Maleato de Dexclorfeniramina: para que serve e como usar

novembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Contraindicações
  4. Efeitos colaterais

O maleato de dexclorfeniramina é um anti-histamínico indicado em caso de urticária, eczema, dermatite atópica, dermatite de contato e picada de inseto, por exemplo. Esse medicamentos pode ser encontrado nas farmácias em forma de comprimidos, creme ou xarope, devendo ser usado de acordo com a orientação do médico.

Um dos efeitos mais comuns do maleato de dexclorfeniramina é a sonolência, principalmente quando usado em forma de comprimido ou solução, sendo isso considerado normal.

O maleato de dexclorfeniramina está disponível em genérico ou com os nomes comerciais Polaramine ou Histamine, por exemplo, ou ainda associado a betametasona, como é o caso do Koide D. Veja para que serve o Koide D e como tomar.

Para que serve

O maleato de dexclorfeniramina é indicado para alívio dos sintomas de algumas manifestações alérgicas, como:

  • Urticária;
  • Eczema alérgico;
  • Dermatite atópica;
  • Dermatite de contato;
  • Picada de inseto;
  • Rinites vasomotoras

Além disso, pode ser também indicado em caso de reação a medicamentos, angioedema, conjuntivite alérgica, ou prurido sem causa específica.

É importante que o maleato de dexclorfeniramina seja indicado pelo médico de acordo com a causa que se deseja tratar, pois a forma farmacêutica a ser usada pode variar.

Como usar

O modo de uso do maleato de dexclorfeniramina depende do objetivo do tratamento e forma terapêutica usada:

1. Xarope 2 mg/5mL

O xarope de 2 mg/5mL (0,4mg/mL) de maleato de dexclorfeniramina é indicado para uso oral e a dose deve ser individualizada, de acordo com a necessidade e resposta individual de cada pessoa:

  • Adultos e crianças maiores de 12 anos: a dose recomendada é de 5mL, 3 a 4 vezes ao dia, não se devendo ultrapassar a dose máxima de 30 mL por dia;
  • Crianças de 6 a 12 anos: a dose recomendada é de 2,5 mL, 3 vezes ao dia, não se devendo exceder a dose máxima recomendada de 15 mL por dia;
  • Crianças de 2 a 6 anos: a dose recomendada é de 1,25 mL, 3 vezes ao dia, não se devendo exceder a dose máxima recomendada de 7,5 mL por dia.

É importante que sejam seguidas as recomendações do médico para evitar efeitos mais intensos do medicamento.

2. Solução gotas 2,8mg/mL

O maleato de dexclorfeniramina solução em gotas de 2,8 mg/mL é encontrado nas farmácias em frascos de 20mL e deve ser tomado por via oral, sendo que a dose depende da idade da pessoa:

  • Adultos e crianças maiores de 12 anos: 20 gotas, de 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia, ou seja, 120 gotas/dia;
  • Crianças de 6 a 12 anos: 10 gotas ou 1 gota para cada 2 kg de peso corporal, 3 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 6 mg diários, ou seja, 60 gotas/dia;
  • Crianças de 2 a 6 anos: 5 gotas ou 1 gota para cada 2 kg de peso corporal, 3 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 3 mg diários, ou seja, 30 gotas/dia.

As doses de maleato de dexclorfeniramina para crianças devem ser calculadas pelo pediatra, de acordo com a condição a ser tratada e gravidade dos sintomas.

3. Comprimidos de 2 mg

Os comprimidos só devem ser usados por adultos ou crianças maiores de 12 anos e a dose recomendada é de 1 comprimido de 2 mg, de 3 a 4 vezes por dia. A dose máxima diária é de 6 comprimidos por dia.

O comprimido deve ser tomado com um copo de água, antes ou após a alimentação.

4. Drágeas de 6mg

As drágeas de maleato de dexclorfeniramina devem ser ingeridas inteiras, sem partir, sem mastigar e com um copo de água cheio, isto porque contém um revestimento para que o medicamento seja liberado de forma lenta no organismo e tenha um tempo de ação mais prolongado. 

A dose normalmente recomendada para adultos e crianças maiores de 12 anos é de 1 drágea pela manhã e outra ao deitar. Em determinados casos mais resistentes, pode ser recomendado pelo médico a administração de 1 drágea a cada 12 horas, sem exceder a dose máxima de 12 mg, dois comprimidos, em 24 horas.

5. Creme dermatológico 10 mg/g

O creme deve ser aplicado sobre a área de pele afetada, 2 vezes ao dia, evitando cobrir esse local.

Este creme não deve ser aplicado nos olhos, boca, nariz, nos órgãos genitais ou em outras mucosas e não deve ser utilizado em grandes áreas de pele, principalmente em crianças.

Além disso, o maleato de dexclorfeniramina creme dermatológico não deve ser aplicado em áreas da pele que apresentem bolhas, que estejam machucadas ou que apresentem secreção, ao redor dos olhos, genitália ou em outras mucosas.

Deve-se evitar a exposição à luz do sol das áreas tratadas com maleato de dexclorfeniramina creme dermatológico, pois podem ocorrer reações indesejáveis na pele e, em caso de reações como queimação, erupções, irritações ou se não houver melhora do quadro, interromper o tratamento imediatamente.

Quem não deve usar

Qualquer uma das formas farmacêuticas com maleato de dexclorfeniramina, não deve ser usado por pessoas com alergia a essa substância ativa ou a qualquer outro componente presente na fórmula. Além disso, não devem ser usados em pessoas que fazem tratamentos com inibidores da monoaminoxidase e só pode ser usado em grávidas e lactantes, se recomendado pelo médico.

A solução oral e o creme são contraindicados em crianças menores de 2 anos e os comprimidos são contraindicados em crianças menores de 12 anos, além de ser contraindicado para diabéticos, pois possui açúcar em sua composição.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ser causados pelos comprimidos e pelo xaropes são sonolência leve a moderada, enquanto que o creme pode causar sensibilização e irritação local, especialmente com o uso prolongado.

Outros possíveis efeitos colaterais que podem surgir são hipotensão boca seca, visão embaçada, dor de cabeça, aumento da produção de urina, sudorese e choque anafilático, sendo esses efeitos mais fáceis de acontecer quando o medicamento não é tomado de acordo com a orientação médica ou quando a pessoa possui alergia a algum dos componentes da fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • EMS S.A. Maleato de dexclorfeniramina comrpimidos de 2 mg. Disponível em: <https://www.ems.com.br/arquivos/produtos/bulas/bula_maleato_de_dexclorfeniramina_10439_1261.pdf>. Acesso em 18 nov 2022
  • EMS. Maleato de dexclorfeniramina solução oral 2 mg/5mL. Disponível em: <https://www.ems.com.br/arquivos/produtos/bulas/bula_maleato_de_dexclorfeniramina_10220_1265.pdf>. Acesso em 04 nov 2020
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.