Hirudoid: para que serve e como usar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
março 2022
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

O Hirudoid é um remédio na forma de gel ou pomada, indicado para o tratamento de de manchas roxas, flebites, tromboflebites, varizes, furúnculos ou mastite, pois contém polissulfato de mucopolissacarídeo na sua composição, com ação anti-inflamatória, que ajuda a reduzir o inchaço ou a vermelhidão da pele.

A pomada ou o gel de Hirudoid devem ser usados somente sobre a pele e podem ser comprados em farmácias ou drogarias, sem ser necessário apresentar receita médica.

No entanto, é importante utilizar o Hirudoid com orientação médica, que pode indicar a dose e o tempo de tratamento de forma individualizada, de acordo com a condição a ser tratada.  

Para que serve

O Hirudoid em pomada ou gel, tem propriedades anti-inflamatória, anti-exsudativa, anticoagulante, antitrombótica, fibrinolítica e regeneradora do tecido conjuntivo, especialmente dos membros inferiores e, por isso, está indicado para o tratamento e auxílio de tratamento das seguintes situações:

  • Manchas roxas causadas por traumas, contusões ou cirurgias;
  • Flebites ou tromboflebites nas veias superficiais, após injeção ou punção na veia para exames de sangue;
  • Varizes nas pernas ou nas coxas;
  • Inflamação dos vasos linfáticos ou de linfonodos;
  • Furúnculos;
  • Mastite, que é ​​uma inflamação da mama que provoca sintomas como dor, inchaço ou vermelhidão.

Além disso, o Hirudoid pode ser indicado para o tratamento de hematomas ou manchas roxas causadas por traumas, contusões ou cirurgias, devendo ser usado com indicação médica. Veja também dicas simples para eliminar hematomas mais rápido.  

No caso da pessoa apresentar feridas abertas, recomenda-se a aplicação de Hirudoid na forma de pomada, já que o gel, por conter álcool na sua composição, não é indicado para estas situações. 

Como usar

O Hirudoid deve ser aplicado sobre a pele na região afetada, espalhando suavemente cerca de 3 a 4 vezes ao dia ou conforme recomendado pelo médico.

Na presença de úlceras ou inflamações dolorosas na pele, principalmente nas pernas e coxas, podem ser usadas compressas de gaze.

Para tratamentos realizados por um fisioterapeuta, como fonoforese ou iontoforese, o Hirudoid gel é mais adequado do que a pomada.

Geralmente, o tempo de tratamento com Hirudoid é cerca de 10 dias no caso de lesões na pele. No entanto, para inflamações nas veias, o tratamento pode durar cerca de 2 a 3 semanas. Em todos os casos, o uso do Hirudoid deve ser orientado pelo médico.

Possíveis efeitos colaterais

Geralmente, o Hirudoid é bem tolerado, porém, em casos raros, podem ocorrer reações alérgicas, como vermelhidão na pele ou dermatite, que desaparecem após a interrupção do tratamento.

Quem não deve usar

O Hirudoid não deve ser usado por mulheres grávidas, lactantes ou por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Além disso, o Hirudoid não deve ser usado em mucosas, como olhos, nariz, boca ou ânus.

O Hirudoid na forma de gel não deve ser usado em feridas abertas, pois possui álcool na sua composição.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • DAIICHI SANKYO BRASIL FARMACÊUTICA LTDA. Hirudoid pomada e gel (polissulfato de mucopolissacarídeo). Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/hirudoid.pdf>. Acesso em 09 mar 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.