Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Melhores anti-histamínicos para alergia

Os anti-histamínicos, também conhecidos como antialérgicos, são remédios utilizados para tratar reações alérgicas, como urticária, rinite alergia ou conjuntivite, por exemplo, reduzindo os sintomas de coceira, inchaço, vermelhidão ou corrimento nasal.

Existem dois tipos principais de anti-histamínicos que incluem:

  • Primeira geração: são remédios, como Hidroxizina ou Clemastina, que diminuem os sintomas de alergia mas que provocam sonolência;
  • Segunda geração: são medicamentos, como Cetirizina ou Desloratadina, que não provocam sono.

??Os dois tipos de anti-histamínicos apenas variam na sua duração e efeitos colaterais, sendo que os de primeira geração não são recomendados para tratamento de problemas crônicos, como asma, por exemplo.

Lista dos principais anti-histamínicos

Alguns dos medicamentos anti-histaminicos mais utilizados são:

Anti-histamínico Nome comercial Provoca sono?
Cetirizina Zyrtec ou Hexal Não
Hidroxizina Hixizine ou Hixilerg Sim
Desloratadina ou Loratadina Alergaliv, Desalex ou Claritin Não
Clemastina Agasten ou Emistin Sim
Triancinolona Airclin ou Nasocort Não
Difenidramina Caladryl ou Defenidrin Sim
Fexofenadina Allegra, Allexofedrin ou Altiva Não

Estes medicamentos anti-histamínicos podem ser vendidos na farmácia sob a forma de comprimidos, spray nasal, gotas oftálmicas ou pomadas, para facilitar a aplicação de acordo com o problema a tratar.

Embora todas as substâncias possam ser usadas para tratar vários casos de alergia, existem algumas que possuem maior eficácia para determinados problemas. Por isso, pessoas que têm crises de alergia recorrentes devem consultar o clínico geral para saber qual o melhor medicamento para o seu caso.

Quais podem ser usados na gravidez

Os anti-histamínicos que podem ser utilizados com segurança durante a gravidez incluem a Azatadina, a Carbinoxamina, a Clemastina e a Dexclorfeniramina. No entanto, a gestante deve sempre consultar o obstetra antes de ingerir qualquer tipo de remédio.

Anti-histamínicos naturais

Alguns anti-histamínicos naturais incluem o chá de camomila, de urtiga, de melissa ou de milefólio, pois acalmam a resposta alérgica do organismo. Além disso, outras plantas medicinais como a Babosa ou o Ginseng fortalecem o sistema imune e previnem o surgimento de alergias.

Os anti-histamínicos naturais ajudam a diminuir a resposta do organismo, assim como a prevenir o surgimento de alergia, no entanto, não devem substituir os remédios anti-histamínicos receitados pelo médico, servindo apenas como complemento ao tratamento médico.

Veja ainda como preparar um remédio caseiro para tosse alérgica e para alergia na pele.

Quando não usar

Os remédios antialérgicos normalmente podem ser utilizados por qualquer pessoa, no entanto, existem alguns casos que precisam de orientação médica como:

  • Gravidez e amamentação;
  • Glaucoma;
  • Pressão alta;
  • Doenças renais ou do fígado;
  • Hipertrofia benigna da próstata.

Além disso, este tipo de medicamentos pode interagir com alguns antibióticos, como Cetoconazol ou Eritromicina, e remédios depressores do sistema nervoso central, como Ansiolíticos ou Anti-depressivos, sendo aconselhado consultar o médico antes de utilizar.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...