Donepezila: para que serve e como usar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
março 2022

A donepezila, ou cloridrato de donepezila, é um remédio indicado para o tratamento do Alzheimer, com sintomas leves a graves, pois age aumentando a concentração da acetilcolina no cérebro, uma substância que se encontra com níveis diminuídos na doença de Alzheimer, e que é responsável pela transmissão dos impulsos nervosos do cérebro e permitir que funcione adequadamente.

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos contendo 5 ou 10 mg de cloridrato de donepezila, com os nomes comerciais Epéz, Don, Donila, Lábrea ou Eranz, ou na sua forma genérica sob a designação “cloridrato de donepezila”, sendo vendida apenas com prescrição médica e retenção da receita pela farmácia.

A donepezila deve ser usada com indicação médica, nas doses e pelo tempo de tratamento estabelecido pelo médico.

Para que serve

A donepezila é indicada para o tratamento da doença de Alzheimer, com sintomas leves a graves. Saiba identificar os sintomas do Alzheimer.

Este remédio atua no organismo aumentando a concentração da acetilcolina no cérebro, que é um neurotransmissor importante para transmitir os impulsos nervosos do cérebro e permitir que este funcione adequadamente, e que pode estar diminuída na doença de Alzheimer, levando a uma degeneração dos neurônios que a produzem.

Assim, a donepezila ajuda a aumentar a acetilcolina no cérebro e a reduzir os sintomas do Alzheimer. No entanto, esse remédio não cura a doença de Alzheimer, mas pode ajudar a melhorar os sintomas.

Como tomar

A donepezila deve ser tomada por via oral uma vez por dia, antes ou após a alimentação, e no horário estabelecido pelo médico.

A dose normalmente recomendada para adultos é de 5 a 10 mg por dia para pessoas com doença leve a moderadamente grave. Já para pessoas cuja doença seja moderadamente grave a grave, a dose normalmente recomendada é de 10 mg por dia.

Caso a pessoa se esqueça de tomar a dose na hora certa, deve tomar assim que lembrar mas se estiver perto do horário da próxima dose, deve-se pular a dose esquecida e aguardar o próximo horário de tomar. Em nenhum caso se deve dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

O uso da donepezila deve sempre ser feito com orientação médica, que pode alterar as doses ou interromper o tratamento, de acordo com a resposta ao tratamento.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com a donepezila são dor de cabeça, diarreia, náusea, dores, acidentes, fadiga, desmaios, vômitos, perda do apetite, cãibras, insônia, tontura, resfriado comum e distúrbios abdominais.

A donepezila pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Deve-se procurar o pronto socorro mais próximo também caso surjam sintomas como batimentos cardíacos lentos, sensação de tontura como se a pessoa fosse desmaiar, dor de estômago, azia, febre, convulsão, dor ou dificuldade para urinar, problemas respiratórios, sangue nas fezes, tosse com sangue ou vômito com aparência de borra de café.

Quem não deve usar

A donepezila não deve ser tomada por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham alergia à donepezila, a derivados de piperidina ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

Deve-se ainda informar o médico acerca de outros medicamentos que a pessoa esteja a tomar, de forma a evitar interações medicamentosas. Este remédio pode causar doping.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • SANDOZ DO BRASIL INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA. Cloridrato de donepezila. 2016. Disponível em: <https://www.sandoz.com.br/sites/www.sandoz.com.br/files/PF-cloridrato%20de%20donepezila.pdf>. Acesso em 11 mar 2022
  • BIRKS, J. S.; HARVEY, R. J. Donepezil for dementia due to Alzheimer's disease. Cochrane Database Syst Rev. 6. 6; CD001190, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • DRUGS.COM. Donepezil. 2022. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/donepezil.html>. Acesso em 11 mar 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • ALZHEIMER: tudo o que precisa saber

    17:41 | 32493 visualizações
  • Como levantar uma pessoa acamada

    01:22 | 546148 visualizações