Lipostabil: o que é, para que serve e porque foi proibido

novembro 2022
  1. Para que serve
  2. Porque foi proibido?
  3. Efeitos colaterais

O Lipostabil é um remédio que tem fosfatidilcolina na sua composição, também conhecida por desoxicolato de sódio, uma substância que é indicada para o tratamento e prevenção da embolia gordurosa, uma condição grave em que pequenos pedaços de gordura entopem os vasos sanguíneos, podendo causar infarto, AVC ou embolia pulmonar, por exemplo.

Porém, este medicamento passou a ser usado por clínicas de estética com o objetivo de queimar gordura localizada, já que foi observado que, quando injetado debaixo da pele, era capaz de eliminar pequenos acúmulos de gordura.

Devido a falta de estudos que comprovem sua segurança e eficácia para qualquer tipo de uso, em 2002 a ANVISA proibiu o uso do Lipostabil, além da comercialização e propaganda para fins estéticos, não tendo esse remédio registro regulamentado no Brasil. 

Para que serve

O Lipostabil é indicado para o tratamento da embolia gordurosa, para eliminar pequenas obstruções que podem estar impedindo a circulação do sangue nos vasos sanguíneos.

No entanto, este medicamento também é ilegalmente utilizado para eliminar a gordura localizada, especialmente na região do abdômen, quadril, pescoço e pálpebras.

Porque foi proibido pela Anvisa?

O Lipostabil nunca foi aprovado pela ANVISA para qualquer tipo de uso, mesmo para o tratamento ou prevenção da embolia gordurosa. Já em relação ao seu uso para eliminar gordura localizada, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária relata que não existem quaisquer estudos que comprovem sua eficácia e segurança, além de que seu uso pode colocar a saúde em risco. 

Desta forma, no Brasil não existe autorização para fabricação, importação, distribuição, manipulação, venda e uso do Lipostabil para qualquer tipo de indicação.

Além disso, segundo a ANVISA, qualquer empresa que comercialize o produto será multada e em casos extremos, o estabelecimentos poderá ser encerrado.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem se manifestar com o uso de Lipostabil incluem dor intensa, inchaço no local, queimação na região, náuseas, anorexia, diarreia, depressão, aumento de peso, arritmias, hipotensão e fraqueza.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA O ESTUDO DA OBESIDADE. NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A UTILIZAÇÃO INDEVIDA DE LIPOSTABIL (FOSFATIDILCOLINA). Disponível em: <http://www.abeso.org.br/pdf/notas_oficiais/lipostabil%20-%20nota%20nov%202004.pdf>. Acesso em 09 out 2019
  • DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO. Anvisa. Disponível em: <http://portal.anvisa.gov.br/resultado-de-busca?p_p_id=101&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_101_struts_action=%2Fasset_publisher%2Fview_content&_101_assetEntryId=2583257&_101_type=document&redirect=http%3A%2F%2Fportal.anvisa.gov.br%2Fresultado-de-busca%3Fp_p_id%3D3%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_count%3D1%26_3_groupId%3D0%26_3_keywords%3Dlipostabil%26_3_cur%3D1%26_3_struts_action%3D%252Fsearch%252Fsearch%26_3_format%3D%26_3_formDate%3D1441824476958>. Acesso em 09 out 2019
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.