complexos presentes no leite e em outros alimentos da dieta, facilitando a digestão.

Esse remédio é encontrado na forma de gotas, contendo 10000 FCC NLU de beta-galactosidase e 200 FCC GaIU de alfa-galactosidase.

Como usar: a dose recomendada é de 6 gotas em cada preparo de alimentos lácteos, devendo-se misturar bem e aguardar entre 15 a 30 minutos antes da ingestão, para as enzimas atuarem. É importante agitar o frasco do Precol antes do uso. 

Quem não deve usar

Os remédios para intolerância à lactose não devem ser usados por mulheres grávidas, lactantes ou por pessoas que tenham diabetes ou galactosemia.

Além disso, são contra-indicados para pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula. 

O uso dos remédios para intolerância a lactose em crianças, só deve ser usado se recomendado pelo pediatra. Veja uma dieta adaptada para intolerantes à lactose

Assista o vídeo a seguir com dicas do que comer para intolerância à lactose:

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022.

Bibliografia

  • EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A. Perlatte. Disponível em: <https://eurofarma.com.br/produtos/bulas/patient/bula-perlatte.pdf>. Acesso em 20 mai 2022
  • NOVAMED FABRICAÇÃO DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Lacday comprimidos mastigáveis. Disponível em: <https://www.lacday.com.br/docs/LACDAY-BULA.pdf>. Acesso em 20 mai 2022
Mostrar bibliografia completa
  • APSEN. Lactosil. Disponível em: <https://www.apsen.com.br/lactosil/>. Acesso em 20 mai 2022
  • ABBOTT LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA. Laclev comprimidos mastigáveis. Disponível em: <https://dam.abbott.com/pt-br/documents/pdfs/nossas-bulas/l/LACLEV.pdf>. Acesso em 20 mai 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • O que comer se tem intolerância à lactose

    03:33 | 219997 visualizações