Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Tramal (tramadol): para que serve, como usar e efeitos colaterais

O Tramal é um remédio que tem tramadol na sua composição, que é um analgésico que age no sistema nervoso central e que está indicado para o alívio da dor de intensidade moderada a grave, especialmente em casos de dor de costas, neuralgia ou osteoartrite.

Este medicamento está disponível em gotas, comprimidos, cápsulas e injeção, e pode ser comprado em farmácias, por um preço de cerca 50 a 90 reais, mediante apresentação de receita médica.

Tramal (tramadol): para que serve, como usar e efeitos colaterais

Como usar

A posologia depende da forma farmacêutica que tiver sido indicada pelo médico:

1. Cápsulas e comprimidos

A posologia dos comprimidos varia de acordo com o tempo de liberação do medicamento, que pode ser imediata ou prolongada. Nos comprimidos de liberação prolongada, é recomendado tomar o medicamento a cada 12 ou 24 horas, de acordo com a orientação do médico.

Em qualquer caso, nunca se deve ultrapassar o limite máximo de 400 mg por dia.

2. Solução oral

A posologia deve ser determinada pelo médico e a dose recomendada deve ser a menor possível para produzir analgesia. A dose máxima diária também deve ser de 400 mg.

3. Solução injetável

O injetável deve ser administrado por um profissional de saúde e a dose recomendada deve ser calculada em função do peso e da intensidade da dor.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Tramal são dor de cabeça, sonolência, vômito, prisão de ventre, boca seca, transpiração excessiva e fadiga.

Tramal é o mesmo que morfina?

Não. O Tramal contém tramadol que é uma substância extraído do ópio, assim como a morfina. Embora sejam ambos opioides usados como analgésicos, são moléculas diferentes, com indicações também diferentes, sendo que a morfina é usado em situações mais extremas.

Quem não deve usar

O Tramal não deve ser utilizado em pessoas com hipersensibilidade ao tramadol ou a qualquer componente do produto, pessoas que fazem ou fizeram nos últimos 14 dias tratamento com medicamentos inibidores da MAO, com epilepsia não controlada com tratamento ou que esteja a fazer um tratamento de abstinência a narcóticos ou de uma intoxicação aguda de álcool, hipnóticos, opioide e outros psicotrópicos.

Além disso, também não deve ser usado por grávidas ou lactantes sem orientação médica.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto:

Ajuda
Carregando
...