Tramadol (tramal) para que serve, como usar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
agosto 2022

O tramadol é um medicamento analgésico, do tipo opioide, que atua sobre o sistema nervoso central e está indicado para aliviar dor moderada a intensa, principalmente nos casos de dor nas costas, neuralgia e osteoartrite, pois atua sobre as células nervosas específicas da medula espinhal e do cérebro.

Este medicamento está disponível em gotas, comprimidos, cápsulas e injeções, podendo ser adquirido nas farmácias na forma genérica ou sob o nome comercial Tramal.

O Tramal, ou tramadol, deve ser usado com precaução e apenas sob supervisão médica, sendo necessária uma receita médica para que possa ser comprado, já que o uso desse medicamento pode causar alguns efeitos secundários quando usados a longo prazo, como dependência física e psicológica ou vício, em algumas pessoas.

Para que serve

O tramadol é um medicamento indicado principalmente em casos de dor nas costas, neuralgia ou osteoartrite, para acalmar dores moderadas a fortes, graças à sua ação no sistema nervoso central.

Como usar

A posologia do tramadol deve ser indicada pelo médico, já que pode variar de acordo com a intensidade e sensibilidade da pessoa à dor, assim como a apresentação do medicamento.

1. Tramadol 50 mg comprimido

A dose recomendada, para adultos ou adolescentes com mais de 12 anos, é de 50 ou 100 mg, ou seja, 1 a 2 comprimidos a cada 4 a 8 horas, de acordo com a intensidade da dor, conforme orientação médica. De forma geral, não se deve tomar mais de 400 mg, o que corresponde a 8 comprimidos de 50 mg, por dia.

Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, com o auxílio de um copo de água, não devendo ser mastigados.

Os comprimidos de liberação prolongada devem ser tomados a cada 12 ou 24 horas de acordo com a orientação do médico.

2. Tramadol solução oral/ gotas (100 mg/mL)

Normalmente, a dose inicial para adultos ou adolescentes com mais de 12 anos é de 20 a 40 gotas de tramadol, o que equivale a 50 a 100 mg, a cada 6 a 8 horas. Não devem ser ingeridas mais de 160 gotas de tramadol por dia, a não ser que tenha sido indicado pelo médico.

3. Tramadol injetável (100 mg/ 2mL)

O tramadol injetável para o tratamento de dor intensa em adultos ou adolescentes com mais de 12 anos tem como dose inicial, normalmente 100 mg. Durante a primeira hora depois dessa dose, podem ser administradas doses complementares de 50 mg cada 10 a 20 minutos, sem ultrapassar a dose total de 250 mg (contando a dose inicial). Posteriormente, pode ser indicado administrar 50 a 100 mg a cada 4 a 6 horas.

A injeção deve ser administrada por um profissional da saúde e a dose recomendada deve ser calculada pelo médico em função do peso e da intensidade da dor.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com tramadol são náuseas, tontura, dor de cabeça, vômitos, prisão de ventre, boca seca, transpiração excessiva e fadiga.

Além disso, pode também provocar transtornos do sono, como apneia do sono e baixos níveis de oxigênio no sangue durante o sono, o que pode causar parada da respiração enquanto a pessoa dorme, despertar noturno devido à dificuldade para respirar, dificuldade para manter o sono ou sonolência excessiva durante o dia.

O tramadol também pode causar dependência física e psicológica ou vício em algumas pessoas, principalmente em tratamento prolongado.

Tramal é o mesmo que morfina?

Não. O Tramal contém tramadol que é uma substância extraído do ópio, assim como a morfina. Embora sejam ambos opioides usados como analgésicos, são moléculas diferentes, com indicações também diferentes, sendo que a morfina é usado em situações mais extremas.

Quem não deve usar

O Tramal não deve ser utilizado em pessoas com hipersensibilidade ou alergia ao tramadol ou a qualquer componente do medicamento.

Além disso, não deve ser usado sob a influência do álcool, medicamentos para o sono, outros analgésicos ou medicamentos tranquilizantes. O uso também é proibido em pessoas que fazem ou fizeram nos últimos 14 dias tratamento com medicamentos inibidores da MAO, com epilepsia não controlada com tratamento ou que esteja a fazer um tratamento de abstinência a narcóticos ou de uma intoxicação aguda de álcool, hipnóticos, opioide e outros psicotrópicos.

Além disso, também não deve ser usado por grávidas, durante o período de amamentação ou por crianças com problemas respiratórios sem orientação médica, assim como por pessoas que possuem alguma doença renal ou hepática.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • GRÜNENTHAL DO BRASIL FARMACÊUTICA LTDA. Tramal (50 mg cloridrato de tramadol). 2019. Disponível em: <https://img.drogasil.com.br/raiadrogasil_bula/Tramal.pdf>. Acesso em 09 ago 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.