Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tamoxifeno: Para que serve e Como tomar

O Tamoxifeno é um remédio usado contra o câncer de mama, em estágio inicial, indicado pelo médico oncologista. Este medicamento pode ser encontrado nas farmácias em genérico ou com os nomes de Nolvadex-D, Estrocur, Festone, Kessar, Tamofen, Tamoplex, Tamoxin, Taxofen ou Tecnotax, em forma de comprimidos.

Tamoxifeno custa entre 45 e 200 reais, dependendo da dose e do local onde é comercializado, e precisa de receita médica para ser comprado. 

Tamoxifeno: Para que serve e Como tomar
Tamoxifeno: Para que serve e Como tomar

Indicações 

Tamoxifeno está indicado para o tratamento do câncer de mama porque inibe o crescimento do tumor, independente da idade, se a mulher está na menopausa ou não, e da dose a ser tomada. 

Saiba todas as opções de tratamentos para o câncer de mama

Como tomar

Os comprimidos de Tamoxifeno devem ser ingeridos inteiros, com um pouco de água, cumprindo sempre o mesmo horário diariamente e o médico pode indicar 10 mg ou 20 mg. 

Geralmente, é recomendado Tamoxifeno 20 mg por via oral, em dose única ou 2 comprimidos de 10 mg. No entanto, caso não ocorra melhorias ao final de 1 ou 2 meses, deve-se aumentar a dose para 20 mg, 2 vezes ao dia. 

O tempo máximo de tratamento não foi estabelecido pelo laboratório, mas é recomendado tomar este remédio por, pelo menos, 5 anos. 

O que fazer se esquecer de tomar Tamoxifeno 

Apesar de ser recomendado tomar este remédio sempre no mesmo horário, é possível tomar esse medicamento com até 12 horas de atraso, sem perda da sua eficácia. A dose seguinte deve ser tomada no horário habitual.

Se a dose tiver sido esquecida por mais de 12 horas deve-se entrar em contato com o médico, pois não é aconselhado tomar duas doses com menos de 12 horas de intervalo. 

Efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais mais comuns deste medicamento são náusea, retenção de líquido, possivelmente vista como tornozelos inchados, sangramento vaginal, corrimento vaginal, erupções na pele, coceira ou descamação da pele, ondas de calor e cansaço.

Além disso, embora seja mais raro, pode também ocorrer anemia, catarata, lesão na retina, reações alérgicas, elevação dos níveis de triglicérides, cãibras, dores musculares, miomas uterinos, derrame cerebral, dores de cabeça, delírios, sensação de dormência/formigamento e distorção ou diminuição do paladar, coceira na vulva, alterações da parede do útero, incluindo espessamento e pólipos, perda de cabelo, vômito, diarreia, prisão de ventre, alterações nas enzimas do fígado, gordura no fígado e eventos tromboembólicos.

Contra-indicações 

O Tamoxifeno é contraindicado para pacientes com alergia a qualquer um dos componentes do medicamento, além de não ser aconselhado em grávidas ou durante a amamentação. Seu uso também não é indicado para crianças e adolescentes porque não foram realizados estudos que comprovem sua eficácia e segurança. 

O citrato de tamoxifeno deve ser utilizado com cuidado em pacientes que estejam tomando remédios anticoagulantes, como a varfarina, quimioterápicos, rifampicina e antidepressivos inibidores seletivos da recaptação de serotonina, como a paroxetina. Além disso, também não deve ser utilizado ao mesmo tempo com inibidores da aromatase, como o anastrozol, letrozol e exemestano, por exemplo. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...